WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘_destaque3’

Baralho do Crime é atualizado com três foragidos

A Tarde

baralho

Três homens foragidos são as novas cartas dos naipes de ‘Ouros’ e ‘Espadas’ no Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA). Os novos alvos passam a compor a ferramenta com mandados de prisão por homicídio, tráfico de drogas e organização criminosa, nesta terça-feira, 18.

Conforme o SSP-BA, o suspeito de homicídio Alef Experidião da Silva passa a ser o representante do ‘Ás de Ouros’. Os crimes ligados a ele ocorreram no município de Mata de São João (a 61 km de Salvador).

Já Celso Gomes Carvalho Filho, o “Pito”, tem mandado de prisão pelos crimes de tráfico de drogas e organização criminosa. Atuante no bairro de Pernambués, em Salvador, ele ocupa a vaga de ‘Rei de Ouros’.

Luis Claudio Lefundes Guimarães, apelidado de “Lu Galinha”, é procurado por tráfico de entorpecentes e atua no bairro de Periperi, também em Salvador. Lu Galinha é o novo “dez de Espadas”.

Casos de Chikungunya crescem 344,8% na Bahia

dengue

Em meio à pandemia do novo coronavírus, os casos de Chikungunya, que vem registrando aumento em Salvador e na Bahia, segue preocupando as autoridades de saúde e assustando a população. Apenas este ano, 29.007 pessoas já foram infectadas, é o que mostra o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Se comparado com o mesmo período do ano passado, os casos da doença tiveram um aumento de 344,8%.

No boletim foram confirmadas, também, três mortes pela doença. O órgão ressalta, que não houve nenhum outro país, em todo o mundo, com mais casos de chikungunya que o Brasil. Ainda segundo a pasta, entre os mais de 40 mil casos no país, 41,5% das notificações foram registradas em nosso Estado. Só na capital baiana, a chikungunya atingiu 7.585 pessoas em 2020, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

A dona de casa Joana Britto, 38 anos, relatou sua experiencia com a doença. “Até hoje convivo com as dores. Faz quase um ano que tive a doença, mas parece que ainda estou com todos os sintomas. Tenho muitas dores nas mãos e não consigo fazer as atividades normais, que fazia antes. Os médicos explicam que preciso ter paciência, e que com o tempo as dores irão diminuir”, disse Joana.

De acordo com a infectologista Luciana Albuquerque, chikungunya não é, a priori, uma doença hospitalar e letal. “É uma doença febril aguda, com dores articulares em todo o corpo. A princípio, ela é autolimitada, mas pode se complicar e se tornar crônica, pois o vírus chikungunya fica dentro das articulações provocando um processo inflamatório local que vai exigir um tratamento médico com o uso de analgésicos mais potentes, anti-inflamatórios, corticoides e até imunossupressores”, explica a médica. :: LEIA MAIS »

Cidades do Oeste, Chapada e Sudoeste têm transporte suspenso; BA tem 347 sem serviço

Ficam sem transporte intermunicipal a partir desta quarta-feira (12) as cidades de Brejolândia, na Bacia do Rio Corrente, no Oeste; Iramaia e Itaetê, na Chapada Diamantina; Mulungu do Morro, no Centro Norte; Nova Itarana, no Vale do Jiquiriçá, e Pindaí, no Sertão Produtivo, no Suodeste.

347

A medida visa conter a propagação do novo coronavírus em território baiano. Com as seis cidades, a Bahia tem 347 municípios sem transporte intermunicipal, o que equivale a 83,2% dos 417 do estado. Segundo o decreto, transporte intermunicipal é qualquer coletivo público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

RETORNO

No mesmo decreto desta terça-feira (11), o governador Rui Costa autorizou o retorno do transporte intermunicipal nas cidades de Matina, na região do Velho Chico, Oeste baiano; Palmeiras, na Chapada Diamantina; e Ribeirão do Largo, no Sudoeste. A justificativa é que nesses municípios não ocorreram casos novos de Covid-19 nos últimos 14 dias. O tempo é considerado para a recuperação bem como para a não transmissão do coronavírus.

No último boletim da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) desta segunda-feira (10), a Bahia tinha ultrapassado a marca de quatro mil óbitos pelo novo coronavírus. Foram 4.011. Já o número de casos positivos da Covid-19 é de 194.097

Fonte: Bahia Notícias

Depois de 100 mil mortes, ministro interino da Saúde diz que governo apoia isolamento social

pazull

Após o Brasil superar a marca de 100 mil mortes em decorrência da Covid-19, o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, disse que o governo federal apoia o isolamento social. Essa declaração, feita durante a inauguração de uma nova unidade de processamento de testes de coronavírus na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, contraria o discurso e até as ações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que desde o início da pandemia no país se mostrou contrário às medidas de restrição adotadas por prefeitos e governadores.

 

“Medidas preventivas e afastamento social são medidas de gestão dos municípios e estados e nós apoiamos todas elas, porque quem sabe o que é necessário naquele momento precisa de apoio e nós apoiamos. Mas, fica a lembrança de que, independentemente da medida que se tome, tem que estar aliada à capacidade de triar e procurar se as pessoas estão ou não com sintomas, o tempo todo”, disse o ministro nesta segunda-feira (10), segundo informações do G1. :: LEIA MAIS »

BA tem 3.953 novos casos da Covid; total passa de 183 mil e mortes chegam a 3.789

corotewindows

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 3.953 novos casos da Covid-19 e 53 novas mortes por causa da doença, segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), na noite desta quinta-feira (6).

Com isso, o número de casos da doença confirmados no estado sobe para 183.690 e o de mortes para 3.789. De acordo com a Sesab, a taxa de crescimento no número de casos, nas últimas 24 horas, foi de 2,2% e 1,4% no de mortes.

São consideradas recuperadas 165.984 pessoas, e 13.917 estão com o vírus ativo, podendo transmiti-lo.

O primeiro caso do novo coronavírus na Bahia foi confirmado no dia 6 de março. Foi uma mulher de 34 anos, moradora de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 Km de Salvador, que voltou da Itália em 25 de fevereiro. No país europeu, ela teve passagens por Milão e Roma.

A primeira morte de uma pessoa infectada pelo vírus no estado ocorreu em março, quando a Bahia tinha 147 casos confirmados. O paciente era um homem de 74 anos, que estava internado em um hospital particular de Salvador. Ele estava entubado e em diálise contínua.

Os casos confirmados ocorreram em 411 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (33,49%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Almadina (4.154,47%), Dário Meira (4.005,60%), Gandu (3.647,81%), Itajuípe (3.596,70%) e Ipiaú (3.333,12%).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 360.125 casos descartados e 82.843 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta.

Na Bahia, 16.203 profissionais da saúde tiveram diagnóstico positivo para Covid-19, a maioria técnicos ou auxiliares de enfermagem.

O boletim completo está disponível no site da Secretaria de Saúde e também em uma plataforma disponibilizada pela Sesab. :: LEIA MAIS »

Em meio à pandemia, população também deve ficar em alerta para outras doenças, como H1N1

h1n1

Com a pandemia do novo coronavírus, todos estão atentos e preocupados com a Covid-19, doença provocada pelo vírus. Mas a população deve se manter atenta para o risco de outras infecções respiratórias que também matam, a exemplo da Influenza. Somente este ano, segundo dados da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), foram 231 casos de Influenza com 16 mortes até o final do mês de junho.

Na análise dos casos da doença, segundo a pasta, verificou-se o predomínio da circulação do vírus Influenza A do tipo H1N1 (60,8%), seguido pelo vírus Influenza B (15,3%). As regiões do estado com maior número de casos foram Salvador e Lauro de Freitas, na região metropolitana.

O índice é, contudo considerado baixo se os números forem comparados com os dados divulgados pela Sesab referentes ao ano de 2019. De janeiro a setembro, foram notificados 274 casos de Influenza, com 34 óbitos. Em 2018, no mesmo período, foram notificados 369 casos e 48 óbitos por Influenza, dentre eles Influenza A H1N1 (251 casos e 33 óbitos), Influenza A H3N2 Sazonal (45 casos e 05 óbitos), Influenza A não subtipável (13 casos e 01 óbito) e Influenza B (60 casos e 09 óbitos).

Para garantir a imunização da população contra esses vírus, Salvador segue em campanha de vacinação contra a Influenza. Iniciada em 23 de março, a ação segue até o final deste. De acordo com a Prefeitura, a estratégia imunizou 88,7% do público eletivo, com mais de 783 mil indivíduos vacinados. A meta é chegar a 90%.

A vacinação é a principal medida preventiva contra a doença. “Já estamos nos meses em que há maior incidência do vírus circulando pela cidade. Portanto, é importante que o público alvo, formado por pessoas mais vulneráveis, se dê conta da seriedade epidemiológica no país e busque a imunização”, disse a subcoordenadora de Doenças Imunopreveníveis da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Doiane Lemos. :: LEIA MAIS »

As auto escolas vão voltar: confira regras e condições para a retomada

auto

As auto escolas da Bahia estão há 140 dias sem um centavo sequer de receita. Para elas não teve delivery, não teve trabalho remoto, venda online, nada que fizesse o serviço ser adaptado ao distanciamento.

 Ao mesmo tempo, a procura pela primeira carteira aumentou por conta de jovens se lançando a trabalhar em aplicativos de delivery, por exemplo.

Só que no dia 10 de agosto, segunda-feira, todas as atividades de auto escolas serão liberadas – desde que siga um protocolo de saúde.

Fonte: Correio24h

‘Foi muito rápido, foi uma morte súbita’, diz filho de Jorge Portugal

jorge portugal

O professor e ex-secretário de Cultura da Bahia Jorge Portugal teve cinco paradas cardíacas a caminho do hospital, segundo contou o filho dele, o sociólogo Caetano Portugal. Jorge morreu na noite de ontem, no Hospital Geral Roberto Santos, após sofrer uma falência cardíaca aguda.

 “Muito rápido, foi uma morte súbita. Ele, por causa da insuficiência cardíaca, o sangue, os nutrientes não circularam pelo corpo. Isso acarretou uma falência do fígado, depois dos rins, ele ficou muito inchado, ele teve cinco paradas cardíacas no caminho de casa até o hospital, ainda chegou com vida, mas a fatalidade aconteceu”, contou Caetano.

Falando à TV Bahia, o filho de Jorge contou que o pai já tinha sofrido um AVC há dois anos e desde janeiro usava um marca-passo. “Desde então, vinha sofrendo insuficiência cardíaca. Esse é o motivo do falecimento dele”, diz. Caetano contou que sua mãe, Rita, esposa de Jorge, cuidou do marido como uma mãe.

“Minha mãe foi uma companheira pra além do casamento, ela foi uma parceira de trabalho e foi uma mãe também pra meu pai.  Ela cuidava dele com muito carinho, nos mínimos detalhes”, afirmou, dizendo que a mãe está desolada e agradecendo as mensagens de solidariedade que a família tem recebido desde ontem.

 Além de Caetano, Jorge deixa mais dois filhos, a atriz Bárbara Bela e o jornalista Thiago Dantas. O sepultamento do corpo de Jorge está marcado para 16h, na cidade de Santo Amaro, no Recôncavo, onde ele nasceu.

Além de ter sido professor de muita gente na Bahia, Jorge Portugal era também compositor, poeta e apresentador. Natural de Santo Amaro, no Recôncavo, Portugal era um compositor e letrista aclamado, com parcerias de sucesso com Roberto Mendes, em ‘Só Se Vê Na Bahia’, e com Raimundo Sodré, em ‘A Massa’.

Deixou a Secretaria da Cultura da Bahia em 2017, alegando questões pessoais e profissionais. Na TV, foi o idealizador e apresentador do programa “Aprovado”, exibido na TV Bahia.

Fonte: Correio24h

Barreiras: Médico é 27ª vítima da Covid-19; toque de recolher segue por mais 1 semana

IMAGEM_NOTICIA_5 (12)

Um médico de Barreiras, na Bacia do Rio Grande, Extremo Oeste baiano, veio a óbito neste domingo (2) e é a 27ª vítima da Covid-19 no município. Brancildes Olímpio do Espirito Santo Júnior tinha 63 anos, era médico hematologista e estava internado em Brasília (DF), quando veio a óbito. O profissional era esposo da também médica e vereadora Graça Melo. Por conta do fato, a prefeitura decretou luto oficial nesta segunda-feira (3). :: LEIA MAIS »

Itabuna: Prefeitura autoriza volta de shopping, academias e salões de beleza

itabuna 1

A prefeitura de Itabuna, no Sul baiano, autoriza a partir desta sexta-feira (31) o retorno do funcionamento do shopping da cidade, além de academias, salões de beleza e barbearias. A medida faz parte da terceira fase de flexibilização da economia local e saiu no diário municipal desta quinta-feira (30). As atividades estão liberadas para abrir de segunda a sexta e não devem promover liquidações que gerem aglomeração.

Pela medida, o funcionamento do shopping será das 11h às 19h; comércio, salões de beleza e barbearias das 9h às 18h; academias de 5h às 19h, e escritórios de advocacia das 7h às 18h com hora marcada. No decreto, a prefeitura afirmou que a flexibilização se dá no momento em que o Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães recebeu mais oito leitos exclusivos de UTI para Covid-19, o que amplia para 28 o número total destes.

Restaurantes também foram autorizados a voltar às atividades, com pratos a la carte [previstos no cardápio], sendo proibido o self service, e com distância de dois metros entre as mesas. Hotéis e pousadas também voltam nessa terceira fase, assim com as lanchonetes. Já os bares devem retomar o funcionamento na quarta fase.

No mesmo decreto desta quinta, a prefeitura manteve o toque de recolher, agora com horário reduzido, das 20h às 5h. O último boletim da Covid-19 em Itabuna desta quinta apontava um acumulado de 5.361 casos confirmados de novo coronavírus, sendo 2.913 casos ainda ativos. Destes, há ainda 25 internados em UTI; 54 internados em leito clínico. O município já registrou 118 óbitos em decorrência do coronavírus.

Fonte: Bahia Notícias

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia