WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
afrojapa

radio up

iris calcados
fevereiro 2021
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

:: 16/fev/2021 . 14:55

Prefeitura de Conquista inicia obras no trecho que liga Morada dos Pássaros e Conveima I

A Prefeitura Municipal trabalha nesta segunda-feira (15) no trecho da Avenida Integração que liga os bairros Morada dos Pássaros e Conveima I. A obra, executada pela Empresa Municipal de Urbanização de Vitória da Conquista (Emurc), é orçada em aproximadamente R$ 2 milhões. Os recursos são oriundos da própria Prefeitura Municipal e também adquiridos através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa II), da Caixa Econômica Federal.

Com a pavimentação e drenagem do Conveima I prestes a ser concluída, a proposta agora é a de solucionar um dos maiores problemas viários da cidade: a intervenção, que compreende a construção de vias internas e uma rotatória. Composta de devida sinalização e a instalação de ciclovias, essa rotatória será também ligada à Avenida J. Pedral (Perimetral) dando continuidade a construção de seu próximo trecho e ordenará o tráfego de veículos e pessoas entre estes bairros, dando maior segurança a quem passa pela via.

Segundo o secretário de Mobilidade Urbana, Jackson Yoshiura, as intervenções no trecho são uma demanda antiga da população dos dois bairros. “Esta é uma área com um grande fluxo de veículos, às margens de uma rodovia e que já registrou um número considerável de acidentes. Desde o começo da gestão buscamos corrigir este problema e agora estamos em via de resolvê-lo de forma definitiva”, destaca o secretário.

Blog da Resenha Geral

Conquista: Prefeitura divulga relação de candidatos inabilitados na 11ª convocação do Chamamento Emergencial

A Secretaria Municipal de Administração informou, nesta sexta-feira (11), a relação dos candidatos desistentes/inabilitados na fase de contratação, após décima primeira convocação do Edital de Caráter Emergencial nº 001/2020.

Confira:

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO EMERGENCIAL 01.2020 – INABILITADOS – 11ª CONVOCAÇÃO

Vacinas da gripe e da Covid-19 serão tomadas com intervalo de 14 dias

Vacinas da gripe e da Covid-19 serão tomadas com intervalo de 14 dias

Foto: Rodrigo Nunes/MS

O Ministério da Saúde definiu que a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza deste ano será realizada em abril. Foram adquiridas 80 milhões de doses para a imunização dos grupos prioritários.

Mas a pandemia da Covid-19 vai interferir na maneira como normalmente a campanha acontece. A principal é a recomendação para que a vacinação contra as duas doenças não seja simultânea, traz reportagem do portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias.

A área técnica do Ministério da Saúde recomenda que haja intervalo de 14 dias na aplicação das vacinas. Ou seja, caso um idoso seja imunizado contra a Covid-19, ele terá de esperar duas semanas para receber a proteção contra a gripe.

“Ao se considerar a ausência de estudos de coadministração das vacinas Influenza e Covid-19, neste momento não será recomendada a administração simultânea das vacinas contra Covid-19 com as de outras doenças”, explica a pasta, em nota.

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, enviou aos estados e aos conselhos Nacional de Secretários de Saúde (Conass), de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) um ofício orientando como será a campanha.

Em Salvador, o secretário municipal da Saúde, Leo Prates, está pleiteando junto ao Ministério da Saúde a antecipação da campanha de vacinação contra a influenza, para evitar que a imunização contra Covid-19 seja ainda mais prejudicada (leia mais aqui).

“Vamos começar, provavelmente em abril, a vacinação anual da influenza. Há um intervalo para tomar a vacinação da influenza em relação à coronavac. Se você tomou coronavac, tem que esperar 14 dias para tomar a influenza, e vice-versa. Isso seria bem complexo. Qual a sugestão que demos ao Ministério da Saúde? Antecipar a campanha de vacinação da influenza no sentido inverso. Como assim? Começar a influenza por 70 a 74 anos, e ela caminharia no sentido inverso da coronavac”, explicou.

Entidades pedem ao STF para barrar produção de notas de R$ 200 por facilitar corrupção

Entidades pedem ao STF para barrar produção de notas de R$ 200 por facilitar corrupção

Foto: Agência Brasil

Diversas entidades ligadas ao combate à corrupção no país ingressaram uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para interromper a emissão de novos lotes de notas de R$ 200 ou definir uma data limite para o fim da circulação das cédulas. A relatora da ação é a ministra Cármen Lúcia.

 As organizações afirmam que o país não tem estrutura financeira para a circulação dessas cédulas, que têm sido pouco utilizadas para o pagamento do auxílio emergencial e apontam para o fato de que somente 12% do prometido pelo Banco Central foi emitido.

 O pedido é assinado por representantes do Instituto Não Aceito Corrupção, Transparência Partidária, Confederação Nacional das Carreiras e Atividades Típicas de Estado, Transparência Brasil, Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil, Ministério Público Democrático, Associação da Auditoria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União e Associação Nacional do Ministério Público de Conta.

 O pedido foi rechaçado pelo Instituto de Estudos Estratégicos de Tecnologia e Ciclo de Numerário (ITCN). A instituição afirma que, quando o Banco Central lançou a cédula, “não sabia quanto tempo a pandemia iria durar, nem quanto tempo durariam seus efeitos sociais e econômicos”.  Para a entidade, o Bacen fez estudos antes de lançar a nova nota e precisou adequar a quantidade de numerário efetivamente emitida às necessidades reais da população, que foram observadas posteriormente. Entretanto, pondera que isso não significa, “de maneira alguma, que essas cédulas não são relevantes para a economia nacional”. “Finalmente, é importante dizer que cédulas e outros objetos inanimados não praticam nem estimulam atos de corrupção. Chega-se ao absurdo de querer proibir cédulas de R$200, que facilitam a logística do setor de transporte de valores, sob o argumento de que elas poderiam ser mais facilmente transportadas por criminosos”, destaca o instituto.

Vitamina C e zinco podem prejudicar tratamento contra covid-19, afirma especialista

Infectologista diz que substâncias causam uma ‘falsa sensação de segurança’

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

vitamina c

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, diversas informações equivocadas circulam em sites, blogs e redes sociais a respeito de estratégias para combater a doença. Uma delas indica a ingestão de vitamina C e zinco, porém, como explicou o chefe de infectologia da Unesp e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Alexandre Naime Barbosa, em entrevista ao canal CNN Brasil, essas medicação não combatem a covid- 19 e até podem atrapalhar o tratamento da doença.

 “Existia uma ideia de que a vitamina C, em altas doses, preveniria resfriados ou gripes. Mas há muito tempo tínhamos estudos randomizados mostrando que vitamina C não diminuía nem a intensidade nem a frequência de gripes e resfriados. Isso acabou chegando para a covid-19, com essa falsa sensação de segurança de que uma hiperdose de vitamina ou de cinco poderia ter benefício”, disse Alexandre na entrevista.

Ele ainda comentou sobre os malefícios que a ingestão incorreta dessas substância pode causa. “Essas medicações, além de terem os seus custos, podem levar a efeitos colaterais. Por exemplo, o zinco em altas doses, leva gosto metálico na boca, náusea, diarreia. Ou seja, além de não ajudar e custar caro, ainda pode prejudicar a saúde”, complementou o especialista.

 Já sobre a vitamina D, que também é considerada por algumas pessoas como uma forma de proteção contra a covid- 19, Alexandre explicou que ela é importante para otimizar alguns processos do organismo, mas não é eficaz contra o novo coronavírus: “É um mito”, finalizou.

Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas testa positivo para covid-19

Titular da pasta da saúde divulgou resultado do seu exame positivo para o coronavírus
 Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas testa positivo para covid-19

O secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas Boas, informou na tarde desta terça-feira, através de suas redes sociais, que testou positivo para a covid-19.

Ele permanecerá em isolamento, em casa, cumprindo agenda virtual de trabalho. Ele está apenas com sintomas leves e fazendo uso de medicamentos sintomáticos.

De acordo com o próprio Fábio, esta é a primeira vez em todo o período da pandemia que ele testou positivo para o vírus. Inicialmente, o teste rápido detectou a infecção, que foi posteriormente confirmada pelo teste RT-PCR do Lacen.

Ontem (15), o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) sobre a Covid-19 registrou 63 óbitos e 1796 novos casos da doença.

Correio da Bahia

65% das famílias estão endividadas

Os indicadores de inadimplência também são preocupantes sendo que 25,5% dos pesquisados declararam ter contas em atraso e 11% declararam sem condição de quitar débitos.

Tribuna da Bahia, Salvador
16/02/2021 10:00 | Atualizado há 4 horas e 10 minutos

Foto: Marcos Santos/USP

família

A crise causada pela pandemia de Covid-19 fez com que a população brasileira chegasse ao fim de 2020 com maior patamar de endividamento em dez anos segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), que apontou que 66,5% das famílias se declararam endividadas.

Os indicadores de inadimplência também são preocupantes sendo que 25,5% dos pesquisados declararam ter contas em atraso e 11% declararam sem condição de quitar débitos. A pesquisa foi realizada pela Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O número é assustador, mas qual o caminho para sair dessa situação? O primeiro passo para quem enfrenta problemas financeiros é não entrar em desespero, colocar os pés no chão, encarar a realidade e, é claro, se planejar para sair dessa situação de forma definitiva.

“Sempre costumo dizer que ter dívidas não é um problema e muitos me questionam, mas a verdade é que o maior problema é não conseguir arcar com esse compromisso, que é justamente o que acontece atualmente com milhões de brasileiros. É preciso mudar o comportamento em relação ao uso do dinheiro para construir uma vida mais sustentável financeiramente, tratar o problema na raiz, evitando assim entrar num ciclo de endividamento”, orienta Reinaldo Domingos, do canal Dinheiro à Vista.

Internado com Covid-19, Cesar Filho nega que esteja em estado grave

O apresentador Cesar Filho, de 60 anos de idade, que está internado com Covid-19, foi à sua página do Instagram, neste domingo, 14, para negar os rumores de que seu estado de saúde teria piorado e de que ele estaria em estado grave.

filho

“Por favor, não acredite em todo tipo de notícia. Existe sensacionalismo por parte de alguns. Isso desestabiliza meus familiares e aqueles que gostam de mim. Conforme relatei aqui, na quinta-feira à noite, em virtude de uma alteração importante em meus exames de sangue, o dr @zeballos59 e eu, decidimos pela internação. Viemos então para o @hospitalvilanovastar e fizemos uma nova tomografia do tórax. Foi identificada uma pneumonia bacteriana”, ainda dizia o post.

“Imediatamente recebi um novo antibiótico intravenoso e estou fazendo fisioterapia pulmonar. Além de um controle melhor, com todo o monitoramento de uma equipe excepcional, isso trouxe um conforto pra mim e para minha família, principalmente para minha amada, @elainemickely [Elaine Mickely], que também testou positivo e que já nem dormia mais. Ela está ao meu lado o tempo todo!!! Nāo estou na UTI. Sigo o tratamento no quarto do hospital. Se Deus quiser, estamos no caminho da cura e de uma recuperação total. Muito obrigado pelo carinho, preocupação e orações!!! Um lindo domingo pra você!!!”, finalizou Cesar.

A Tarde

Viaturas da Guarda Municipal amanhecem incendiadas após mortes em Barra de Choça

Carros, motos e uma bicicleta amanheceram queimados | Foto: Divulgação | CBM - Foto: Divulgação | CBM

Pelo menos 26 veículos foram queimados, durante um incêndio, na madrugada desta terça-feira, 16, no estacionamento do Fórum do município de Barra do Choça, no Sudoeste da Bahia.

Segundo informações iniciais, algumas viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) também foram atingidas no local que é localizado nos fundos da 79° Companhia Independente de Polícia Militar da cidade. Uma  guarnição de serviço esteve presente durante toda a ocorrência.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, uma guarnição do 7°Grupamento de Bombeiros Militar (7°GBM/Vitória da Conquista) debelou um o fogo no local.  O incêndio aconteceu dois dias após a morte de dois homens, durante um confronto com a Polícia Militar da Bahia. A dupla é suspeita de envolvimento com facções criminosas no município.

Ainda conforme o órgão, por conter muito material combustível, como borrachas e plásticos, o que facilita com que as chamas se alastrem de forma rápida. Quando os bombeiros chegaram ao local, todos os veículos, sendo 18 automóveis, oito motos e uma bicicleta foram tomados pelas chamas.

O caso será investigado pela Polícia Civil. Ninguém ficou ferido.

 

Após aumento de casos de Covid-19, governador cogita toque de recolher no estado

Medida será tomada caso municípios desrespeitem normas que visarão o fechamento de atividades não essenciaisPaula Froes/Govba

ruicosta

O novo aumento no número de casos, óbitos e nos índices de ocupação das UTI’s de todo o estado ligaram um alerta de acordo com o governador Rui Costa (PT). De acordo com o gestor, em entrevista para a TV Bahia nesta terça-feira, nesta terça-feira, 16, uma nova determinação pelo fechamento de atividades não essenciais será decretada e até mesmo um toque de recolher está sendo cogitado para os municípios que desrespeitarem as deliberações.

“Estou falando de atividades que geram aglomerações em lugares confinados, como cinemas, teatros, bares e restaurantes que tenham ambientes confinados. Não permitimos a abertura desses estabelecimentos em qualquer decreto estadual e inclusive temos usado forças policiais para tentar conter aglomerações nesses recintos. Inclusive, analiso a possibilidade de, se mantiver ao longo desta semana estas mesmas taxas, nós implementarmos o toque de recolher em todo o estado da Bahia para evitar o pior “, afirmou.

“Temos que fazer escolhas. Ou nós fechamos fábricas, comércios ou fechamos bares, restaurantes com ambientes confinados. Nós temos que escolher juntos. O que é melhor: chegar no colapso e fechar tudo ou escolher as atividades não essenciais? Eu entendo que, num momento em que está se morrendo tanta gente, não tem leito para todo mundo, ter um bar funcionando não é essencial. O que não é essencial acho que está no momento de fechar novamente para evitar o pior, evitar cenas de pessoas morrendo sem assistência médica

A Tarde

checkup day

mari marinho

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia