WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



conquista expo tatoo

friperie

afrojapa

iris calcados
julho 2021
D S T Q Q S S
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Bahia recebe lote com mais de 143 mil doses de vacinas da Pfizer

Os imunizantes serão usadas para aplicação de primeira e segunda dose | Reprodução | Agência Brasil - Foto: Agência Brasil|

A Bahia teve o seu estoque de vacinas reforçado na quarta-feira, 28. Trata-se do novo lote com 143.910 doses de vacinas contra a Covid-19 que aterrissou no aeroporto de Salvador na tarde no final da tarde. De acordo com informações da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), todos os imunizantes que chegaram são da Pfizer/BioNTech e serão usadas para aplicação de primeira e segunda dose.

Após o desembarque, as vacinas são conferidas pela Coordenação de Imunização do Estado e encaminhadas aos municípios baianos que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores, conforme determinação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Sesab, 6.161.006 pessoas foram vacinadas contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose, das quais 2.453.154 receberam também a segunda aplicação, e mais 248.214 foram vacinadas com o imunizante de dose única, até as 17 horas de quarta-feira. A Bahia já vacinou 57,4% da população baiana com 18 anos ou mais (estimada em 11.148.781) com, pelo menos, a primeira dose.

A Tarde

Covid-19: 60% da população vacinada faz mortes e casos caírem 40%

Fonte: Brasil 61

Mais de 96 milhões de brasileiros se vacinaram contra a Covid-19 com ao menos uma dose, número que corresponde a 60% da população vacinável, acima de 18 anos. Com esse avanço da imunização, mortes e casos do novo coronavírus caíram 40%, de acordo com dados do LocalizaSUS, plataforma do Ministério da Saúde.

O levantamento considera a média móvel de casos e mortes de 25 de junho a 25 de julho deste ano. Em relação aos óbitos, houve queda de 42%, com a média móvel passando de 1,92 mil para 1,17 mil. Já a quantidade de casos caiu para 42,77 mil, uma redução de 40% em relação ao dia 25 de junho.

O Brasil tem atualmente 160 milhões de moradores acima de 18 anos. Deste grupo, 96,3 milhões de pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina e 37,9 milhões completaram o ciclo da imunização, com duas doses ou dose única.

Até o fim de 2021, a expectativa do Ministério da Saúde é de que mais de 600 milhões de doses de imunizantes contra o novo coronavírus sejam entregues ao Programa Nacional de Imunizações. Para o próximo mês de agosto, a previsão é de que o país receba, pelo menos, 63 milhões de doses.

Covid-19: Anvisa recebe solicitação de uso de medicamento da Pfizer

Covid-19: Anvisa recebe solicitação de uso de medicamento da Pfizer

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu nesta quarta-feira (28), da farmacêutica Pfizer, a solicitação de uso emergencial do medicamento Xeljanz (citrato de tofacitinibe) para tratamento da Covid-19. O medicamento já é usado no tratamento de artrite reumatóide, artrite psoriática e colite ulcerosa. Segundo a Anvisa, o prazo de análise é de 30 dias.

Nas primeiras 24 horas, a equipe da Anvisa fará uma triagem do processo para verificar se os documentos necessários para avaliação estão disponíveis. Se verificarem a ausência de informações importantes, a agência reguladora poderá solicitar as informações adicionais ao laboratório. :: LEIA MAIS »

Com remessa da Pfizer, Bahia recebe mais de 612 mil doses de vacina nesta semana

Com remessa da Pfizer, Bahia recebe mais de 612 mil doses de vacina nesta semana

Foto: Carol Garcia\GOVBA

Um novo lote de vacinas contra Covid-19 chegou à Bahia no final da tarde desta quarta-feira (28). Segundo a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), são 143.910 doses de imunizantes da Pfizer/BioNTech.

Conforme a pasta, as vacinas serão divididas entre primeira e segunda dose. Na terça-feira (27), o estado já havia recebido mais de 468 mil doses de vacinas da Coronavac e de Oxford/AstraZeneca.

Com o novo lote da Pfizer, o estado passou da marca de 612 mil doses recebidas nesta semana.

Primeiros voluntários recebem doses da vacina contra Covid ButanVac

Primeiros voluntários recebem doses da vacina contra Covid ButanVac

A nova candidata a vacina da Covid-19 do Instituto Butantan, a ButanVac, começou a ser aplicada em voluntários de São Paulo. O Hospital das Clínicas da USP de Ribeirão Preto está contribuindo com o estudo e iniciou a aplicação das doses na terça-feira (27).

A fase A dos testes clínicos da Butanvac está prevista para ser concluída em duas semanas, de acordo com a reportagem do G1. Serão 418 voluntários inscritos pela internet; na primeira etapa, somente 18 pessoas receberão as doses.

“Nessa primeira semana, como é uma fase de segurança, ela é um pouco mais lenta. Nós vamos avaliar as três doses diferentes: 1, 3 e 10 microgramas. Dando tudo certo a segurança dessa primeira etapa, os outros 400 voluntários começam a ser vacinados na próxima semana”, explicou o diretor do Hemocentro, Rodrigo Calado.

Na fase 1 dos testes clínicos, cujo início foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 7 de julho, o objetivo é avaliar a segurança e quantidade ideal de dose a ser aplicada

Bahia Notícias

Mortes por Covid em julho caem, mas ainda preocupam

O grande risco é que, quando começa a melhorar, a gente começa a liberar tudo antes da hora.

Tribuna da Bahia, Salvador

Por Lara Pinheiro, G1

covid

O número de mortes visto neste mês é, até agora – considerando apenas os dados parciais –, 39% menor do que o de mortes em junho. Considerando a comparação com abril, a queda nas mortes é, até agora – de novo com levantamento parcial – de 59%. Abril foi o pior mês da pandemia no Brasil. Mas nada de comemorar e sair por aí sem seguir os protocolos de segurança.

Para a epidemiologista Lucia Pellanda, da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), a queda nas mortes é um efeito positivo da vacinação – como outros especialistas já haviam apontado no início do mês – mas a reabertura e a retomada de atividades ainda estão sendo feitas antes da hora.

“Essa parece uma lição muito explícita que o vírus quer nos ensinar e a gente se recusa a aprender – a gente sempre flexibiliza antes da hora. Tanto no Brasil quanto globalmente. O grande risco é que, quando começa a melhorar, a gente começa a liberar tudo antes da hora. Todas as vezes aconteceu isso: cada descenso de pico a gente liberou antes da hora e acabou ficando num patamar alto”, alerta.

Ela lembra que, nos países ricos – onde não há falta de vacinas, como no Brasil, e a cobertura vacinal é maior – para a pesquisadora, o que há agora é uma “epidemia dos não vacinados”. Nos Estados Unidos, por exemplo, o Centro de Controle de Doenças (CDC) voltou a recomendar o uso de máscaras.

“A gente precisa de vacinação mais os cuidados – que é distanciamento, máscara, ventilação. Como isso foi muito flexibilizado, a gente está com uma transmissão muito descontrolada. Qual o risco? Surgimento de novas variantes”, alerta Pellanda. “Vacina é uma coisa maravilhosa, mas a gente precisa de vacina e comportamento, cuidados, e cuidados coletivos”.

A opinião de Pellanda é compartilhada pela também epidemiologista Ethel Maciel, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

 

Procura dos consumidores por crédito cresce 26% no primeiro semestre

Aumento é reação à queda ocorrida após chegada da covid-19, diz Serasa

Tribuna da Bahia, Salvador

Dinheiro

A procura dos consumidores por crédito cresceu 26,2% no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2020, segundo levantamento da Serasa Experian. Na comparação entre junho e o mesmo mês do ano passado, o crescimento na demanda por crédito ficou em 23,7%.

:: LEIA MAIS »

Caixa paga nesta quinta-feira auxílio emergencial a nascidos em novembro

Agência Brasil

auxilio-1

Trabalhadores informais nascidos em novembro recebem, nesta quinta-feira, 29, a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

:: LEIA MAIS »

Adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid-19

Adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid-19

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom\ Agência Brasil

Adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid-19 no Brasil. A decisão do Ministério da Saúde foi divulgada na noite desta terça-feira (27) e terá como prioridade as pessoas com comorbidades. Segundo a pasta, o início da vacinação do grupo será após a conclusão da primeira dose da população adulta vacinável.

A decisão foi oficializada em nota conjunta do Ministério da Saúde com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

INTERVALO ENTRE DOSES

Também após a distribuição da primeira dose para a população adulta, será analisada a redução do intervalo entre a primeira e a segunda doses da vacina Covid-19 da Pfizer. O estudo será realizado com base em evidências científicas apresentadas nas discussões da Câmara Técnica Assessora de Imunizações.

Nesta terça-feira (27), o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), já havia anunciado o início do cadastro para pessoas entre 12 e 17 anos, para vacinação contra Covid (leia mais aqui).

O gestor também disse que concorda com antecipação da D2 da Pfizer desde que ministério assegure doses. Conforme Bruno, até o momento, a logística de retenção das D2 (segunda dose) está garantida caso a decisão seja oficializada pelo ministério (veja mais aqui).

‘Recorde olímpico’ negativo: Tóquio registra o maior número diário de casos de Covid-19

'Recorde olímpico' negativo: Tóquio registra o maior número diário de casos de Covid-19

Foto: Leandro Aragão\Bahia Notícias

Sede dos Jogos Olímpicos 2020, Tóquio registrou um novo recorde de casos de Covid-19 em um dia só desde o início da pandemia. Nesta quarta-feira (28), foram contabilizadas 3.177 pessoas infectadas. A nova marca supera os 2.848 diagnósticos positivos da doença registrada na última terça (27).

Entre as pessoas ligadas diretamente ao evento esportivo, 16 teste deram positivo nas últimas 24 horas, mas nenhum foi de atleta. Na terça, foi registrado sete casos, número mais baixo desde o dia 19 de julho, quando foi registrada as três primeiras ocorrências. No total, são contabilizados 176 diagnósticos com a doença, sendo 18 competidores.

A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 está marcada para o dia 8 de agosto, um domingo.

raquel barros

raquel barros

valverde

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia