coroteeewin

Mais de 100 mil testes de Covid-19 já foram realizados pela Bahia, por meio do através do Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen-BA), unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Com isso, a Bahia ocupa o segundo lugar nacional no ranking de testagem, ficando atrás apenas de São Paulo. Os testes são feitos pela unidade central do Lacen, em Salvador, e também em Porto Seguro, Paulo Afonso, Jequié, Vitória da Conquista, Barreiras e ainda na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na região de Ilhéus e Itabuna.

“Não ficamos dependendo apenas dos kits de testagem enviados pelo Ministério da Saúde. A Bahia fez aquisição de equipamentos e insumos com recursos próprios”, disse Fábio Vilas-Boas, secretário da Saúde do Estado.

Vilas-Boas ainda destacou o investimento de R$ 2 milhões na nova ala do Lacen, que realiza os testes de biologia molecular. A capacidade foi ampliada de 400 para cerca de dois mil exames por dia.

“A nova ala tornou o Lacen o maior laboratório do País em capacidade de realização de exames da Covid-19, e foi idealizada de forma preventiva para o estado, ainda em janeiro, quando a China divulgou o início da pandemia mundial”, pontou o secretário.

Arabela Leal, diretora-geral do Lacen, revelou que foram comprados extratores, pipetadores, amplificadores, termocicladores, insumos, além da contratação de colaboradores. “Isso proporcionou, em primeiro lugar, a ampliação do número de testes e a velocidade de resposta, além da descentralização dos testes para o interior do estado. Alcançamos, assim, o número de 100 mil testes realizados, ficando em segundo lugar nacional, atrás apenas do estado de São Paulo”.

Fonte: Bahia Notícias