WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

:: 18/fev/2020 . 15:34

Prefeitura Municipal altera expediente durante feriado de Carnaval

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, através do Decreto Municipal nº 20.218, institui ponto facultativo para os servidores públicos municipais da Administração Pública Municipal direta do Poder Executivo, preservada a prestação de serviços essenciais.

Veja como fica:

  • Sexta-feira (21/02): expediente normal das 8h às 13h
  • Segunda-feira (24/02): ponto facultativo
  • Terça-feira (25/02): feriado
  • Quarta-feira (26/02): expediente normal das 13h às 18h.

Os serviços públicos essenciais vão manter suas atividades, sem prejuízo ao atendimento. Os respectivos gestores deverão montar escalas de trabalho.

Fonte: Blog da Resenha Geral

Sarampo tem transmissão mais fácil, mas mata menos que coronavírus, explica infectologista

Sarampo tem transmissão mais fácil, mas mata menos que coronavírus, explica infectologista

Apesar da alta transmissibilidade, o coronavírus não deve ser uma preocupação imediata dos brasileiros e o Carnaval está a salvo. É o que afirma o médico infectologista da Vigilância Epidemiológica do Estado, Antônio Bandeira, ao citar os números reprodutivos do novo vírus, que é a média de quanto uma pessoa eficazmente contamina outra. “Isso para o coronavírus está sendo estimado na faixa entre três e quatro. Ou seja, uma pessoa consegue eficazmente transmitir para quatro pessoas”, esclareceu.

Para explicar melhor sobre o novo vírus que vem assustando as pessoas do mundo inteiro, o infectologista comparou os números do coronavírus com outro já conhecido pelos brasileiros: o sarampo. Antônio Bandeira destaca que o sarampo é uma doença imunoprevenível que apresenta surtos esporádicos, a exemplo da situação vivida em alguns estados brasileiros em 2019. “Uma pessoa com sarampo contamina 15 a 20 pessoas, então a taxa de transmissão é muito maior”, explicou o especialista. Entretanto, o integrante da Vigilância Epidemiológica do Estado fez um alerta: “a mortalidade do sarampo, ao que tudo indica, é menor do que a do coronavírus”. “Se a gente comparar, o sarampo tem muito mais chance de transmitir. Transmissibilidade maior, mas uma letalidade menor”, completou.

Em 2019 o Brasil perdeu o certificado de erradicação da doença. Desde então o Ministério da Saúde (MS) vem empregando esforços para recuperar a certificação. Para Bandeira, a recuperação depende de um esforço coletivo, além do MS, os estados e municípios e a própria população devem fazer sua parte. “As pessoas têm responsabilidade com a sua saúde e com a saúde dos outros. Elas têm que se vacinar e tem que levar seus filhos para serem vacinados. É fundamental. Não adianta fazer um investimento público enorme e depois as pessoas não se vacinarem”, comentou.

Durante a entrevista o médico infectologista ainda falou de Infecções Sexualmente Transmissíveis, calendário de vacinação de adultos, vacina contra o HPV, epidemia de dengue e deu dicas para evitar contaminação por vírus.

Fonte: Bahia Notícias

MEC divulga hoje resultado da segunda chamada do ProUni

prouni

O Ministério da Educação divulga nesta terça-feira, 18, o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) para o primeiro semestre de 2020. Os estudantes selecionados para receber a bolsa de estudos precisam comprovar as informações fornecidas no ato da inscrição. A documentação solicitada deve ser apresentada às instituições de ensino até o dia 28 de fevereiro.

O resultado pode ser conferido na página do ProUni .

As bolsas eventualmente não preenchidas poderão ser ocupadas por participantes da lista de espera. O prazo para se inscrever na lista de espera é de 6 a 9 de março e a divulgação será feita no dia 12 de março.

Neste semestre, o ProUni está oferecendo 252.534 bolsas. O sistema registrou mais de 1,5 milhão de inscrições, feitas por 782.497 estudantes. O número de inscrições é maior que o de inscritos porque cada participante pode escolher até duas opções de instituição, curso e turno.

ProUni

O ProUni é um programa do Ministério da Educação que oferece bolsas de estudos, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior.

Podem participar estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública, ou na rede particular na condição de bolsista integral; estudantes com deficiência; professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Só pode se inscrever no ProUni o estudante que não tiver diploma de curso superior, que tenha participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas, e nota acima de zero na redação.

Fonte: A Tarde

Golpistas clonam WhatsApp e fazem até 15 vítimas por dia na Bahia

whatssap

Uma esteticista de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, comemorava mais um ano de vida em 20 de dezembro último, quando recebeu em seu celular uma ligação de um número de São Paulo, onde tem familiares.

Ela pensou que estavam ligando para parabenizá-la, mas, na verdade, era para clonar o número do WhatsApp e aplicar golpes que, segundo estimativas da Polícia Civil da Bahia, tem feito até 15 vítimas por dia no estado.

“Primeiro, me disseram que era para uma entrevista de trabalho e que eu tinha sido indicada por uma pessoa próxima. Pediram uns dados meus, como endereço de e-mail, e me falaram que ia ser enviado um código por mensagem”, contou ela, que prefere o anonimato.

 Mas não parou aí: “Depois, um outro número me ligou dizendo que era da Receita Federal e que alguém tinha tentado registrar minha empresa de estética. Queriam confirmar uns dados e, enquanto eu falava, eles mudavam minha senha no WhatsApp. Um tempo depois fui usar o aplicativo e não consegui.”

A esteticista informou que recebeu mensagens de que o WhatsApp dela estaria sem poder ser usado por 6h e que outra pessoa já tinha entrado em contato para pedir a senha. Enquanto isso, o golpista entrou em contato com várias pessoas fazendo se passar pela esteticista.

A conversa era sempre a mesma: se passando pela esteticista, o golpista relatou dificuldades para fazer transferência bancária por conta de limite excedido e pediu para que isso fosse feito, com a promessa de devolução do dinheiro à noite.

 Prejuízo
Ao menos duas pessoas, das dezenas que receberam as mensagens, caíram no golpe e fizeram depósitos de
R$ 1.500 e R$ 1.850 em nome de Jeffeson Augusto Mariano, numa conta da Caixa Econômica Federal de São Paulo.

“Registramos queixa na polícia, meu WhatsApp já foi desbloqueado, mas até hoje ninguém foi preso. E continuo recebendo ligações. Hoje mesmo [quinta-feira da semana passada] recebi uma ligação de São Paulo com a mesma conversa”, disse a esteticista.

O prejuízo com o golpe foi maior para um tio de um educador físico de 44 anos que mora em Salvador e que acabou depositando R$ 2.980 na conta indicada pelo golpista, que se passou por funcionário da OLX, onde o educador físico havia anunciado a venda de um carro.

 “Ele me ligou num sábado, disseram que era da OLX e que precisava confirmar meus dados para meu anúncio da venda do carro não ser retirado”, contou.

O educador físico ainda chegou a desconfiar da conversa, mas acabou passando para o golpista a senha do WhastApp. “Então, eles entraram em contato com minha família e amigos, pedindo que fosse feito o depósito. Meu tio nem pensou, fez logo”, relatou.

Eles também prestaram queixa na delegacia, mas ainda não conseguiram localizar os criminosos. “Tive de mudar de número e, depois do golpe, ainda entraram em contato de novo com o meu tio para pedir mais transferências”, afirmou.

 Em julho do ano passado, quando o CORREIO abordou os golpes em sites de comércio eletrônico, a OLX informou, em nota, que envia mensagens aos usuários esclarecendo que a solicitação de códigos de confirmação não é uma prática da empresa.

De acordo com o delegado João Cavadas, coordenador do Grupo Especial de Repressão a Crimes por Meios Eletrônicos, da Polícia Civil da Bahia, esses golpes têm se tornado cada vez mais frequentes no estado.

Contudo, na Bahia, não há uma delegacia especial para apuração de crimes do tipo, apenas o grupo que Cavadas coordena, e que serve como suporte de orientação para delegados de todo o estado.

Nas delegacias, os casos são caracterizados como crimes de estelionato, independentemente de serem por meio virtual ou não. Por isso, não há uma estatística certa de quantos golpes do tipo ocorrem, apenas a estimativa.

“Há várias modalidades de crimes virtuais, mas pelo que temos visto a maioria é por meio do envio de um link para o WhatsApp ou e-mail e no qual a pessoa que clica já está fornecendo para o golpista os dados dela, como a senha do WhatsApp”, disse.

A partir da obtenção dos dados, o golpista passa a assumir o controle da conta e tem acesso a todos os contatos da vítima. Nos contatos, os golpistas perguntam se a pessoa está num banco ou usa aplicativo de banco, e pede que faça transferência bancária, utilizando alguma justificativa para tal.

Há casos também em que o golpista faz um depósito bancário falso (com envelope vazio) na conta da pessoa e no mesmo dia entra em contato para pedir que faça o estorno. “Importante a pessoa que está sendo procurada ligar e ver se a pessoa atende. É necessário também prestar atenção se a conta que está enviando é em nome de outra pessoa”, orienta o delegado.

Como evitar cair no golpe

Ligue para quem supostamente lhe enviou a mensagem:
Especialistas consideram importante verificar se as mensagens condizem com o discurso regular da pessoa que, supostamente, mandou os pedidos e avisar ao real dono da conta. “Eu sugiro que a pessoa ligue para o remetente da mensagem confirmando se é ele mesmo, ou até mesmo para alertá-lo, ou envie mensagens nas outras redes sociais para confirmar que é ele mesmo”, orientou o CEO da MF Press Global, Fabiano de Abreu, que, em dezembro passado, falou com o CORREIO sobre golpes através do WhatsApp. A MF Press é uma agência especializada em mídias sociais.

Não exponha dados:
O especialista também afirmou   que, para se proteger do golpe, é necessário ter a verificação em duas etapas do WhatsApp ativada e ficar atento ao receber e-mails de serviços que deixam dados de contato expostos publicamente.

Para recuperar seu WhatsApp hackeado:
Tente primeiro remover o WhatsApp Web, clicando em Sair no menu. Se não funcionar, envie um e-mail para support@whatsapp.com e copie e cole esse texto no corpo do e-mail: “Lost/Stolen: Please deactivate my account”. Lembre-se de colocar seu número de celular, com DDD, para que identifiquem qual conta devem desativar.

Termina hoje o prazo da biometria

biometria 2

Para quem pensa em obter passaporte ou carteira de identidade, inscrever-se em concurso público, receber salário de função ou emprego público, obter empréstimos nas autarquias, mantido pelo governo, precisa está em dia com a Justiça Eleitoral. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), essas são algumas consequências para o eleitor que deixar de informar suas digitais.

Portanto, os 242 municípios baianos que precisam realizar o recadastramento biométrico, o prazo termina hoje (18). De acordo com o TRE-BA, os 4.030.719 eleitores convocados para realizar o recadastramento nesta última fase, 3.335.791 (82,7%) já compareceram a revisão, o que significa dizer que 694.928 (17,2%) cidadãos ainda correm o risco de terem seus títulos cancelados.

Em Salvador, que encerrou a revisão biométrica em 31 de janeiro de 2018, cerca de 220 mil eleitores ainda estão com pendências na Justiça Eleitoral. O órgão ressalta que, a regularização dos títulos também é fundamental para que o cidadão vote nas Eleições Municipais 2020.

A orientação do TRE da Bahia para aquele que ainda não atendeu a convocação é a de que procure por um posto ou cartório o quanto antes. A última fase da biometria buscou priorizar o agendamento, que pode ser realizado no site (agendamento.tre-ba.jus.br), pelo telefone 0800 071 6505 ou whatsapp (713373-7223).

Para agendar via internet o número do título será solicitado. Caso não possua a inscrição eleitoral ou não saiba o número do documento, o eleitor deverá informar o CPF, data de nascimento e nome completo dos pais. O cidadão também pode cadastrar o telefone e e-mail, dados importantes para que o recebimento de confirmação e lembretes do agendamento. :: LEIA MAIS »

tivic radares

pmvc abrinq

checkup day

mg personal


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia