WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
afrojapa

sindy mega radio

iris calcados
janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Brasil’

Fátima Bernardes passa bem após cirurgia para retirar câncer no útero

Fátima Bernardes passa bem após cirurgia para retirar câncer no útero

Foto: Reprodução/ Instagram @fatimabernardes

A apresentadora Fátima Bernardes, 58, foi submetida a uma cirurgia para retirar câncer no útero, nesse domingo (6). Como relatado pela apresentadora Poliana Abritta, no Fantástico, a titular do Encontro tinha um câncer de endométrio (corpo do útero) e passa bem.

Após anunciar, na última quarta-feira (2), que recebeu diagnóstico de câncer de útero em estágio inicial, Fátima havia compartilhado nas redes sociais que passaria por cirurgia, e que por isso ficaria afastada por alguns dias do trabalho.

Bia Bonemer, uma das filhas da apresentadora, publicou uma emocionante declaração para Fátima no Instagram. O post traz uma reflexão sobre a luta da mãe contra o câncer na última semana.

“Desde que recebi a notícia, há apenas quatro dias atrás, eu não tive medo. Não tive porque em nenhum momento eu cheguei perto de duvidar de que tudo daria certo. Talvez porque sua coragem e segurança são tão fortes que podemos sentir de longe. Ou também porque, assim como na história, você bate de frente com o medo, enxergando-o como um desafio”, diz um trecho da mensagem.

“E é isso que vai ser: mais um desafio que você vai encarar com força e maestria. Tenho certeza de que daqui a pouco isso vai estar no passado e que terá sido mais uma etapa vencida”, escreveu Bia, certa da recuperação da mãe. O texto acompanha uma foto de Fátima segurando algumas bexigas.

Globo cancela transmissão do Virada Salvador com Ivete e Gusttavo Lima, diz coluna

Globo cancela transmissão do Virada Salvador com Ivete e Gusttavo Lima, diz coluna

Foto: Jade Coelho/ Bahia Notícias

A TV Globo cancelou a transmissão que faria do festival Virada Salvador na noite de Réveillon. Ela seria uma das emissoras a exibir os shows de Ivete Sangalo e Gusttavo Lima, segundo anunciado pela prefeitura da capital baiana.

“Com os crescentes casos de Covid em todo o país e as restrições anunciadas pelo Governo do Estado da Bahia, a empresa avaliou a conveniência do deslocamento de equipes do Rio de Janeiro para Salvador para a produção de uma transmissão em rede, ao vivo e multiplataforma (TV Globo e Multishow), e optou por cancelar a exibição do show do Réveillon para preservar a saúde dos profissionais”, disse a emissora em nota enviada à coluna de Cristina Padiglione, na Folha de S. Paulo.

Dessa forma, neste ano não haverá o tradicional Show da Virada com transmissão a nível nacional. Em todos os anos, a emissora apresenta um especial gravado, com participação de diversos artistas. Mas, com as mudanças provocadas pela pandemia, ela havia firmado um acordo para exibir o evento ao vivo da Prefeitura de Salvador, que foi reduzido em números de dias e atrações para se ajustar ao momento de pandemia.

A coluna diz ainda que, por ora, o show será transmitido apenas para a Bahia. O Bahia Notícias procurou a Prefeitura de Salvador e a Empresa Salvador Turismo (Saltur) para saber mais detalhes sobre a situação, mas não obteve retorno até o momento. Uma coletiva de imprensa para o anúncio de medidas contra a Covid-19 que seria realizada nesta manhã foi adiada para o turno da tarde.

 Além da Globo e do Multishow, a Band também foi anunciada como transmissora da festa que será no Forte São Marcelo, sem a presença de público (saiba mais aqui). (Atualizada às 9h26)

Com covid-19, Marieta Severo é internada por pneumonia no Rio

A previsão é de que a artista fique internada por uma semana

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

 – Atualizada em 
marieta
Depois de testar positivo para a Covid-19, Marieta Severo, 74 anos, foi internada com um quadro de pneumonia. De acordo com informações da assessoria de imprensa da atriz, ela foi hospitalizada “por precaução e segurança, devido à idade”. A previsão é de que a artista fique internada por uma semana.
A atriz deu entrada em um hospital localizado em Copacabana, no Rio de Janeiro, na última sexta-feira (4). Conforme o G1, a estrela estava com sintomas leves, como dor de cabeça e febre.

Governo vai enviar SMS para quem recebeu auxílio emergencial indevidamente

A Tarde

auxilio-1
Medida deve começar a partir do próximo fim de semana
Foto: Ilustrativa | Freepik

Mais de 2,6 milhões de pessoas que receberam auxílio emergencial indevidamente deverão receber, ainda este mês, um SMS do governo federal. A medida, que deve começar a partir do próximo fim de semana, tem como objetivo incentivar a devolução do benefício aos cofres públicos.

Ao todo, aproximadamente 4,8 milhões de mensagens de celular estão previstas para serem enviadas pelo Ministério da Cidadania “considerando a possibilidade do órgão enviar uma mensagem de reforço para o público que não proceder com a devolução após o recebimento da 1ª SMS”, segundo informações do G1.

Conforme a publicação, se cada um desses beneficiários acionados devolvesse, ao menos, uma parcela de R$ 600, o governo poderia reaver R$ 1,57 bilhão. O Ministério da Cidadania ainda aguarda a lista de contatos telefônicos. Os envios devem custar R$ 162 mil.

Em novembro, uma lista de beneficiários irregulares foi divulgada e incluía pessoas com CPFs irregulares, rendimentos acima do limite, cargos eletivos, militares e servidores públicos.

O recebimento indevido do auxílio emergencial pode acarretar em infração prevista no art. 2º da Lei n.º 13.982/2020, segundo o Ministério da Cidadania.

Beneficiários do Bolsa Família passarão a receber por poupança digital

Fonte: Brasil 61

A partir de dezembro, o pagamento aos beneficiários do Programa Bolsa Família será realizado por meio da Conta Poupança Social Digital. Segundo a Caixa Econômica Federal, mais de 9 milhões de pessoas que ainda não possuem nenhuma conta bancária poderão receber o benefício por meio de crédito na conta digital, sacar com o cartão Bolsa Família e movimentar os valores pelo aplicativo CAIXA Tem.

A modalidade permitirá também que o beneficiário tenha conta bancária sem obrigatoriedade de saque integral das parcelas. A abertura das contas será feita de forma automática e escalonada pela Caixa sem a necessidade de apresentação de documentos ou comparecimento às agências.

A abertura das contas será feita de forma escalonada. Os primeiros a receber os recursos com os serviços da Conta Poupança Social Digital serão os beneficiários de NIS com final 9 e 0, seguindo a data de crédito regular do Programa.

Confira o calendário:

·  Beneficiários com NIS final 6, 7 e 8 receberão em janeiro (2,25 milhões de pessoas)

·   Beneficiários com NIS final 3, 4 e 5 receberão em fevereiro (2,25 milhões de pessoas)

·  Beneficiários com NIS final 1, 2 e Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares e outros) receberão em março (3 milhões de pessoas)

Documentos mostram que China escondeu casos de Covid, diz CNN por Folhapress

Foto: Reprodução/Pixabay

corona virus

Criticada pela condução do início da crise da Covid-19, que já infectou mais de 63 milhões de pessoas no mundo, a China escondeu informações sobre o avanço da doença e acumulou erros de gestão, segundo documentos confidenciais do Centro Provincial de Controle e Prevenção de Doenças de Hubei, obtidos pela rede americana CNN.
O vírus foi identificado ainda no fim de 2019 em Wuhan, na província de Hubei – e a Organização Mundial da Saúde foi notificada em 31 de dezembro sobre vários casos de pneumonia. Os documentos, que cobrem um período incompleto entre outubro de 2019 e abril deste ano, foram revelados por uma pessoa que trabalhou no sistema de saúde chinês e que pediu que seu nome não fosse revelado.

Ainda não está claro por que artigos específicos foram selecionados ou como a fonte obteve os papéis. As informações foram verificadas por seis especialistas que examinaram a veracidade de seu conteúdo.

O material mostra a discrepância nos números oficiais: no dia 10 de fevereiro, por exemplo, as autoridades chinesas relataram 2.478 novos casos confirmados –elevando o número global total para mais de 40 mil, com menos de 400 casos ocorrendo fora da China continental. De acordo com a CNN, entretanto, o relatório lista um total de 5.918 novos casos detectados.

Os documentos revelam problemas que ultrapassam a questão falta de transparência. As falhas no controle da pandemia passam pelo excesso de burocracia do sistema de saúde, falta de equipamentos e lentidão no monitoramento dos casos.

Um levantamento realizado no início de março diz que o tempo médio entre os primeiros sintomas e o diagnóstico confirmado era de 23,3 dias.

A CNN afirma que entrou em contato com o Ministério das Relações Exteriores da China e a Comissão Nacional de Saúde, bem como a Comissão de Saúde de Hubei, que supervisiona o CDC provincial, para comentar as descobertas dos documentos, mas não obteve resposta.

Esta terça-feira (1º) marca um ano desde que o primeiro paciente conhecido apresentou sintomas da doença em Wuhan, segundo estudo publicado no jornal médico Lancet. Naquele momento, a China lidava com um significativo surto de gripe, que registrou um número de infectados 20 vezes maior quando comparado com o ano anterior. O então desconhecido coronavírus encontrou um sistema de saúde já sobrecarregado pela influenza. “‹

O surto de gripe não era só em Wuhan e alcançou cidades vizinhas. Os documentos não esclarecem qual terá sido o impacto ou a conexão do pico de influenza no surto de Covid-19, mas mostram que esse aumento de casos de gripe nunca chegou a ser divulgado pelas autoridades. Desde o início da crise sanitária, a China tem sido criticada pela condução dos primeiros momentos da pandemia.

Um estudo de pesquisadores da Imperial College de Londres e publicado ainda em janeiro estima que, àquela altura, Wuhan tivesse cerca de 1.723 casos, contra os 198 informados pelo governo. Os casos estimados pelos cientistas são apenas aqueles em que há manifestação de sintomas graves e que requerem hospitalização. A estimativa levou em consideração dados obtidos até o dia 12 de janeiro.

O New York Times também já tinha mostrado que as autoridades chinesas haviam colocado o segredo e a ordem acima do combate aberto à crise.

Uma reconstrução das primeiras sete e cruciais semanas entre o surgimento dos primeiros sintomas, no começo de dezembro, e a decisão do governo de bloquear o acesso a Wuhan, baseada em duas entrevistas com moradores da cidade, médicos e autoridades, declarações do governo e reportagens na mídia chinesa, revela decisões que retardaram uma ofensiva coordenada de saúde pública contra o surto.

Nas semanas em questão, as autoridades silenciaram médicos e outras pessoas que tentavam alertar sobre a doença. Minimizaram os riscos para o público, impedindo que os 11 milhões de moradores da cidade soubessem que precisavam se proteger. O mercado de comida no qual o vírus supostamente tinha surgido foi fechado, mas as autoridades não proibiram a venda de animais em outros locais.

Sua relutância em adotar medidas públicas se devia em parte a motivos políticos, já que as autoridades locais e nacionais estavam se preparando para seus congressos anuais em janeiro. Enquanto o número de casos subia, as autoridades ainda assim declaravam repetidamente que era provável que não tivessem surgido novas infecções.

Ao não agir agressivamente para alertar o público e os médicos, dizem especialistas em saúde pública, o governo chinês perdeu uma de suas melhores oportunidades de impedir que a doença se tornasse epidemia.

 

 

 

Conta de luz terá taxa extra a partir desta terça e ficará mais cara

Tribuna da Bahia, Salvador
01/12/2020 06:30 | Atualizado há 4 horas e 11 minutos

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta segunda-feira (30) que haverá cobrança extra na conta de luz dos consumidores a partir desta terça (1º).

Em reunião extraordinária, a Aneel decidiu que será cobrada a bandeira vermelha patamar 2, cujo valor é o maior no sistema de bandeiras da agência.

Com isso, a cobrança extra será de R$ 6,24 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Em 26 maio, a Aneel havia anunciado que não haveria cobrança extra na conta de luz até 31 de dezembro deste ano, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Na reunião desta segunda-feira, contudo, a agência decidiu revogar a decisão e aplicar a bandeira vermelha patamar 2.

Bandeiras tarifárias — Foto: Juliane Monteiro/Arte G1

Bandeiras tarifárias — Foto: Juliane Monteiro/Arte G1

Motivo da cobrança extra

Segundo o relator da proposta, Efrain Pereira da Cruz, o despacho de maio foi revogado porque o Brasil voltou aos patamares de consumo anteriores ao início da pandemia.

No entanto, conforme a Aneel, a oferta de energia está comprometida em razão dos baixos níveis dos reservatórios. Desta forma, o mecanismo da bandeira voltou a ser necessário no entendimento do órgão.

“Essa condição de oferta adversa, somada à tendência de recuperação de carga da energia aos patamares pré-crise, são indícios concretos de que o mecanismo das bandeiras já merece ser restabelecido e a curto prazo”, afirmou o relator.

Acionamento de térmicas

Em outubro, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) autorizou o acionamento de termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. A medida costuma ser adotada quando o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas está abaixo do recomendado.

Só que a energia gerada por térmicas sai mais cara para o consumidor. O diretor-geral da Aneel, André Pepitone, defende que a alternativa seja economizar:

“É importante dar um sinal ao consumidor de que a geração no país está cara pelo fato de estar sendo atendida por termelétricas, então é importante para o consumidor evitar desperdício de água e de energia”, disse Pepitone.

Ana Paula Castro, TV Globo

Detran-BA divulga novos prazos para CNH e outros serviços

Testemunha afirma que Flordelis realizava rituais de magia oculta em “quarto de oração”

A Tarde

flor

Em depoimento concedido à polícia, na última semana, uma das testemunhas no processo sobre o homicídio do pastor Anderson do Carmo, afirmou que a deputada Flordelis, ré no caso, tinha objetos de magia e realizava rituais ocultos em sua casam, em Pendotiba, Nitéroi. As informações são do site Extra.

Segundo a empresária Regiane Ramos, o material utilizado nas cerimônias foi retirado do local, por Carlos Ubiraci, um dos filhos de Flordelis, antes das investigações sobre a morte de Anderson.

“Só algumas pessoas podiam entrar nesses rituais. São (rituais) para acabar casamento, fazer as pessoas ficarem cada vez mais grudadas a ela. Eles não são evangélicos”, conta. Ainda de acordo com Ramos, a escolha pela religião evangélica foi pensando apenas no retorno financeiro. “Era a que dava dinheiro”, completa.

Outra testemunha no caso, Wagner de Andrade Pimenta, o Misael, um dos filhos adotivos da suspeita, também contou que alimentos eram utilizados nas reuniões, que ocorriam há muito tempo.

“Ela pegava nomes de pessoas que queria que se aproximassem da família e fazia a preparação. Tinha mel, açúcar e alguidar. Havia orações, pedidos para Deus, mas aquilo não era normal no meio evangélico”, relata.

 

Caixa libera auxílio emergencial para nascidos em junho

Os beneficiários do auxílio emergencial nascidos em junho, recebem nesta segunda-feira (30), mais uma parcela de R$ 600 ou R$ 300. Bem como, contemplados do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) terminado em 0 adquirem a oitava parcela do benefício.

O pagamento faz parte do ciclo 5 e é válido para inscritos via Cadastro Único, aplicativo ou site da Caixa.

Para quem entrou no início do programa, esta é a oitava parcela do benefício, sendo a terceira parcela do auxílio residual de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefe de família). Quem ainda não recebeu as cinco primeiras parcelas, adquire hoje depósito de R$ 600 (ou R$ 1200 para mães chefe de família).

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia