WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
novembro 2020
D S T Q Q S S
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: 23/nov/2020 . 10:29

Boletim Covid-19: Município chega a 10.330 recuperados da doença

Vitória da Conquista registrou, neste domingo (22), três novos casos de Covid-19. Com isso, o município passa para 11.034 casos confirmados. Dessa totalidade, contabilizada desde o começo da pandemia, 10.330 estão recuperados, 198 evoluíram para óbito e 506 estão em recuperação (30 internados e 476 em tratamento domiciliar).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), até hoje, foram registradas 42.265 notificações. Destas, 13.721 foram descartadas (4.039 por RT-PCR e 9.682 por Outros Critérios) e 14.451 apresentaram síndrome gripal não especificada.

Deste total, ainda há 3.059 casos que aguardam classificação final, sendo que 2.832 aguardam por investigação laboratorial e 227 esperam resultado de exame RT-PCR (LACEN Municipal e LACEN Estadual).

Ocupação de Leitos – A rede hospitalar do SUS no município dispõe de 153 leitos para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus. Desses, 83 são de enfermarias e 70 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Neste momento, estão internados 78 pacientes que, além de Vitória da Conquista, são oriundos dos seguintes municípios:

…Leia na íntegra

Blog da Resenha Geral

Operação da PF cumpre mandados na Bahia; Justiça bloqueia R$ 400 mi de investigados

Operação da PF cumpre mandados na Bahia; Justiça bloqueia R$ 400 mi de investigados

Foto: Agência Brasil

A Polícia Federal cumpre nesta manhã na Bahia mandados de prisão, busca e apreensão em uma operação contra o tráfico de drogas. Batizada, de Enterprise, a ação é considerada a maior do ano no combate à lavagem de dinheiro do tráfico e uma das maiores da história na apreensão de cocaína nos portos brasileiros. A operação mira uma organização criminosa especializada no envio de cocaína para a Europa.

Ao todo, são 149 mandados de busca e 66 mandados de prisão nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Pernambuco, além da Bahia. Cerca de 670 policiais federais e mais 30 servidores da Receita Federal participam da operação. As medidas foram expedidas pela 14ª Vara Federal de Curitiba.  

A Justiça ordenou o sequestro de aproximadamente R$ 400 milhões em bens do narcotráfico, como aeronaves, imóveis e veículos de luxo. A PF espera que novos bens sejam identificados após o cumprimento dos mandados. 

Durante a investigação, foram anteriormente apreendidas 50 toneladas da droga nos portos do Brasil, da Europa e da África. O volume de apreensões coloca a organização criminosa como uma das maiores em atuação no país.

Em continuidade às ações de cooperação internacional, foram expedidas, ainda, difusões vermelhas na Interpol para a prisão de oito investigados que estão no exterior, bem como a identificação e sequestro de bens em outros países.

Segundo a PF, o esquema utilizado pelos criminosos consistia na lavagem de bens e ativos multimilionários no Brasil e no exterior com uso de laranjas e empresas fictícias, para dar aparência legal ao lucro do tráfico. 

O nome da operação faz alusão à dimensão da organização criminosa investigada, que atua como um empreendimento internacional na lavagem de dinheiro e exportação de cocaína, o que trouxe alto grau de complexidade à investigação policial, de acordo com a corporação.

Defesa de segurança do Carrefour nega intenção de matar Beto ou motivação racista

Defesa de segurança do Carrefour nega intenção de matar Beto ou motivação racista

Foto: Reprodução / Redes Sociais

A defesa do policial militar Giovane Gaspar da Silva, 24, um dos seguranças presos pelo assassinato de João Alberto Silveira Freitas, 40, conhecido como Beto Freitas, em uma unidade do Carrefour de Porto Alegre, nega a intenção de matá-lo ou motivação racista e levanta a hipótese de que a vítima pode ter morrido em decorrência de um ataque cardíaco.

A perícia também traz como provável causa um ataque cardíaco. Suspeita-se também que o senhor João Alberto estaria sob efeitos de entorpecentes tamanha a força que ele tinha no momento. Ele também tinha os olhos soltados e a íris expandida”, diz o advogado de defesa, David Leal.

O IGP-RS (Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul) apontou, em análise inicial, que a vítima morreu por asfixia. Imagens obtidas pela reportagem mostram que Beto Freitas, 40, foi asfixiado por quase quatro minutos, diante de 15 testemunhas, após ser espancado por pelo menos dois minutos por dois seguranças.

Leal também afirma que o seu cliente também não teve a intenção de matar João Alberto e não agiu de forma por racismo.

“O meu cliente não teve a intenção de matar. Ele não agiu por nenhum ato racista. Ele, inclusive, tem parentes negros, o pai dele é pardo, e não tem de forma alguma qualquer preconceito quanto a isso. O Brasil é um país que é preconceituoso, com toda certeza. Existe racismo, mas, analisando, concretamente, o fato não tem nada a ver com isso”, diz Leal.

O advogado afirma que não houve conduta dolosa. De acordo com ele, a intenção era conter João Alberto, que estaria “completamente descontrolado”. A defesa alega que o policial foi chamado até o caixa e chegou a apaziguar a situação.

“Ele [João Alberto] foi conduzido até a saída para onde o senhor se encaminhou voluntariamente. Na saída, perto da porta, surpreendentemente, o senhor João Alberto desferiu um soco no rosto do meu cliente. Meu cliente diz que depois ele ainda acertou outro soco. Ele [Giovane] tomou dois socos no rosto”, diz Leal. O vídeo mostra apenas um soco desferido por Freitas.

Ainda de acordo com o advogado, na tentativa de conter João Alberto, outras pessoas se aproximaram. “Na verdade, se formos bem justos aos fatos, mais pessoas estão envolvidas. Teve cliente que chegou ali chutando a cabeça do senhor João Alberto, pessoas que também o agrediram porque viram o que ele havia feito dentro do mercado, mas de forma alguma o resultado morte é justificado.” Ele não deu mais detalhes sobre o que teria ocorrido antes.

O advogado diz que lamenta a morte de João Alberto, que presta sentimentos à família dele e que acredita que os responsáveis têm que responder pelos fatos, mas nos limites da lei.

Além de Giovane, o segurança Magno Braz Borges, 30, foi preso. De acordo com Leal, nenhum dos dois envolvidos tem antecedentes criminais.

“O fato de o senhor João Alberto ter antecedentes criminais não justificaria a consequência trágica da morte. Infelizmente, uma vida se perdeu. Enquanto defesa, nós temos também que preservar os direitos do meu cliente de forma justa e nos limites da lei”, diz o advogado.

O advogado de Borges não foi localizado pela reportagem.

Questionada sobre o laudo conclusivo do Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul, a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul disse que, embora a análise inicial tenha indicado asfixia como causa provável da morte, nenhuma hipótese está descartada. “A conclusão do documento deve ocorrer ao longo da próxima semana e será divulgada à imprensa no momento oportuno.”

 

Líderes do G20 firmam compromisso de garantir acesso global a vacina contra Covid-19

Líderes do G20 firmam compromisso de garantir acesso global a vacina contra Covid-19

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os líderes das 20 maiores economias mundiais se comprometeram não poupar esforços para fornecer medicamentos, testes e vacinas contra a covid-19 de maneira acessível e justa para “todas as pessoas”. A promessa ocorreu neste domingo (22), na cúpula do G20, em meio a preocupações em torno da possibilidade da que a pandemia possa aprofundar as desigualdades entre ricos e pobres. As informações são de reportagem publicada pela Agência Brasi.

Durante o encontro, que ocorreu neste fim de semana, um dos assuntos sentrais foi a pandemia da Covid-19 e as perspectivas de uma recuperação econômica desigual e incerta.

“A pandemia de covid-19 e seu impacto sem precedentes em termos de vidas perdidas, meios de subsistência e economias afetadas foram um choque sem paralelo que revelou vulnerabilidades em nossa preparação e resposta, ressaltando nossos desafios comuns”, disse o comunicado final do encontro.

Ficou acertado que as nações do G20 trabalharão para “proteger vidas, fornecer apoio com foco especial nos mais vulneráveis e colocar nossas economias de volta no caminho para restaurar o crescimento, proteger e criar empregos para todos”, conform diz o texto.

Pagamento de aposentados e pensionistas será antecipado para 27 de novembro

agencia

A administração da Bahia vai antecipar, pela oitava vez desde o início da pandemia de coronavírus, o pagamento de aposentados e pensionistas do Estado. Os recursos estarão disponíveis para os cerca de 130 mil beneficiários no dia 27 de novembro, ou seja, última sexta-feira do mês corrente.

A medida tem o objetivo de evitar a formação de filas e aglomerações nos postos e agências bancárias, para conter da disseminação do novo coronavírus em território baiano.

A última antecipação ocorreu no mês de outubro, válida para todo o Poder Executivo Estadual, por conta do Dia do Servidor Público. A data, originalmente celebrada em 28 de outubro, este ano foi transferida para o dia 30 do mesmo mês, de acordo com o decreto estadual n° 19.408/2020.

Já a previsão de pagamento dos servidores ativos, de acordo com a portaria n° 001/2020, da Secretaria da Fazenda (Sefaz-BA), é para 30 de novembro, último dia útil no mês. A tabela pode ser consultada no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).

A Tarde

Mais de 600 mil eleitores são aguardados para disputa em Conquista e Feira de Santana

urna

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) está realizando os últimos ajustes para o segundo turno das eleições municipais que irão ocorrer no próximo domingo, 29, em Vitória da Conquista e Feira de Santana, dois maiores colégios eleitorais do interior do estado. São 677.445 eleitores aguardados nas urnas das duas cidades para a escolha dos novos prefeitos. Além disso, os protocolos de segurança adotados no primeiro turno ficam mantidos por conta da pandemia de coronavírus

Em Vitória da Conquista, 250.293 eleitores estão aptos a votar. A cidade possui 587 seções eleitorais distribuídas em 171 locais de votação. Com 100% de mesários voluntários, o município da região Sudeste da Bahia contará com o apoio de 2.348 pessoas. As zonas 39 e 41 usarão a carteira digital Banco do Brasil para pagar o auxílio alimentação a que os mesários têm direito.

Já em Feira de Santana, o eleitorado é de 427.152 pessoas. É o segundo maior colégio eleitoral da Bahia, ficando atrás apenas de Salvador. A cidade da região do Centro-Norte tem 952 seções eleitorais em 185 locais de votação e terá o apoio de 3.808 mesários para a realização do pleito. As zonas 154 e 157 adotarão o aplicativo do Banco do Brasil para pagar o benefício dos colaboradores da Justiça Eleitoral.

De acordo com a coordenadora de Planejamento de Eleições e de Logística (Coele), Ana Maria Parcero, o TRE-BA seguirá as medidas estabelecidas no primeiro turno, com o objetivo de promover votações seguras. O Tribunal enviará reforço de equipamentos de proteção individual aos dois municípios, tanto de máscaras quanto de álcool em gel.

Novamente, as seções serão abertas uma hora mais cedo, às 7h, e encerradas às 17h. O horário das 7h às 10h segue como preferencial para os eleitores acima de 60 anos ou que façam parte de grupo de risco à Covid-19. E assim como no primeiro turno, os eleitores só serão admitidos para votar se estiverem usando máscara.

O reconhecimento dos votantes pela biometria mantém-se dispensado e a orientação é de que os eleitores baixem o e-Título, que pode ser usado como único documento de identificação, no caso dos biometrizados. Os eleitores que não atualizaram o título com dados biométricos também vão poder usar o aplicativo, mas precisarão apresentar além disso um documento oficial com foto.

Agências do INSS não funcionam nesta segunda

Wellton Máximo | Agência Brasil

agencia

Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não serão atendidos nas agências do órgão nesta segunda-feira (23). Os locais de atendimento estarão fechados por causa do ponto facultativo correspondente ao Dia do Servidor Público, que foi transferido de 28 de outubro para hoje.

A transferência do ponto facultativo havia sido autorizada por portaria publicada em edição extra do Diário Oficial da União em 27 de outubro, véspera do Dia do Servidor Público. Na ocasião, o governo justificou que a mudança de data foi necessária para manter os atendimentos agendados, evitando remarcações e transtornos para os beneficiários.

Outros órgãos, como a Receita Federal, haviam suspendido o expediente em 30 de outubro e atenderão normalmente nesta segunda-feira. O INSS, no entanto, optou por fazer o ponto facultativo no fim de novembro para desafogar o atendimento nas agências, que cuidam de pedidos e de processos acumulados durante a pandemia de covid-19.

Com o fechamento das agências, os cidadãos podem buscar informações, pedir benefícios e agendar serviços sempre pelo aplicativo Meu INSS. Também é possível resolver dúvidas pelo telefone 135, que funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Vacina contra Covid-19 da AstraZeneca e Oxford tem eficácia de 70%

Por AFP

vacina-510x187

O laboratório britânico AstraZeneca e a Universidade de Oxford anunciaram nesta segunda-feira, 23, em um comunicado conjunto que a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela parceria mostrou eficácia de 70% nos testes.

“A eficácia e segurança desta vacina confirmam que será muito efetiva contra a covid-19 e que terá um impacto imediato nesta emergência de saúde pública”, afirmou o CEO da AstraZeneca, Pascal Soriot, no comunicado.

A vacina – com testes clínicos em vário países, incluindo Reino Unido e Brasil – apresenta uma eficácia muito menor que a de quase 95% anunciada para as vacinas desenvolvidas pelos laboratórios Pfizer/BioNTech e Moderna.

Mas a vacina da AstraZeneca utiliza uma tecnologia mais tradicional que a dos concorrentes, o que torna menos cara e mais fácil de armazenar, pois não precisa ser armazenada a uma temperatura muito baixa.

A AstraZeneca afirma no comunicado que sua vacina é “altamente eficaz” para prevenir a doença e destaca que durante os testes nenhum voluntário desenvolveu formas graves do novo coronavírus, nem precisou de hospitalização.

Os resultados preliminares incluíram testes em mais de 2.000 pessoas, incluindo 131 que contraíram a doença.

A eficácia ficou entre 62% e 90%, de acordo com a quantidade de doses aplicadas.

Os testes clínicos em grande escala de fase 3 envolvem 60.000 pessoas no mundo e acontecem nos Estados Unidos, Japão, Rússia, África do Sul, Quênia e América Latina.

Parlamentares cobram governo sobre testes perto da validade

 Foto: Breno Esaki/Agência Saúde


Parlamentares reagiram neste domingo, 22, à informação revelada pelo Estadão de que 6,86 milhões de testes RT-PCR para detectar coronavírus comprados pelo Ministério da Saúde vencem entre dezembro deste ano e janeiro de 2021. A comissão da Câmara que acompanha a resposta à pandemia irá realizar na próxima quarta audiência pública com técnicos da pasta e representantes de Estados e municípios sobre o caso. Há ainda movimento no Congresso para convocar o ministro Eduardo Pazuello a dar explicações.

Como mostrou a reportagem, o governo tenta prorrogar o prazo de vencimento dos produtos para evitar que sejam descartados. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) terá de autorizar uma renovação da validade dos exames. O ministério precisará provar que o teste segue eficaz e seguro.

Presidente de comissão da Câmara sobre a covid-19, o deputado Dr Luizinho (PP-RJ), criticou o planejamento do governo federal para a entrega de testes. “Estimativa de compra errada, distribuição errada. Vamos chamar uma audiência pública para o ministério explicar esse absurdo e cobrar qual a estratégia a ser implementada.”

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) ironizou a “intervenção militar” na Saúde. “Se logística é o que justifica essa intervenção militar na Saúde, imagine as demais políticas”, disse ele. Pazuello, que é militar, já foi elogiado por Jair Bolsonaro por ser “especialista em logística”.

Também ex-ministro da Saúde, além de atual deputado federal, Alexandre Padilha (PT-SP) disse que a revelação será usada em pedidos já feitos ao Tribunal de Contas da União (TCU) e ao Ministério Público Federal (MPF) de apuração sobre falta de estratégia do governo na pandemia e para reforçar pedido de convocação de Pazuello para dar explicações no Congresso Nacional. “Vejo uma mistura de incompetência do ministério e estratégia do governo de esconder casos e óbitos”, disse.

Renovação

Técnicos da Anvisa dizem que a prorrogação de validade não é incomum. Caso a Anvisa reprove a renovação, porém, os exames podem ser recolhidos e incinerados.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que os estudos de estabilidade necessários para prorrogar a validade devem chegar ao Brasil nesta semana e que, se aprovada a renovação da validade, irá elaborar nota informativa sobre a segurança de uso dos testes. O ministério também afirmou que distribui os testes conforme demanda de Estados e municípios.

Mateus Vargas – Estadão Conteúdo

 

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia