WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
julho 2020
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 28/jul/2020 . 18:22

Prefeitura Municipal divulga relação de candidatos desistentes e inabilitados

A Secretaria Municipal de Administração (Semad) informa nesta segunda-feira (27) a relação dos candidatos desistentes e inabilitados na fase de contratação após quinta convocação, conforme anexo 1 do Edital de Caráter Emergencial nº 01/2020.

Os candidatos inabilitados poderão consultar suas análises dirigindo-se pessoalmente à Coordenação de Gestão de Pessoas, localizada na sede da Secretaria de Saúde, situada à Rua Rotary Clube, nº 69 – Centro, sala 105.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO EMERGENCIAL 01.2020 – INABILITADOS – 5ª CONVOCAÇÃO

Fonte: Blog da Resenha Geral

Covid-19: número total de casos passam de 149 mil e mortes chegam a 3.227

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 930 novos casos da Covid-19 e 45 novas mortes por causa da doença, segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) na tarde desta segunda-feira (27).

Com isso, o número de casos da doença confirmados no estado sobe para 149.109 e o de mortes para 3.227. De acordo com a Sesab, a taxa de crescimento no número de casos, nas últimas 24 horas, foi de 0,6% e 1,4% no número de mortes.

Do total de casos, 132.944 são considerados curados, 12.938 encontram-se ativos.

O primeiro caso do novo coronavírus na Bahia foi confirmado no dia 6 de março. Foi uma mulher de 34 anos, moradora de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 Km de Salvador, que voltou da Itália em 25 de fevereiro. No país europeu, ela teve passagens por Milão e Roma.

A primeira morte de uma pessoa infectada pelo vírus no estado ocorreu em março, quando a Bahia tinha 147 casos confirmados. O paciente era um homem de 74 anos, que estava internado em um hospital particular de Salvador. Ele estava entubado e em diálise contínua.

Os casos confirmados ocorreram em 407 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (35,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (3.530,54%), Itajuípe (3.118,44%), Dário Meira (2.903,83%), Almadina (2.745,24%) e Ipiaú (2.600,66%).

O boletim epidemiológico contabiliza, ainda, 302.694 casos descartados e 78.421 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta segunda.

Na Bahia, 14.314 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O boletim completo está disponível no site da Secretaria de Saúde e também em uma plataforma disponibilizada pela Sesab.

Taxa de ocupação

Dos 2.662 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS), exclusivos para o novo coronavírus, 1,7 mil estão com pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de cerca de 64%. Dos leitos de UTI (adulto) disponíveis no estado, 74% estão ocupados.

Em Salvador, de acordo com a Sesab, dos 1.390 leitos ativos, 968 estão ocupados, o que representa uma taxa de ocupação de 70%. Já o leitos de UTI adulto, que são os que contam para a fase 2 da flexibilização do comércio na capital baiana, estão com 71% de ocupação.

A Sesab ressaltou que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Fonte: Tribuna da Bahia

 

Nuvem de gafanhotos diminui ainda mais, mas permanece alerta para o Brasil

gafanhotos

A nuvem de gafanhotos que está na Argentina desde maio foi reduzida ainda mais na segunda-feira, dia 27. Segundo o Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar do país (Senasa), 87% dos insetos foram eliminados com pulverizações aéreas e terrestres de inseticidas realizadas na quinta-feira (23), no sábado (25) e na segunda. Ainda restam aproximadamente 50 milhões de insetos que permanecem na cidade de Federación, na província de Entre Rios, a 10 quilômetros da divisa com o Uruguai e a cerca de 90 quilômetros da cidade gaúcha de Barra do Quaraí – divisa com o Brasil.

Apesar das baixas temperaturas e da chuva, observadas na região desde domingo, dia 26, limitarem a movimentação do gafanhotos, fiscais estaduais agropecuários do Rio Grande do Sul afirmam que o alerta sobre a entrada destes insetos no território brasileiro permanece.

Os insetos remanescentes estão estacionados em copas de eucaliptos e laranjeiras, disse o Senasa. Técnicos da entidade preveem eliminar o aglomerado restante até o fim desta semana com novas aplicações de inseticidas. “O objetivo principal era romper a nuvem e não permitir a junção novamente, o que não aconteceu até o momento. Durante o dia de ontem, foram detectados gafanhotos vivos, a maioria isolados, mas as ações em campo continuam nos próximos dias”, afirmou o coordenador do Programa de Controle de Gafanhotos e Tucuras do Senasa, Héctor Medina, em nota divulgada para a imprensa.

Uma segunda nuvem de insetos, localizada no norte da Argentina, na província de Chaco, também continua sendo monitorada. Técnicos do Senasa ainda não identificaram a sua localização exata por estar em área de difícil acesso, mas afirmam que o aglomerado se desloca em curso semelhante à direção tomada pela primeira nuvem e em baixa velocidade. Estima-se que esta nuvem tenha o dobro do tamanho da primeira infestação, de cerca de 800 milhões de insetos.

O Paraguai tem uma outra nuvem de gafanhotos (um total de três é monitorado pelos países da América do Sul), localizada no Departamento Central do Chaco, em Boquerón, próximo à divisa com o norte da Argentina, a cerca de 200 quilômetros, segundo o Serviço Nacional de Saúde e Segurança Vegetal do Paraguai (Senave). De acordo com fiscais agropecuários brasileiros, esta nuvem está cerca de 600 quilômetros distante da fronteira com o Brasil.

Fonte: Correio24h

Prefeitos da Bahia recebem 48 novas ambulâncias para enfrentar a covid

Prefeitos de 120 municípios do interior da Bahia estiveram no Parque de Exposições, em Salvador, na manhã desta terça-feira (28) para receber ambulâncias, ônibus escolares, carros administrativo e tratores. Os equipamentos foram entregues pelo Governo do Estado, e o investimento foi de mais de R$ 13 milhões.

 O governador Rui Costa chegou ao local às 9h15, e foi de veículo em veículo, entregando os equipamentos aos prefeitos. Ele destacou a importância desses carros em época de pandemia e afirmou que os ônibus escolares já fazem parte da preparação para retomada.

Rui disse que ainda não há previsão para esse retorno das aulas. “Estamos estudando. Queremos deixar tudo preparado. Nós vamos fazer uso intensivo da internet”, afirmou. Ele disse que o planejamento está sendo feito. “A data, vamos monitorar os indicadores. Quando tivermos segurança que os indicadores estão de fato em declínio forte, aí anunciaremos a data”, disse.

O prefeito de Ipirá, Marcelo Brandão (DEM), era somente sorrisos na hora de receber as chaves da ambulância. Ele contou que o veículo vai se somar a outros três que foram adquiridos pelo município durante a pandemia, e integrar a frota de cerca de 10 carros.As 48 ambulâncias custaram $$ 2.8 milhões. Já o investimento nos 37 ônibus escolares foi de R$ 7,8 milhões. Os 44 veículos administrativos custaram R$ 2,6 milhões, e os 18 tratores, foram dividos em dez modelos comuns (R$ 787 mil) e oito com implementos (854 mil).

“Esse tipo de ação é importantíssima, principalmente em um momento como esse, em que a gente tem feito o combate ao coronavírus e para isso dependemos de aporte de recursos e de estruturas como ambulâncias. É uma soma (a entrega do veículo), porque ajuda a melhorar a nossa estrutura de saúde. Temos um hospital novo com uma sala específica para covid-19, e essa ambulância vai ajudar nesses atendimentos e em outras situações”, afirmou.

 Ipirá registrou três mortes por conta da doença e está com 180 casos confirmados do novo coronavírus, mas todos os pacientes estão sendo acompanhados em casa. O município tem seis leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para covid-19, equipados com respiradores, e eles não estão ocupados, atualmente. “Eles já foram ocupados seis vezes, mas no momento estão liberados. A gente pede que a população colabore e torce para que eles continuem como estão”, disse.

Emendas
As ambulâncias foram liberadas através de emendas parlamentares. A deputada estadual Ivana Bastos (PSD), que articulou a entrega de alguns desses veículos, comentou a ação. “A gente está em uma fase que todo o suporte para a saúde é mais que bem-vindo. Para esses municípios a entrega de ambulâncias é um reforço muito grande no atendimento da população, e além das ambulâncias eles estão recebendo também carros para o administrativo. Em uma pandemia essas são ações ainda mais importantes”, afirmou.

Já a deputada Fabíola Mansur (PSB), também responsável pela entrega de uma das ambulâncias, destacou o avanço da doença pelo interior do estado. Ela pediu que a população colaborasse ficando em casa e afirmou que a quantidade de casos ainda é preocupante.

 “Está havendo uma demanda crescente dos municípios em virtude da interiorização da covid e muitas ambulâncias não podem ser as mesmas que transportam outros tipos de pacientes para evitar a contaminação. Estou bastante preocupada com o aumento de incidência de casos no interior. Apesar de estarmos em um platô, precisamos descender esses casos. Isso talvez ainda esteja assim fruto do isolamento social que não foi a qualidade que a gente queria”, contou.

Ela destacou o motivo da entrega dos ônibus escolares e outros veículos. “Apesar das aulas estarem suspensas, e com razão em virtude da aglomeração gerada pelo retono as aulas, são emendas que precisam ser entregues porque são compromissos que os deputados fizeram. Então, a gente está aqui com álcool em gel, tentando não aglomerar, de máscara, em uma nova modalidade, mas aos poucos honrando os compromissos que a gente tem”, afirmou.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), até a segunda-feira (27), a Bahia tinha 12.938 ativos do novo coronavírus e 3.227 óbitos confirmados pela doença. Foram 930 novos casos de domingo para segunda-feira. A orientação das autoridades é para que a população continue em isolamento, mantendo o distanciamento social e usando máscaras. Lavar as mãos com frequência é outra recomendação importante feita pelos médicos.

A chuva tentou estragar o evento, e em alguns momentos foi preciso buscar abrigo, mas todas as entregas foram realizadas até às 11h. No final da manhã, os prefeitos voltaram para as cidades levando os veículos. As ambulâncias foram as primeiras a deixarem o pátio, sendo seguida dos outros modelos. Antes, porém, alguns gestores resolveram registrar o momento em fotos e vídeos para os eleitores. “É uma conquista importante nessa guerra que a gente vive todos os dias desde que esse vírus chegou”, disse um deles.

Fonte: Correio24h

Apresentador do SporTV, Rodrigo Rodrigues morre aos 45 anos no Rio de Janeiro

Rodrigo

O apresentador do “SporTV”, Rodrigo Rodrigues morreu, aos 45 anos, no início da tarde desta terça-feira (28) no Rio de Janeiro. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Unimed-Rio, desde o último sábado (25).

Diagnosticado com Covid-19 há cerca de 15 dias, Rodrigo Rodrigues estava afastado do trabalho quando deu entrada no hospital no último sábado. Ele teve confirmada uma trombose venosa cerebral (TVC) e foi submetido a uma cirurgia no último domingo (26).

Contratado pelo Grupo Globo em janeiro de 2019, Rodrigo Rodrigues era um dos principais apresentadores do SporTV comandando os programas “Troca de Passes”, “Redação SporTV”, “SporTV News”, “Tá na Área”e “Seleção SporTV”, além de ser considerado eventual substituto de Felipe Andreoli, no “Globo Esporte”, da TV Globo. Além da Vênus Platinada, o jornalista trabalhou em diversas emissoras como a TV Cultura, ESPN Brasil, Band, Gazeta e Esporte Interativo. E foi locutor e apresentador da Rádio Globo, em São Paulo.

Rodrigo Rodrigues não se limitou ao trabalho como jornalista esportivo. Ele também atuou na área cultural em programas como “Vitrine”, da TV Cultura, “5 Discos”, da Gazeta, e “Cor de Rosa”, do SBT. Como escritor, lançou livros como “As Aventuras da Blitz”, que contava a trajetória do grupo musical, e “London London”, guia para conhecer Londres de metrô. Guitarrista, ele tocou na banda “The Soundtrackers”, e chegou a apresentar o quadro “Ding Dong”, do Domingão do Faustão.

Fonte: Bahia Notícias

checkup day

mg personal


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia