WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
afrojapa

radio up

iris calcados
março 2021
D S T Q Q S S
« fev    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

:: ‘Saúde’

‘Não será comprada’, diz Bolsonaro sobre vacina chinesa contra Covid-19

presidente

O presidente Jair Bolsonaro desautorizou acordo anunciado pelo Ministério da Saúde e decidiu que não vai comprar as 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceira com o Instituto Butantan, de São Paulo.

segundo o site Poder360, o presidente encaminhou a ministros mensagens em que anuncia a sua decisão. “Alerto que não compraremos vacina da China. Bem como meu governo não mantém diálogo com João Doria sobre covid-19“, disse Bolsonaro no comunicado.

:: LEIA MAIS »

Ministério da Saúde decide comprar vacina chinesa

Correio da Bahia

 

Depoisvacina de muitas especulações, recusas e apelos, o  Ministério da Saúde anunciou ontem que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina em fase de testes em São Paulo desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã. E que a medicação será incluída no Plano Nacional de Imunização (PNI). A previsão é que a vacina esteja disponível no primeiro semestre de 2021.

:: LEIA MAIS »

Vacina chinesa demonstrou ser a mais segura em testes no Brasil

A Tarde

chinesa

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta segunda-feira, 19, que dentre todas as vacinas que estão em desenvolvimento e em testes contra o novo coronavírus, a vacina chinesa, intitulada de CoronaVac, é a que tem se mostrando mais segura, por não apresentar graves efeitos colaterais.

“A vacina Butantan é a mais segura em termos de efeitos colaterais. É a vacina mais segura neste momento não só no Brasil, mas no mundo”, disse Dimas Covas.

“Os primeiros resultados dos estudos clínicos realizados no Brasil comprovam que, entre todas as vacinas testadas no país, a Coronavac é a mais segura, a que apresenta os melhores e mais promissores índices no Brasil. É, de fato, a vacina mais avançada neste momento”, disse João Doria, durante conferência de imprensa, na sede do governo regional de São Paulo.

De acordo com dados apresentados por Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, as reações mais comuns entre os participantes brasileiros do estudo após a primeira dose da Coronavac foram dor no local da aplicação (19%) e dor de cabeça (15%).

Na segunda dose, as reações adversas mais comuns foram dor no local da aplicação (19%), dor de cabeça (10%) e fadiga (4%). Febre baixa foi registada em apenas 0,1% dos participantes e não há nenhum relato de reação adversa grave à vacina até o momento.

“Esperamos que esta vacina seja incorporada e que possa estar disponível nos programas de imunização o mais rápido possível”, disse Doria. Além disso, o governador de São Paulo também revelou que vai reunir-se com responsáveis do Ministério da Saúde do Brasil e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na próxima quarta-feira, quando espera definir se haverá a inclusão da Coronavac no cronograma de vacinas do país.

Brasil registra primeiro caso confirmado de Covid-19 em animal

gato

Uma gata de poucos meses, de Cuiabá, no Mato Grosso, é o primeiro animal a testar positivo para o novo coronavírus no Brasil. Ela não tem sintomas da Covid-19 e foi infectada por seus donos, durante o isolamento social. Mais dois contágios suspeitos, de outro gato e um cachorro, seguem sendo investigados.

A gata teve o diagnóstico confirmado por meio do teste de biologia molecular RT-PCR. A coleta de amostras para o exame foi realizada pela pesquisadora Valéria Dutra, professora da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT). A Universidade Federal do Paraná (UFRP) recebeu o material e vai coordenar uma pesquisa sobre Covid-19 em animais de estimação.

Em laboratório, a China mostrou a possibilidade de gatos contagiarem outros felinos. No entanto, não se sabe se isso acontece com facilidade e se esses animais podem infectar seres humanos. Além disso, não há recomendações para que os animais utilizem máscaras.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos, informa que “parece que ele pode se espalhar de pessoas para animais em algumas situações, especialmente após contato próximo com uma pessoa doente”.

Ainda de acordo com o órgão, há poucos relatos de cães e gatos de estimação infectados com o coronavírus em todo o mundo e não existem evidências de que os animais desempenhem um papel significativo para disseminá-lo.

A Tarde

Bahia ultrapassa 330 mil casos de Covid-19, aponta Sesab

bahia

A Bahia ultrapassou nesta quinta-feira, 15, a marca de 330 mil casos de Covid-19 desde o início da pandemia. O recente boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou que, com os 1.575 novos infectados , o território baiano já totaliza 331.297 contaminados pelo vírus.

Dentro deste total, mais de 317 mil pessoas já se recuperaram da doença, enquanto outras 6.822 ainda seguem como ‘casos ativos’ e sob acompanhamento da vigilância epidemiológica. Com 27% de todos os casos, Salvador é a cidade com maior concentração de infectados entre os 417 municípios atingidos pela pandemia.

Segundo as informações do balanço da Sesab, quase 27,5 mil profissionais baianos da área de saúde já tiveram contaminações causadas pelo Covid-19.

Quanto ao número de óbitos, o boletim trouxe 29 novas mortes nas últimas 24h. Os registros são de ocorrências entre os dias 19 de junho e 14 de outubro. Até o momento, o estado já totaliza 7.243 vítimas desde o início da pandemia. A taxa de letalidade da doença corresponde a 2,19% dos casos.

Por fim, o órgão estadual informou ainda que 671.204 suspeitas de coronavírus já foram descartadas, enquanto quase 77 mil ainda estão sob investigação, aguardando o resultado dos exames.

A Tarde

Ações preventivas marcam o Outubro Rosa na Uesb

Durante o mês de outubro, é realizada, mundialmente, a campanha de prevenção ao câncer do colo de útero e de mama, mais conhecida como “Outubro Rosa”. Integrando ações de conscientização e informação, a Assessora de Gestão de Pessoas (AGP) da Uesb promoverá atividades durante o mês em torno da temática.

Nesta quinta, 15, a proposta é dialogar sobre a “Importância do diagnóstico precoce do câncer de mama”. Para isso, a professora e mastologista Monalisa Barros abordará o assunto na Uesb FM (97,5 em Vitória da Conquista e 106,1 em Jequié), a partir das 15 horas.

Também com foco preventivo, a AGP organiza um mutirão de consultas ginecológicas e mastológicas no Centro Universitário de Atenção à Saúde (Ceuas), campus de Vitória da Conquista. O agendamento pode ser feito até sexta, 16, somente pelo telefone (77) 3424-8689, das 13 às 17 horas, com número de vagas limitados.

Luz como alerta preventivo – Ao longo do mês, alguns prédios da Universidade estão iluminados como forma de lembrar da campanha do Outubro Rosa e estimular a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer do colo de útero e de mama. Em Itapetinga, a iluminação especial foi feita na entrada do campus. Em Jequié, a Biblioteca Jorge Amado ganhou novas luzes na fachada do prédio, enquanto o Museu Regional da Universidade foi o escolhido em Vitória da Conquista para a ação.

Blog da Resenha Geral

OMS afirma que maioria da população vai precisar aguardar até 2022 para ser vacinada

vacina covid

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que a grande parte da população mundial vai precisar esperar provavelmente até 2022 para ser vacinada contra a covid-19, apesar dos avanços da ciência. O recado foi emitido nesta quarta-feira, 14, pela entidade, que afirma que terá como abastecer o mundo com o imunizante de maneira imediata. As informações são do colunista Jamil Chade, do Uol.

A agência cita que a prioridade é a imunização dos profissionais do setor de saúde, idosos e pessoas em vulnerabilidade – representando 20% da população mundial.

“Para uma pessoa comum, jovem e saudável, talvez será preciso esperar até 2022 para ter a vacina”, disse a cientista-chefe da entidade, Soumya Swaminathan. Ela acredita que em 2021 o mundo deve ter uma vacina, no entanto, será “em quantidade limitada”.

“Nunca ninguém produziu vacinas nessa quantidade” (..) Não é que, no dia 1 de janeiro de 2021, seremos todos vacinados e a vida vai voltar ao normal”, completou.

Segundo ela, para que a vacina gere uma imunidade de rebanho, 70% da população mundial terá de receber o produto, cerca de 5 bilhões de pessoas. Nesse momento a cadeia de transmissão seria interrompida.

A Tarde

Países recorrem a exame mais rápido para conter nova onda de covid-19

Agência Brasil

covid

Países que estão com dificuldade para conter a segunda onda de covid-19 estão apelando para exames mais rápidos e baratos, mas menos precisos, para evitar os atrasos e a escassez que vêm prejudicando os esforços para diagnosticar e rastrear rapidamente os infectados.

A Alemanha, onde as infecções aumentaram 4.122 nesta terça-feira, 13, e chegaram a 329.453, garantiu 9 milhões dos chamados exames de antígeno, que dão resultados em questão de minutos e custam cerca de US$ 5,90 cada, por mês – o que, em tese, cobriria mais de 10% de sua população.

Os Estados Unidos e o Canadá também estão comprando milhões de exames, assim como a Itália, cuja licitação recente para 5 milhões de exames atraiu ofertas de 35 empresas.

O Instituto Robert Koch (RKI) alemão agora recomenda exames de antígeno para complementar os exames existentes de PCR, que se tornaram o padrão para detectar infecções ativas, mas que também se tornaram escassos porque a pandemia sobrecarregou os laboratórios e reduziu a capacidade produtiva dos fabricantes.

Os exames de PCR detectam material genético no vírus, enquanto os de antígeno detectam proteínas na superfície do vírus, mas os dois são concebidos para captar infecções ativas. Outro tipo de exame, este para anticorpos que o corpo produz em reação a uma infecção, pode ajudar a determinar se alguém já teve covid-19.

Europa se prepara para novas restrições contra a Covid-19

Por AFP

europa

Diversos países europeus, como Alemanha e França, finalizam as medidas para tentar frear o preocupante avanço dos contágios e evitar os momentos mais duros da primeira onda da pandemia do novo coronavírus.

 

:: LEIA MAIS »

Vitória da Conquista já registra 8.100 casos recuperados da Covid-19,

De acordo com o Boletim Epidemiológico, até esta quinta-feira (8), Vitória da Conquista registrou 8.666 casos confirmados da Covid-19. Hoje, mais 77 pessoas receberam alta do tratamento, totalizando 8.100 recuperados. Ainda seguem em processo de recuperação 409 pacientes que estão apresentando sintomas (34 internados e 375 em tratamento domiciliar) e 157 moradores do município faleceram por complicações causadas pela doença.

A Secretaria Municipal de Saúde investiga outros 5.776 casos notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19 que aguardam por classificação final no e-SUS Ve (definição de caso como positivo, descartado ou Síndrome gripal não especificada). Desse total de pacientes, 4.634 esperam pela investigação laboratorial e 1.142 pelo resultado do exame RT-PCR das amostras que foram encaminhadas para análise no Lacen Municipal e Estadual.

Além disso, o número de casos notificados que foram descartados chegou a 13.015, sendo que 4.466 pessoas apresentaram resultado negativo por exame laboratorial RT-PCR e 8.549 por outros critérios de exclusão.

Ocupação dos leitos– A rede SUS do município dispõe de 168 leitos (98 de enfermarias e 70 de UTI) para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus. Neste momento, 98 pacientes estão internados nesses leitos, sendo eles residentes de Vitória da Conquista e dos municípios de:

…Leia na íntegra

Blog da Resenha Geral

checkup day

mari marinho

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia