WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Educação’

MEC abre inscrições para seleção de bolsistas do ProUni

Agência Brasil

prouni21

Interessados em participar da primeira seleção de bolsistas do Programa Universidade Para Todos (ProUni) podem se inscrever a partir desta terça-feira, 12, até a próxima sexta-feira. 15.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), as instituições particulares de ensino superior que participam do programa oferecerão 162.022 bolsas de estudo, sendo 76.855 integrais e 85.167 parciais, com 50% de desconto sobre o valor do curso.

A relação das instituições e dos cursos disponíveis pode ser consultada na página do programa na internet. Também é possível pesquisar as opções ofertadas por cidades e por tipo de bolsa (integral e parcial), modalidade (presencial e a distância).

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar que sua renda familiar bruta mensal não excede 1,5 salário mínimo (R$ 1.650) por pessoa. Para as bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa (R$ 3.300). O candidato também precisa ter feito a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não ter tirado nota zero na redação.

Além disso, o interessado deve ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede privada, desde que na condição de bolsista integral da respectiva instituição. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa – e, nesse caso, não se aplica o limite de renda exigido dos demais candidatos.

Como o resultado do Enem de 2020 só será divulgado após o término do processo seletivo, neste semestre, excepcionalmente, os interessados serão selecionados de acordo com as notas do Enem de 2019.

De acordo com o MEC, os estados com os maiores números de bolsas ofertadas são São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Atual comportamento da pandemia impede realização do Enem, defende Vilas-Boas

Atual comportamento da pandemia impede realização do Enem, defende Vilas-Boas

Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Com a proximidade da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para os próximos dois domingos (17 e 24), a pressão para adiamento da prova aumenta. Estados brasileiros estão em meio ao agravamento da pandemia da Covid-19, com altos índices de novos casos, mortes e internações. Nesta terça-feira (12), o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, usou as redes sociais para apoiar o movimento que pede um novo adiamento das provas. 

O Enem acontecerá presencialmente, apesar da pressão de entidades médicas, políticos, associações científicas e estudantes por uma nova mudança na data das provas. 

Inicialmente o Enem estava agendado para novembro de 2020.

O titular da Sesab fez uma publicação no Twitter em que argumenta que o comportamento da pandemia em todo o Brasil impede que o exame seja realizado.  

“O comportamento assimétrico e de franca expansão da pandemia no Brasil impede a realização do ENEM na data de 17 de janeiro de 2021. Em praticamente todos os Estados do Brasil diversas regiões de saúde apresentam alto risco de transmissão da COVID-19”, publicou Vilas-Boas. 

Ele seguiu afirmando que “diante do iminente inicio do processo de vacinação da população brasileira entendemos ser oportuno e necessário prorrogar a realização do exame”. Fábio Vilas-Boas concluiu a publocação usando a hashtag #adiaenem.  

Além do secretário da Saúde da Bahia, senadores e deputados baianos têm se manifestado a favor do adiamento da prova. 

Por sua vez, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ligado ao Ministério da Educação e responsável pelas provas, não pretende mudar as datas.

Prefeitura prorroga decreto que suspende aulas na rede pública e privada

Cássio Santana

 

Enem terá regras para evitar contágio pelo novo coronavírus; veja quais

Mariana Tokarnia, da Agência Brasil

enem

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 devem estar atentos às regras para evitar o contágio pelo novo coronavírus. As medidas que devem ser adotadas tanto na aplicação do Enem impresso quanto do Enem digital estão previstas nos editais dos exames, e o descumprimento poderá levar inclusive à eliminação dos candidatos.

 A máscara de proteção facial será item obrigatório nesta edição do Enem. Além de precisar apresentar um documento oficial original com foto e de ter uma caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, quem não estiver de máscara não poderá fazer a prova.

Dentro de sala, os estudantes deverão permanecer com a máscara durante toda a realização do exame. O edital prevê que a máscara deve ser usada da maneira correta, cobrindo o nariz e a boca. Caso isso não seja feito, o participante será eliminado. Os candidatos poderão levar máscaras para trocar durante a aplicação, seguindo a recomendação de especialistas da área de saúde.

O equipamento de proteção poderá ser retirado apenas para a identificação dos participantes, para comer e beber. Toda vez que retirarem a máscara, os participantes não devem tocar na parte frontal dela, e devem, em seguida, higienizar as mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo aplicador. As mãos devem ser higienizadas também quando os participantes forem ao banheiro e no decorrer do exame.

 Outra regra é o distanciamento social. As salas, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), estarão dispostas de forma a assegurar a distância entre os participantes.
 Quem for diagnosticado com covid-19 ou apresentar sintomas da doença, ou de outra infectocontagiosa até a realização do exame deve comunicar o Inep pela Página do Participante e pelo telefone 0800 616161. Esses candidatos terão direito de participar da reaplicação do Enem nos dias 23 e 24 de fevereiro.

 

Datas do Enem devem ser mantidas, diz presidente do Inep

Agência Brasil

enem 2021

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, disse hoje, 7, que o cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deve ser mantido e que as provas não serão adiadas por causa da pandemia do novo coronavírus.

:: LEIA MAIS »

Inep divulga cartão de confirmação com local de prova do Enem 2020

Tribuna da Bahia, Salvador
05/01/2021 15:00 | Atualizado há 18 horas e 10 minutos

enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizou hoje (5) o cartão de confirmação de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por meio do qual os inscritos podem consultar o local onde devem fazer a prova.

:: LEIA MAIS »

Fies oferecerá 93 mil vagas para financiamento estudantil em 2021

Agência Brasil

fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai oferecer 93 mil vagas em 2021. Com isso, o aporte financeiro do Ministério da Educação (MEC) será de R$ 500 milhões para viabilizar as vagas. Esses números estão no Plano Trienal do Fundo de Financiamento Estudantil, publicado no último dia de dezembro.

>> Inep divulga locais de prova do Enem nesta terça-feira

O plano traz a previsão para os próximos três anos. Nesse período, serão ofertadas, no total, 279 mil vagas. O Fies é o programa do governo federal que tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O período de inscrições para o processo seletivo do Fies para o 1º semestre de 2021 é do dia 26 até as 23h59 de 29 de janeiro de 2021. O resultado será divulgado no dia 2 de fevereiro. Para os pré-selecionados em chamada única, o prazo para complementar a inscrição é de 3 a 5 de fevereiro.

Os candidatos não pré-selecionados na chamada única do Fies podem disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. Todos os não pré-selecionados na chamada única serão, automaticamente, incluídos na lista de espera. A convocação por meio da lista de espera ocorrerá de 3 de fevereiro até o dia 18 de março de 2021.

Governo prorroga decreto que proíbe shows e aulas na Bahia até 15 de janeiro

Aula

Foi prorrogado até o dia 15 de janeiro o decreto estadual que suspende as aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e os shows em toda a Bahia. A decisão do governo do estado será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira, 5.

O decreto, que venceria nesta segunda, 4, proíbe a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, estão proibidos independentemente do número de participantes.

Já as cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas, no entanto, a parte festiva desses eventos não está permitida.

A Tarde

Aulas presenciais em Salvador podem ser retomadas em fevereiro, afirma Bruno Reis

 

bruno

8 de fevereiro de 2021. Segundo o prefeito eleito Bruno Reis (DEM) esse pode ser um horizonte de uma possível data de retomada das aulas presenciais nas escolas municipais de Salvador. A informação foi dita pelo prefeito durante entrevista à TV Bahia na manhã desta terça-feira (29).

:: LEIA MAIS »

Secretaria de Educação da Bahia solicita ao MEC adiamento do Enem

A Tarde

icon_enem

A Secretaria da Educação da Bahia (SEC) solicitou ao Ministério da Educação (MEC), através de ofício, o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o mês de maio de 2021.

A versão impressa da prova está marcada para ocorrer nos dias 17 e 24 de janeiro e, na versão digital, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Esta é a segunda vez que a SEC envia oficio ao MEC e também ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela execução do Enem, requerendo a prorrogação da aplicação do exame.

>> Bahia ultrapassa 9 mil mortes por Covid-19

No ofício atual, o secretário da Educação Jerônimo Rodrigues aponta o aumento expressivo das taxas de contaminação pelo novo coronavírus, que teve crescimento recente acentuado em todo território brasileiro.

 

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia