Médico do DF será investigado por anunciar 'kit' contra sintomas do coronavírus

O Conselho Regional de Medicina do Distrito federal vai apurar o vídeo de uma médico daquele estado que, em circulação nas redes sociais, anuncia um kit para fortalecer a imunidade e evitar os sintomas mais graves da Covid-19, provocada pelo novo coronavírus. A conduta do profissional poderá ser enquadrada como “propaganda enganosa”, já que não há nenhum protocolo científico sobre qualquer tratamento relacionado à Covid-19.

Segundo o Metrópoles, na gravação o médico afirma que espera ajudar os pacientes com o lançamento do medicamento, produzido em parceria com uma farmácia de manipulação. O vídeo foi veiculado nas redes sociais do dr. Pedro Leão, mas apagado em seguida após a repercussão do caso.  No vídeo o médico pondera que o medicamento “não é uma forma de prevenir o coronavírus”. “Mas, caso você seja acometida pela doença, terá um poder de resposta imunológica suficiente para que você não tenha as complicações mais sérias”, completa.  O medicamento foi batizado de kit “Imunidade de Leão” – uma referência ao sobrenome do especialista em emagrecimento e performance esportiva – e é comercializado nas versões para menores de 15 anos, maiores de 15 anos e acima de 50. Os valores variam de R$ 286 a R$ 1.266.

Fonte: Bahia Notícias