WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
flash day

sindy mega radio

iris calcados
setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘mundo’

OMS alerta sobre nova onda de contaminações de Covid-19 pelo mundo

A Tarde

coroteeewin

Diante o aumento do número de casos do novo coronavírus, a Organização Mundial da Saúde (OMS) soa um alerta no momento em que vários países europeus voltam a registrar novas ondas de contaminação. As informações são da coluna de Jamil Chade, colunista do Uol.

O mundo, no início da semana, registrou um recorde no número de novos casos registrados em 24 horas.

Os dois principais responsáveis da entidade apelaram nesta quarta-feira, 16, em Genebra, para que os governantes reforcem suas ações e insistam para a necessidade de a sociedade repensar suas prioridades, para que o mundo não retorne a situação de abril – início da pandemia.

“Há uma tendência preocupante, com o aumento de casos em alguns países”, disse Maria Van Kerkhove, diretora técnica da OMS. Ainda segundo ela, os saltos, em alguns casos, se assemelham às primeiras semanas da pandemia.

A agência destaca que a América do Sul continua sendo “duramente afetada” mesmo com números mostrando uma queda. Além disso, a especialista chama atenção para situação alarmante na França, Espanha e regiões dos EUA.

Mesmo com a queda da mortalidade, para a OMS as pessoas ainda necessitam avaliar o fato de que a ciência ainda não detectou o impacto do médio e longo prazo do vírus.

Anvisa libera, e testes da vacina de Oxford serão retomados na segunda

Tribuna da Bahia, Salvador

vacina 2

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, neste sábado (12), a retomada dos testes no Brasil da chamada “vacina de Oxford” contra a Covid-19.

A agência tomou a decisão após receber informações oficiais da empresa AstraZeneca, responsável pelo desenvolvimento da vacina em conjunto com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Neste sábado, os ensaios clínicos para a vacina foram retomados no Reino Unido. Até o fim da manhã, no entanto, a Anvisa ainda aguardava os dados oficiais do governo britânico e do laboratório. A análise foi iniciada e concluída nesta tarde.

“Após avaliar os dados do evento adverso, sua causalidade e o conjunto de dados de segurança gerados no estudo, a Anvisa concluiu que a relação benefício/risco se mantém favorável e, por isso, o estudo poderá ser retomado”, diz a agência reguladora.

No comunicado, a Anvisa diz que “continuará acompanhando todos os eventos adversos observados durante o estudo e, caso seja identificada qualquer situação grave com voluntários brasileiros, irá tomar as medidas cabíveis para garantir a segurança dos participantes”.

Em nota, a AstraZeneca informou que os testes no Brasil serão retomados na próxima segunda (14).

“A AstraZeneca está comprometida com a segurança dos participantes do estudo e os mais altos padrões de ética e boas práticas em estudos clínicos. A empresa continuará a trabalhar com as autoridades de saúde em todo o mundo e orientará quando outros testes clínicos poderão ser retomados para fornecer a vacina de forma ampla, equitativa e sem lucro durante esta pandemia”, diz o laboratório.

O Ministério da Saúde emitiu nota sobre a retomada dos testes em “todos os países participantes” – mas não confirmou a data informada pelo laboratório.

“Cabe destacar que a prioridade da Pasta é a segurança de todos os voluntários envolvidos nos testes, que tem como base o padrão internacional de Boas Práticas Clínicas – seguido com rigor pelo Brasil”, diz o ministério.

“O Ministério da Saúde reitera ainda que além da vacina da AstraZeneca também acompanha mais de 200 estudos em andamento. O objetivo é encontrar uma solução efetiva e segura para a cura e prevenção da Covid-19. Não serão economizados esforços para disponibilizar aos brasileiros, tão cedo quanto possível, uma vacina eficiente – em quantidade e qualidade para atender a população.”

Estudante brasileira morre em queda no poço de elevador em Buenos Aires

Da Redação

redacao@correio24horas.com.br

jovem

A estudante brasileira Ana Karolina Lara Ferreira Fernandez, 22 anos, morreu depois de cair no poço de um elevador em Buenos Aires, na Argentina, na noite da sexta-feira (4).

 Segundo o Uol, Ana Karolina estava visitando amigos em um prédio quando aconteceu o acidente. Ela morava na Argentina para estudar Medicina.

Mãe de Ana Karolina, a empresária Silvana Lara Ferreira conta que a filha estava celebrando o resultado bom de uma prova da faculdade. Na hora de ir embora da casa dos amigos, ela chamou o elevador para descer, mas não notou que o equipamento não estava parado no andar. A queda foi do 13º andar.

“Ela estava feliz porque havia acertado todas as questões da prova de patologia e foi comemorar com os amigos. Foi uma fatalidade. Não há sentimento que explique o que estamos vivendo. Tem momento que parece que é mentira. É uma dor terrível”, lamenta a mãe.

 Com a morte da jovem, a família criou uma campanha nas redes sociais para arrecadar dinheiro e trazer o corpo da estudante de volta para o Brasil. O sepultamento será no Chapadão do Céu, em Goiás, cidade onde moram os parentes. O valor de meta era cerca de R$ 25 mil, já que o translado de Buenos Aires para Guarulhos é de 5 mil dólares. Em menos de 12 horas, o valor foi atingido.

Mesmo com o dinheiro, a buracrocia para liberação do corpo não permite ainda prever uma data para o enterro. A documentação já foi enviada, mas Silvana diz que são muitos detalhes para resolver e com a pandemia tudo está mais lento. “Meu cunhado foi para São Paulo e com a ajuda do consulado e do Itamaraty estamos tentando agilizar”, diz.

A jovem, nascida em São Paulo, se mudou ainda criança para a cidade no interior de Goiás. Segundo a mãe, ela sempre sonhou em ser médica e foi há quatro anos para a Argentina por conta disso.

“Aqui no Brasil uma faculdade de medicina é muito cara, então ela fez o processo seletivo lá e foi aprovada em uma universidade pública. Ela queria se especializar e depois voltar para o Brasil ou seguir carreira em Portugal, já que o avô dela é de lá”, conta.

Estados Unidos se aproximam de 6 milhões de casos de Covid-19

Por: AFP

eua

Estados Unidos registram quase seis milhões de casos do novo coronavírus, de acordo com um balanço publicado no domingo, 30, à noite pela Universidade Johns Hopkins.

A instituição, referência no balanço da pandemia e que faz um registro em tempo real, registra 5.993.668 infecções e 183.034 mortes nos Estados Unidos.

O balanço de pacientes recuperados é de 2.153.939, indicou a universidade de Baltimore, no estado de Maryland, nordeste do país.

Os Estados Unidos lideram a lista de países mais afetados do mundo pela pandemia em números absolutos, tanto em infecções como em óbitos.

A Tarde

Ator Antonio Banderas anuncia estar curado do coronavírus

A Tarde

bandeiras

O ator espanhol Antonio Banderas anunciou, nesta terça-feira, 25, estar curado da infecção por coronavírus que contraiu semanas atrás. “Após 21 dias de confinamento disciplinado, posso dizer que superei a infecção por COVID-19. Estou curado”, escreveu em sua conta do Twitter.

“Meus pensamentos vão para aqueles que não conseguiram e para os que ficaram pior do que eu. Ânimo para todos os que estão na metade da luta”, acrescentou.

O famoso ator anunciou em 10 de agosto, coincidindo com seu 60º aniversário, que estava em quarentena por ter dado positivo para COVID-19 mas estava “relativamente bem”. Banderas foi um dos primeiros atores espanhóis a criar uma carreira em Hollywood, participando em filmes de sucesso como “A Máscara do Zorro”, “Entrevista com o Vampiro” ou “Filadélfia”.

Neste ano, recebeu sua primeira indicação ao Oscar por seu papel no oitavo filme que trabalhou sob a direção de Pedro Almodóvar, “Dor e Glória”, apesar de não ter conseguido a estatueta no final.

Espanha supera os 400 mil casos diagnosticados de coronavírus

Por AFP

espanha

A Espanha superou os 400 mil casos diagnosticados do novo coronavírus nesta segunda-feira, 24, anunciaram as autoridades, que alertaram para a situação em Madri, que exigirá uma ação “rápida” com novas medidas nos próximos dias.

De acordo com o relatório diário do Ministério da Saúde, a Espanha – um dos países mais atingidos pela pandemia na Europa – soma 405.436 casos confirmados da doença até o momento, o que mostra um aumento de mais de 19.300 casos em relação a última sexta-feira.

:: LEIA MAIS »

Dólar supera R$ 5,50 e volta a fechar no maior valor em três meses

Agência Brasil

dolar

Em mais um dia de turbulências no mercado financeiro, o dólar voltou a ser vendido acima de R$ 5,50. A bolsa de valores caiu mais de 1%, depois de o Federal Reserve (Fed – o Banco Central norte-americano) citar preocupações com o Brasil.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira, 19, vendido a R$ 5,531, com alta de R$ 0,062 (+1,13%). A divisa está no maior valor desde 22 de maio, quando tinha fechado em R$ 5,574. O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), caiu 1,19% e fechou aos 100.854 pontos.

A cotação do dólar chegou a operar em queda durante a manhã, mas reverteu o movimento por volta das 11h. A alta se intensificou no meio da tarde, depois da divulgação da ata da última reunião do Fed, que mencionou o Brasil.

No texto, o Comitê Federal de Mercado Aberto do Fed (Fomc) citou que o dólar está caindo diante das principais moedas do mundo, com queda de 3% em relação ao euro no último mês. Em contrapartida, a moeda norte-americana continua subindo em relação ao real.

“Em contraste, o real brasileiro desvalorizou cerca de 5% em relação ao dólar, em meio a continuação dos cortes nas taxas de juros pelo Banco Central do Brasil, casos crescentes de coronavírus e turbulência política no Brasil”, destacou o documento do Fed.

Para acalmar o mercado, o Banco Central leiloou US$ 500 milhões em contratos novos de swap cambial, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro.

Cenário externo

A ata do Fed também influenciou o mercado internacional. O Banco Central norte-americano mostrou preocupação com as incertezas em torno da recuperação da economia norte-americana dada a evolução da pandemia de covid-19. No documento, o Fed descartou medidas como o controle da curva de juros e admitiu avaliar a manutenção de medidas agressivas de estímulo.

Antonio Banderas está com covid-19: ‘Me sinto relativamente bem’

bandeiras

O ator espanhol Antonio Banderas contou nesta segunda-feira (10) que está com a covid-19, mas afirmou se sentir “relativamente bem”. Ele usou as redes sociais para falar de sua saúde.

“Me sinto relativamente bem, apenas um pouco mais cansado do que o normal e confiante de que vou me recuperar o mais breve possível, seguindo as recomendações médicas, que espero que me permitam superar o processo infeccioso que sofro e que está afetando a tantas pessoas ao redor do mundo”, escreveu Banderas. :: LEIA MAIS »

Vacina de Oxford para covid-19 é segura e funciona, dizem cientistas

coronavacina

Cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, anunciaram nesta segunda-feira (20) que a vacina que desenvolve contra a covid-19 é segura e apresentou uma resposta imune em quem a testou. Os resultados são das duas primeiras fases dos testes de imunização – a terceira acontece agora em vários países, inclusive o Brasil. O efeito deve ser reforçado com uma segunda dose da vacina, afirmam.

Os dados são de estudo publicado na revista científica The Lancet. O estudo foi randômico, com participação de 1.077 pessoas saudáveis. Elas estavam divididas em dois grupos: 543 pessoas receberam a vacina experimental, sem saber o que estavam tomando, e outras 534 receberam uma vacina de meningite (o grupo controle). Os ensaios mostraram que a vacina foi capaz de induzir a resposta imune tanto por anticorpos como por células T até 56 dias depois da administração da dose. :: LEIA MAIS »

Brasil deve ter acordo para vacina de Oxford

noiscorreatrasdocorona

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta terça, 23, à comissão mista do Congresso que acompanha as medidas de enfrentamento à pandemia que o Brasil deve assinar esta semana acordo com a Universidade de Oxford para produzir uma possível vacina contra a covid-19. O produto é o imunizante mais promissor em teste.

“Já estamos com a ligações paralelas com a Universidade e com a AstraZeneca (farmacêutica) já bem adiantadas, envolvendo a Fiocruz, a Bio-Manguinhos. E a Casa Civil está analisando essa assinatura para os próximos momentos, de hoje para amanhã.” :: LEIA MAIS »

checkup day

mg personal


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia