WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Economia’

Caixa credita auxílio a 7,9 milhões de trabalhadores nesta sexta

auxilio-1

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita nesta sexta-feira (22) novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril. Ao todo, o benefício será pago a 7,9 milhões de trabalhadores, segundo o banco.

A segunda parcela, será paga a 5,3 milhões de trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram através do aplicativo e do site, e que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em maio e junho; 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 5. :: LEIA MAIS »

Pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial começa nesta segunda-feira (18)

Confira o calendário completo de pagamentos

caixa

A segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 começa a ser pago a partir desta segunda-feira (18) pela Caixa. De acordo com o G1 Bahia, o calendário da segunda parcela vale apenas para quem recebeu a primeira até 30 de abril.

Os beneficiários do Bolsa Família cujo NIS é terminado em 1, serão os primeiros a receber o auxílio. Já a partir desta terça-feira (19), serão pagos os recursos aos beneficiários do bolsa com NIS terminado em 2.

Segundo ainda o G1 BA, os trabalhadores que estão no Cadastro Único e não recebem o Bolsa Família, além do que se inscreveram no auxilio emergencial através do site ou aplicativo, começam a receber o dinheiro a partir de quarta-feira (20).

O governo não informou quando vai pagar a segunda parcela para quem receber a primeira depois desta data.

  • Ao todo, serão três calendários de pagamento do auxílio emergencial: um para depósito em poupança social; um para saque em espécie para beneficiários do Bolsa Família e um para saque em espécie para poupança social e transferência de recursos.

Os trabalhadores que não recebem o Bolsa Família, desta vez poderão receber o auxílio na poupança social digital da Caixa. Esses recursos serão permitido usar apenas digitalmente (para pagamentos de contas, boletos e compras por meio de cartão de débito virtual).

 Tanto saque quanto transferência do auxílio para outras contas só poderá ser feito mais tarde para quem recebeu a primeira parcela em outra conta. O dinheiro será transferido automaticamente na mesma data de liberação para saque.

Calendários de pagamento da segunda parcela do auxílio:

Bolsa Família

18/05 – NIS de final 1
19/05 – NIS de final 2
20/05 – NIS de final 3
21/05 – NIS de final 4
22/05 – NIS de final 5
25/05 – NIS de final 6
26/05 – NIS de final 7
27/05 – NIS de final 8
28/05 – NIS de final 9
29/05 – NIS de final 0

Demais beneficiários (depósito)

20/05 – nascidos em janeiro e fevereiro
21/05 – nascidos em março e abril
22/05 – nascidos em maio e junho
23/05 – nascidos em julho e agosto
25/05 – nascidos em setembro e outubro
26/05 – nascidos em novembro e dezembro

Demais beneficiários (saque em dinheiro)

30/05 – nascidos em janeiro
1/06 – nascidos em fevereiro
2/06 – nascidos em março
3/06 – nascidos em abril
4/06 – nascidos em maio
5/06 – nascidos em junho
6/06 – nascidos em julho
8/06 – nascidos em agosto
9/06 – nascidos em setembro
10/06 – nascidos em outubro
12/06 – nascidos em novembro
13/06 – nascidos em dezembro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Auxílio emergencial não sacado de conta digital voltará para o governo

auxilio-1

O auxílio emergencial de R$ 600 e a compensação para trabalhadores com contratos suspensos ou reduzidos pagos por meio de contas digitais da Caixa Econômica Federal voltarão ao governo, se não forem sacados em 90 dias. O retorno automático ao Tesouro Nacional consta das regulamentações dos dois benefícios publicadas neste mês pelo Ministério da Economia.

Segundo o Ministério da Economia, o beneficiário poderá retirar o dinheiro mesmo depois de os recursos voltarem ao Tesouro Nacional. De acordo com a pasta, as leis que instituíram o auxílio emergencial de R$ 600 e o benefício emergencial (BEM) garantem o direito ao recebimento de quem teve o cadastro aprovado, dispensando a necessidade de uma nova regulamentação.

O retorno automático aos cofres do governo vale apenas para os benefícios depositados nas contas poupança digital da Caixa. Recebe por essa modalidade quem não tem conta em banco ou quem tiver optado por esse canal na hora de pedir o dinheiro.

Blog da Resenha geral

Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial sai na próxima semana

Tribuna da Bahia, Salvador

5eb355f79e469_Pedro-Guimaraes-presidente caixa

O calendário para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 sai na próxima semana. A informação foi dada ontem (1º) pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, durante videoconferência para apresentar balanço do pagamento da primeira parcela.

:: LEIA MAIS »

Bolsa de valores do Brasil cai 10% e interrompe negócios

bols

A B3, principal índice da bolsa de valores do Brasil, precisou interromper os negócios após cair 10% minutos após abrir, nesta segunda-feira (9). Os mercados globais vivem dia de pânico após o preços do petróleo desabarem, o que acentuou o temor de recessão mundial.

Às 10h32, o Ibovespa caía 10,02%, a 88.178 pontos, quando os negócios foram interrompidos, após um mecanismo chamado de “circuit breaker” ter sido acionado automaticamente. Esta ferramenta é usada quando a queda passa de 10%. Com ela, as negociações de papéis na bolsa são interrompidas por 30 minutos. :: LEIA MAIS »

Governo Bolsonaro concede apenas 3% do Bolsa Família ao Nordeste

bolsa-familia-1547843489457_300x168

A Região Nordeste concentra 36,8% das famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza, que são beneficiadas com o programa Bolsa Família, do Governo Federal. Apesar disso, o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) priorizou o Sul e o Sudeste na concessão de novos benefícios do programa no mês de janeiro.

De acordo com dados do Ministério da Cidadania ao Congresso, o Nordeste recebeu 3% dos novos benefícios. enquanto o Sul e o Sudeste responderam por 75% das novas concessões. Só para efeito comparativo, o número de novos benefícios concedidos em Santa Catarina, que tem população oito vezes menor do que a do Nordeste e é governada por Carlos Moisés (PSL), foi o dobro do repassado à região nordestina inteira, cujos governadores são da oposição.

Nas eleições de 2018, a Região Nordeste foi a única que votou majoritariamente no candidato Fernando Haddad (PT). No segundo turno, o petista teve 69,7% dos votos válidos, contra 30,3% de Bolsonaro. Nas demais regiões, o atual presidente foi o vencedor. No Sul, conseguiu a maior vantagem: 68,3% ante 31,7% de Haddad.

Fonte: A Tarde

Limite de juros para cheque especial começa a valer hoje

Agência Brasil

dinheiro 2

Modalidade de crédito com taxas que quadruplicam uma dívida em 12 meses, o cheque especial terá juros limitados a partir desta segunda-feira, 6. Os bancos não poderão cobrar taxas superiores a 8% ao mês, o equivalente a 151,8% ao ano.

A limitação dos juros do cheque especial foi decidida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no fim de novembro. Os juros do cheque especial encerraram novembro em 12,4% ao mês, o que equivale a 306,6% ao ano.

Ao divulgar a medida, o Banco Central (BC) explicou que o teto de juros pretende tornar o cheque especial mais eficiente e menos regressivo (menos prejudicial para a população mais pobre). Para a autoridade monetária, as mudanças no cheque especial corrigirão falhas de mercado nessa modalidade de crédito.

Conforme o BC, a regulamentação de linhas emergenciais de crédito existe tanto em economias avançadas como em outros países emergentes. Segundo a autoridade monetária, o sistema antigo do cheque especial, com taxas livres, não favorecia a competição entre os bancos. Isso porque a modalidade é pouco sensível aos juros, sem mudar o comportamento dos clientes mesmo quando as taxas cobradas sobem.

Tarifa

Para financiar em parte a queda dos juros do cheque especial, o CMN autorizou as instituições financeiras a cobrar, a partir de 1º de junho, tarifa de quem tem limite do cheque especial maior que R$ 500 por mês. Equivalente a 0,25% do limite que exceder R$ 500, a tarifa será descontada do valor devido em juros do cheque especial.

Cada cliente terá, a princípio, um limite pré-aprovado de R$ 500 por mês para o cheque especial sem pagar tarifa. Se o cliente pedir mais que esse limite, a tarifa incidirá sobre o valor excedente. O CMN determinou que os bancos comuniquem a cobrança ao cliente com 30 dias de antecedência.

Caixa renegocia dívidas com até 90% de desconto até 31 de dezembro

caixa12

Agência O Globo

A Caixa Econômica irá fazer o programa de renegociação de dívidas, “Você no Azul”, até o dia 31 de dezembro. Clientes podem regularizar débitos com atraso de mais de 360 dias com até 90% de desconto no pagamento à vista.

Desde o início da campanha, em maio deste ano, já foram liquidados mais de 583 mil contratos, totalizando R$ 3,54 bilhões em dívidas quitadas.

A Caixa vai oferecer condições especiais. No crédito comercial, o banco permite unificar os contratos em atraso e parcelar a dívida em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer, ou ainda efetuar a repactuação de dívida, com possibilidade de aumento do prazo.

Já para os contratos habitacionais, os clientes podem pagar uma entrada e incorporar as demais parcelas em atraso, realizar acordo com um pagamento inicial ou utilizar o saldo do FGTS para reduzir em até 80% o valor de 12 prestações (inclusive até três prestações atrasadas). As condições variam de acordo com as características do contrato e tipo de operação.

 Onde fazer a negociação:
Além das agências, os clientes poderão ser atendidos por meio dos sites www.caixa.gov.br/vocenoazul e www.negociardividas.caixa.gov.br , pelo telefone 0800 726 8068 opção 8, nos perfis da CAIXA no Facebook (facebook.com/caixa), Twitter (twitter.com/caixa), nos caminhões “Você no Azul”, além das agências. Para dívidas relativas a financiamentos de imóveis, os clientes contam ainda com a possibilidade de renegociação pelo serviço Habitação na Mão do Cliente, nos telefones 3004-1105 (capitais), opção 7, ou 0800 726 0505 (demais cidades).

FGTS: Caixa abre duas horas mais cedo para saque imediato de nascidos em junho e julho

fgts

Os trabalhadores nascidos em junho e julho poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir desta sexta-feira (dia 22). De acordo com a Caixa Econômica Federal, nesta nova etapa do calendário do saque imediato ou emergencial, serão beneficiados mais de 8,7 milhões de trabalhadores, com R$ 3,3 bilhões.

O Senado aprovou aumento do limite de saque imediato que poderá subir de R$ 500 para R$ 998, mas apenas para quem tinha até um salário mínimo nacional na conta vinculada na data da edição da Medida Provisória (MP) 889/2019, que autorizou o saque (24 de julho de 2019). O texto alterado, no entanto, ainda depende de sanção presidencial. :: LEIA MAIS »

Pagamento do 13º do Bolsa Família está garantido, diz porta-voz

Pedro Rafael Vilela | Agência Brasil

 

O pbolsa-familia-1547843489457_300x168orta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta quarta-feira, 20, que o pagamento do benefício extra do Bolsa Família, a ser creditado em dezembro, está totalmente garantido.

“Eu conversei com o ministro Osmar Terra [Cidadania], ele esclareceu algumas informações equivocadas em relação ao pagamento do 13º. Os recursos financeiros existentes são suficientes para arcar com os pagamentos que têm início previsto para 11 de dezembro”, disse Rêgo Barros. O porta-voz disse que o próprio Ministério da Cidadania poderia esclarecer a fonte dos recursos. Caso a reserva do programa Bolsa Família seja insuficiente, o próprio ministério pode remanejar dinheiro de outras áreas.

A declaração foi em resposta à uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que apontou insuficiência de recursos na dotação orçamentária do programa, que é vinculado ao Ministério da Cidadania. Mais cedo, em sua conta no Twitter, o presidente Bolsonaro classificou a reportagem como mentira e fake news.

Promessa de campanha eleitoral de Bolsonaro, o pagamento da 13ª parcela do Bolsa Família a todos os beneficiários do programa foi anunciada em outubro, com a edição da Medida Provisória (MP) Nº 898. O adicional totaliza uma injeção extra de R$ 2,58 bilhões na economia.

O Bolsa Família atende atualmente cerca de 13,5 milhões de famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por membro. O benefício médio pago a cada família é de R$ 189,21.

checkup day

mg personal


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia