parasita

A 92ª cerimônia do Oscar, que ocorreu neste domingo, 9, foi marcada por uma série de reviravoltas. Entre nomes esperados pela crítica e outros esnobados pela Academia de Arte e Ciências Cinematográficas, o longa sul-coreano Parasita se consagrou como grande vencedor da premiação levando pela primeira vez para o país, não só uma, como quatro estatuetas.

Foi Jane Fonda a responsável por anunciar Parasita como vencedor de Melhor Filme. A produção ganhou três das melhores categorias: Melhor Filme Estrangeiro, Melhor Roteiro e Melhor Direção, deixando para traz filmes de grandes diretores como Martin Scorsese e Quentin Tarantino.

“Nunca imanginamos que isso fosse acontecer, estamos muito agradecidos. Sinto que esse é um momento muito oportuno e está acontecendo agora. Estou profundamente grata e respeito todos os membros da Academia que tomaram essa decisão”, disse a equipe de produção do filme.

A premiação começou com o show da cantora e compositora Janelle Monáe e Billy Porter. Os atores Steve Martin e Chris Rock iniciaram a apresentação brincado com diversos convidados do evento e fazendo todos caírem no riso. Em seguida, Regina King foi chamada para apresentar a categoria Melhor Ator Coadjuvante, tendo Brad Pitt como vencedor por sua interpretação em Era Uma Vez em Hollywood… As categorias de animação foram introduzidas pela atriz Mindy Kaling, que premiou Toy Story e Hair Love.

Uma apresentação de Idina Menzel trouxe Frozen para o palco do Oscar, seguido da dupla Diane Keaton e Keanu Reeves que convidaram Bong Joon-Ho para Melhor Roteiro Original, por sua direção em Parasita, garantindo o primeiro Oscar da Coreia so Sul. Já Melhor Roteiro Adaptado quem levou foi Jojo Rabbit, roterizado por Taika Waititi. Ele homenagou sua mãe e dedicou o prêmio a ela, que foi quem deu o livro que o inspirou. A categoria Melhor Curta Metragem teve The Neighbors’ Window como vencedor. 

Depois de um pequeno intervalo, quem subiu ao palco foram as atrizes Kristen Wiig e Maya Rudolph apresentar Direção de Arte. As comediantes anunciaram Era Uma Vez em Hollywood… como ganhador, além de premiar também Adoráveis Mulheres por Melhor Figurino.

Entre uma categoria e outra quem se apresentou foi Chrissy Metz com a canção “I’m Standing With You”. Quem apresentou a categoria Melhor Documentário, em que o brasileiro Democracia em Vertigem está indicado, foi o ator Mark Ruffalo, no entanto o ganhador foi Indústria Americana. Já o Documentário Curta Metragem premiou Learning to Skateboard in a Warzone.

O ator Mahershala Ali foi chamado logo em seguida para comunicar a vencedora de Melhor Atriz Coadjuvante, Laura Dern por História de um Casamento. “Noah descreveu um filme sobre amor, queria agradecer as histórias de amor da minha vida e principalmente aos meus pais”, disse a atriz.

Anunciada após intervalo, foi a vez de Edição de Som e Mixagem de Som , com um show de Eminem cantando a música “Lose yourself”. Ford vs Ferrari e 1917 foram os ganhadores, respectivamente. Já em Melhor Fotografia quem ganhou foi Roger Deakins por 1917. E Ford vs Ferrari vence mais uam categoria logo em seguida: Melhor Montagem. Indicada a Melhor Atriz, Cynthia Erivo, única atriz negra na categoria, cantou “Stand Up” trilha sonora do filme Harriet, em homenagem a sua persongem.

Caracterizados ironicamente do filme Cats que foi duramente criticado por seus efeitos visuais anteriormente, a dupla de apresentadores anunciou o prêmio de Efeitos Visuais ao filme 1917. Já quem levou Melhor Maquiagem e Penteado foi O Escândalo. Vestida de Chanel, a atriz Penélope Cruz anunciou o segundo Oscar de Parasita, em Melhor Filme Internacional. O diretor da produção sul-coreana, Bong Joon-Ho ficou feliz ao ser o primeiro a ganhar categoria após mudança do nome, antes era Melhor Filme Estrangeiro.

O intervalo entre uma categoria e outra foi marcada por um show de Elton John. As Sigourney Weaver, Gal Gadot e Brie Larson introduziram a categoria Trilha Sonora Original, com uma discusso sobre empoderamento feminino, que teve Coringa como vencedor. Ainda no tema musical, Elton John vence Melhor Canção Original com a música I’m Gonna Love Me again em Rocketman.

Uma das mais esperadas da noite, a categoria Melhor Diretor premiou o diretor Bong Joon-Ho, completando o terceiro Oscar de Parasita. Ao homenagear outro diretor que concorria com ele, o sul-coreano fez todos aplaudirem Scorsese de pé. Com um tributo a Kobe Bryant e outros artistas que morreram, a cantora Billie Eilish apresentou a música “Yesterday”.

Olivia Colman foi a escolhida para apresentar o Melhor Ator do Oscar 2020, cujo vencedor foi Joaquin Phoenix! Sério, o ator disse que se sentia muito grato. “O melhor presente que recebi disso, foi a oportunidade de utilizar a nossa voz pra quem não tem voz”, disse o intérprete do Coringa. Emocionado, o ator lembrou de seu irmão.

Já Rami Malek foi quem anunciou a Melhor Atriz que premiou a atriz Renée Zellweger por sua atuação em Judy. Renée fez uma série de agradecimentos, além de dedicar o filme a Judy Garland. “Quando celebramos nossos heróis lembramos de quem nós somos”, destacou ela.

Fonte: A Tarde