WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘Brasil’

Pela primeira vez desde abril, Brasil mostra desaceleração no contágio do coronavírus

O Brasil deixou a zona vermelha pela primeira vez depois de 16 semanas consecutivas de taxa de transmissão acima de 1

Tribuna da Bahia, Salvador

corona

Pela primeira vez desde abril, o ritmo de transmissão da covid-19 está em desaceleração no Brasil. De acordo com dados do centro de controle de epidemias do Imperial College, a taxa de contágio (Rt) no país foi de 0,98, número que indica quantas pessoas são infectadas, em média, por cada paciente do novo coronavírus. Os dados foram verificados na semana que começou no domingo, 16.

:: LEIA MAIS »

Auxílio emergencial é pago para 5,6 milhões nesta sexta-feira

Uma nova parcela do Auxílio Emergencial será paga nesta sexta-feira (21), pela Caixa Econômica Federal (CEF) a 5,6 milhões de trabalhadores. Entre eles, estão trabalhadores do Bolsa Família, além dos que estão no Cadastro Único e os que se inscreveram no programa por meio do site ou do aplicativo.

Para o público do Bolsa Família, a quinta parcela do benefício começou a ser paga na terça (18), e segue até o dia 31 de agosto. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa.

Para os demais, a ajuda de R$ 600 será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados a partir de 12 de setembro

Blog da Resenha Geral

Polícia Federal publica norma que flexibiliza regras para porte e posse de arma de fogo

por Camila Mattoso | Folhapress

arma

A Polícia Federal publicou nesta quinta-feira (20) uma instrução normativa que flexibiliza as regras e procedimentos para posse e porte de arma de fogo no Brasil. Segundo a instituição, a instrução normativa 174 “desburocratiza o processo de armas”.

A instrução possibilitará que magistrados e membros do Ministério Público tenham a aptidão psicológica e a capacidade técnica de manusear armas atestadas pelas próprias instituições, por exemplo.

Além disso, a PF deixará de exigir documentos que já existam em seus sistemas, reduzindo os prazos para novos pedidos de posse e porte. Todo o processo passa a ser eletrônico, diz a instituição.

A instrução também adequa a Polícia Federal a decretos mais recentes sobre o tema. Amplia, por exemplo, o prazo de validade do registro de arma de fogo para 10 anos, mudança promovida por decreto de 2019 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Bolsonaro fala em ‘meio-termo’ entre R$ 200 e R$ 600 para prorrogar auxílio

Tribuna da Bahia, Salvador

auxílio

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (19) que o governo busca um “meio-termo” para estender o pagamento do auxílio-emergencial a desempregados e informais afetados pela pandemia do coronavírus. A ideia seria um valor entre os R$ 600 pagos atualmente e os R$ 200 defendidos nas últimas semanas.

“Os R$ 600 pesam muito para a União. Não é dinheiro do povo porque não está guardado, é endividamento. E se o país se endivida demais, acaba perdendo sua credibilidade para o futuro. Então, R$ 600 é muito”, declarou Bolsonaro.

“O Paulo Guedes ou alguém falou, na Economia, em R$ 200. Eu acho que é pouco, mas dá para chegar no meio-termo e nós buscarmos que ele venha a ser prorrogado por mais alguns meses, talvez até o fim do ano, de modo que nós consigamos sair desta situação, e fazendo com que os empregos formais e informais voltem à normalidade.”

Segundo Bolsonaro, o assunto foi tratado em um café da manhã nesta quinta com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no Palácio da Alvorada. O presidente da República não informou se Maia manifestou apoio à proposta.

Na terça (18), a jornalista do G1 e da TV Globo Andréia Sadi informou que parlamentares defenderam, em reunião de líderes no Senado, a aprovação de mais uma parcela de R$ 600 e uma de R$ 300. O auxílio, como aprovado atualmente, termina no fim deste mês.

A ideia da ala política, segundo o blog, é prorrogar o auxílio e, depois, iniciar a transição para o chamado Renda Brasil, uma espécie de Bolsa Família repaginado, mas que ainda não foi criado e precisa ser aprovado pelo Congresso.

Pedro Henrique Gomes e Roniara de Castilhos, G1 e TV Globo

Cleber, da dupla com Cauan, também contraiu coronavírus

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

dupla

Parceiro de Cauan, que está internado em estado grave após ter contraído coronavírus, Cleber revelou que também testou positivo para Covid-19. Em entrevista ao programa ‘Encontro com Fátima Bernardes’, exibido pela ‘Tv Globo’ nesta quinta-feira (20), o artista disse que não apresentou sintomas pela doença e que torce pela recuperação do amigo.
“Eu também fui contaminado mas fiquei assintomático”, afirmou Cleber sem dar muitos detalhes sobre quando contraiu a doença e a recuperação. Ele também comentou que o colega, Cauan, demorou para buscar atendimento médico.

“Parece um pesadelo para a gente. O Cauan é a alegria da dupla. Quando ele me falou que estava com febre, já estava no terceiro dia de febre. Mas ele estava tranquilo, achou que não fosse evoluir tanto”, afirmou o sertanejo. Cauan, de 38 anos, está internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

Sul do país registra temperaturas abaixo de zero e neve

frioCidades de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul registraram temperaturas abaixo de zero na madrugada desta sexta-feira, 21. Os termômetros marcaram -4º em alguns municípios e chegou a nevar em várias cidades dos dois estados.

Autoridades que pedem que turistas sem reservas não visitem os locais. Podendo haver risco de acidentes com gelo em estradas e de aglomeração de visitantes.

A queda na temperatura é provocada por uma massa de ar frio de origem polar que atua na região. Na internet, moradores compartilharam vídeos da neve na região.

A Tarde

Estudantes têm até quinta para participar da lista de espera do Prouni

Agência Brasil

prouni

Termina nesta quinta-feira, 20, o prazo para a inscrição na lista de espera do Programa Universidade para Todos (Prouni) para o 2º semestre deste ano. Os estudantes que não foram pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas regulares poderão manifestar o interesse em participar dessa última etapa de seleção.

A inscrição pode ser feita pela página do Prouni e o resultado será divulgado na próxima segunda-feira, 24. De acordo com o Ministério da Educação, a lista de espera será única para cada curso e turno, de cada local de oferta, ou seja, não haverá classificação por modalidade, como por cotas, por exemplo.

Pode participar da lista de espera, para o curso correspondente à primeira opção na inscrição, o candidato que não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares ou tenha sido pré-selecionado para a sua segunda opção de curso, mas por motivo de não formação de turma, tenha sido reprovado.

Já para participar da lista de espera para o curso correspondente à segunda opção na inscrição, os critérios são os seguintes: que o candidato não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares; nas hipóteses de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso, ou de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso; e, ainda, na situação de ter sido pré-selecionado para a primeira opção de curso, mas que por motivo de não formação de turma tenha sido reprovado.

Os estudantes da lista de espera que forem pré-selecionados para receber a bolsa devem comparecer às instituições de ensino até o dia 28 e entregar os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição. Quem perder o prazo ou não comprovar os dados será desclassificado.

Prouni

O Prouni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Nesta edição, 440,6 mil estudantes inscritos disputaram 167,7 mil bolsas em 1.061 instituições.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Podem participar estudantes brasileiros que não possuam diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

Parcelas 4 e 5: confira o calendário completo do Auxílio Emergencial

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

auxílio

O Governo Federal definiu o calendário de pagamento da quarta e da quinta parcelas do Auxílio Emergencial, conforme portaria publicada nesta sexta-feira (17.07) no Diário Oficial da União (DOU). As datas são para as pessoas que fazem parte do grupo do Cadastro Único e dos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, contribuintes individuais do INSS, autônomos e desempregados. As parcelas serão pagas com valor integral, uma em julho e agosto, conforme o mês de nascimento do beneficiário, e a outra em agosto e setembro, seguindo a mesma lógica.

Os integrantes do Programa Bolsa Família (PBF) receberão as remessas 4 e 5 do Auxílio Emergencial, conforme o calendário habitual do programa. Os pagamentos começaram no dia 20 de julho.

O crédito para os demais grupos é dividido em lotes, conforme o cronograma de cadastro das pessoas no aplicativo ou site da Caixa. Apenas os beneficiários que estão no Lote 1 – os primeiros a receberem o Auxílio Emergencial, já em abril – terão a quarta parcela depositada em julho ou agosto. No entanto, o calendário é o mesmo para grupos que estão em etapas distintas dos pagamentos. São outras três situações:

– Quem recebeu o primeiro pagamento em maio agora terá a terceira parcela depositada;

 – Quem recebeu a primeira parcela em junho e até 4 de julho (que nos pagamentos seguintes formam um único bloco de junho) terá a segunda parcela na conta;

– Quem se cadastrou entre 17 de junho e 2 de julho receberá a primeira parcela.

São 3,8 milhões de cidadãos nascidos em janeiro, considerando todos os lotes, que terão os valores de R$ 600 ou R$ 1.200 transferidos para a Conta Social Digital na quarta-feira (22.07). Na sexta-feira (24.07), serão mais 3,5 milhões de pessoas, nascidas em fevereiro, que receberão o Auxílio Emergencial. No total, são quase 46 milhões de cidadãos recebendo o benefício por esse cronograma.

Votação do projeto que aumenta validade da carteira de motorista é adiada

A Tarde

cnh

Foi retirado de pauta o projeto que amplia para 10 anos a validade da carteira de motorista. A votação estava prevista para a sessão remota na terça-feira, 18. Por 39 votos a 31, porém, os senadores decidiram adiar a votação da matéria .

Os senadores não entraram em consenso sobre a votação remota do projeto, que faz uma série de alterações no Código de Trânsito Brasileiro. Vários senadores afirmaram que não houve tempo para o debate da matéria no Senado, além de o projeto não ser urgente e não ter consenso entre as lideranças partidárias.

Já outros senadores cobraram a votação, como parte de um acordo, e apontaram que o projeto ajuda a modernizar a legislação de trânsito. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), admitiu o impasse e decidiu colocar a retirada da matéria para a decisão do Plenário.

Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado

correios

Contra a privatização dos Correios, funcionários da estatal em todo o Brasil entraram em greve na noite dessa segunda-feira (17). Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), a paralisação não tem prazo para encerrar.

Entre as queixas, a entidade reclama de “negligência com a saúde dos trabalhadores” na pandemia, pede que os direitos trabalhistas sejam garantidos e declara que foi surpreendida com a revogação do Acordo Coletivo, que estaria vigente até 2021. Segundo informações do G1, a Fentect aponta que desde julho os sindicatos buscam diálogo com a direção da empresas, mas nada aconteceu.

“Foram retiradas 70 cláusulas com direitos como 30% do adicional de risco, vale alimentação, licença maternidade de 180 dias, auxílio creche, indenização de morte, auxílio para filhos com necessidades especiais, pagamento de adicional noturno e horas extras”, diz a federação.

Além disso, eles protestam contra “o aumento da participação dos trabalhadores no Plano de Saúde”, o que avaliam que vá gerar grande evasão a partir do descaso e negligência com a saúde e a vida dos funcionários durante a pandemia.

“O governo Bolsonaro busca a qualquer custo vender um dos grandes patrimônios dos brasileiros, os Correios. Somos responsáveis por um dos serviços essenciais do país, que conta com lucro comprovado, e com áreas como atendimento ao e-commerce que cresce vertiginosamente e funciona como importante meio para alavancar a economia. Privatizar é impedir que milhares de pessoas possam ter acesso a esse serviço nos rincões desse país, de norte a sul, com custo muito inferior aos aplicados por outras empresas”, aponta o secretário-geral da entidade, José Rivaldo da Silva.

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia