WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
afrojapa

radio up

iris calcados
abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

:: ‘Saúde’

“Butanvac”: Instituto Butantan desenvolve vacina contra a Covid-19

butantan

O Instituto Butantan está desenvolvendo sua própria vacina contra a Covid-19 e deverá ser batizada de “Butanvac”. Agora, o instituto deve pedir autorização junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para dar inícios aos testes clínicos com voluntários.

O objetivo é de 40 milhões de doses do imunizante prontas até o fim de 2021. Os detalhes da nova vacina serão divulgados, na manhã desta sexta-feira, 26, pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

O Brasil tem, ao menos, 11 projetos de candidatas a vacina contra a Covid-19. Todos estão sendo desenvolvidos em universidades e instituições de pesquisa públicas do país.

A Tarde

Ministério da Saúde autoriza 10 leitos de UTI Covid-19 na Bahia

Para líder do governo na Câmara, discurso de Lira foi recado sobre Ernesto Araújo

Foto: Reprodução/ Câmara dos Deputados

Na avaliação do líder do governo na Câmara, o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), o discurso do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), foi um recado “claro e certo” a favor da troca do ministro das Relações Exteriores. Lira foi incisivo ao discursar no plenário da Câmara, nesta quarta-feira (24), chamando atenção para a necessidade de uma mudança de postura do governo federal no combate à pandemia.

Em meio a isso, o chanceler Ernesto Araújo está na mira do Congresso pela desconfiança de que ele tenha capacidade de dialogar com países estrangeiros agora que o Brasil precisa de ajuda para aquisição de vacinas.

Barros e outros ministros do governo Bolsonaro acreditam que Lira só vê solução neste quesito a partir da troca do ministro. “As pessoas estão apavoradas com o número de mortes e falta de oxigênio . Lira só vê saída na antecipação das vacinas por meio da ajuda internacional. Mas quem vai nos ajudar? Ernesto Araújo não tem ambiente para resolver o problema”, criticou, em entrevista ao Blog de Andréia Sadi, no G1.

 

Entenda por que higiene bucal é ainda mais importante em tempos de Covid-19

Com a alta nos números de casos e de mortes causadas pela Covid-19, a recomendação é redobrar os cuidados de higiene.

Tribuna da Bahia, Salvador

Foto: Crédito: Aurélio Alves – Ag. LK

“Manter os dentes e as estruturas anexas da boca saudáveis gera um impacto positivo na saúde como um todo. Assim, nesses tempos de pandemia, é recomendado fazer uma assepsia mais cuidadosa. A escovação, com uso de fio dental, após cada refeição ajuda a reduzir o acúmulo de organismos que podem causar doenças”, explica o cirurgião-dentista, Hugo de Andrade.

Além da importância da escovação e do uso de fio dental, o dentista recomenda o uso do enxaguante bucal. “Ao fazer um bochecho e gargarejo, o volume  bacteriano e viral da boca é reduzido”, completa o especialista.

A coordenadora Química do grupo Raymundo da Fonte e responsável pela marca pernambucana de produtos de higiene bucal Even, Cristina Campos, explica sobre a composição do enxaguante. “O antisséptico bucal Even contém glicerina, sacarina sódica, fluoreto de sódio, cloreto de cetilpiridínio, benzoato de sódio, emulsificante, corantes, aroma e água. O cloreto de cetilpiridínio atua promovendo a degradação da camada lipídica do envelope de várias cepas do vírus da gripe, sugerindo eficácia contra outros vírus respiratórios”, revela. Sobre a eficácia contra o coronavírus, a química explica que ainda está em estudo e não há comprovações científicas.

Escova de dente

Outra medida de higiene é a troca da escova dental, que deve ser feita sempre que uma pessoa estiver se recuperando da Covid para evitar risco de recontaminação.

“É importante lembrar que jamais deve compartilhar sua escova de dentes com outras pessoas. Caso alguém esteja contaminado na casa, o creme dental também deve ser separado para evitar o contágio”, recomenda o dentista.

O especialista ainda alerta para a forma correta de armazenar as escovas dentais. “Devem ser guardadas separadamente uma das outras, na posição vertical, em local arejado, sem umidade para não desenvolver agente fúngico”.

Mais uma ponderação da especialista é sobre o uso correto dos produtos de higiene. “Para manter uma flora bucal saudável é necessário seguir as instruções de uso descritas nas embalagens, nas quantidades exatas. Não se pode exagerar”, finaliza.

Campanha de Combate à Tuberculose: doença tem cura e tratamento é oferecido pelo SUS

Secom/PMVC

O dia 24 de março é lembrado como o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, doença causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, também chamada de bacilo de Koch. A Tuberculose é infecciosa, transmissível e afeta, principalmente, os pulmões, embora possa acometer outros órgãos. Durante este mês de campanha, a Secretaria Municipal de Saúde intensifica os esforços para alertar toda a população quanto à importância do diagnóstico precoce da doença, que tem cura quando o tratamento é cumprido de forma adequada e ininterrupta pelo paciente.

“As pessoas que apresentam tosse seca ou produtiva (com secreção), há três semanas ou mais, devem procurar a unidade de saúde mais próxima para realizar o exame de TRM (Teste Rápido Molecular) para Tuberculose, que é o exame de escarro. O diagnóstico, tratamento e acompanhamento são feitos de forma totalmente gratuita pelo SUS”, explica Fernanda Couto, coordenadora do Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária, serviço de referência do município.

Por conta da pandemia, a campanha será feita em caráter informativo nas unidades de saúde e meios de comunicação, para relembrar o fluxo de atendimento, além de sensibilizar os profissionais para identificar os pacientes com quadro respiratório suspeito para Tuberculose.

O Centro de Referência de Pneumologia e Dermatologia Sanitária é referência para o tratamento da doença no município e funciona de segunda a sexta, de 07h às 12h, na Praça João Gonçalves, no Centro. Para ser atendido no serviço, é necessário apresentar o cartão SUS e RG.

Blog da Resenha Geral

Ministério da Saúde fecha com 3 empresas aquisição de medicamentos do kit intubação

Ministério da Saúde fecha com 3 empresas aquisição de medicamentos do kit intubação

Foto: Paula Fróes/GOVBA

O Ministério da Saúde anunciou a compra de 2,8 milhões de medicamentos do “kit intubação”. A demanda pelas drogas tem crescido com o agravamento da pandemia. Elas são utilizadas no tratamento de pacientes graves com a Covid-19 internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

“Os medicamentos começaram a ser distribuídos pelo Ministério da Saúde para todo o Brasil, em parceria com três empresas fabricantes”, disse o governo, em nota publicada no site do Ministério na noite desta terça-feira (23).

Uma das empresas, a Cristália, se comprometeu a fornecer 1,26 milhão de unidades dos medicamentos, informou o governo ao acrescentar que as entregas já foram iniciadas e que devem continuar ao longo dos próximos sete dias.

A empresa Eurofarma entregará 212 mil ampolas em todo território nacional. A empresa União Química enviará, até 30 de março, 1,4 milhão de unidades de medicamentos.

“A logística híbrida com a integração pública e privada permitirá que os medicamentos estejam nos estabelecimentos de saúde em menos de 72 horas”, ressaltou a pasta.

Bahia notícias

Infectologista condena uso do “kit Covid” e alerta para efeitos colaterais

De acordo com especialista o único tratamento precoce para Covid-19 é oferecer assistência dentro de hospitais para pacientes com quadro grave logo no início da doença

Desde o início da pandemia, médicos e associações da área têm combatido o chamado “kit Covid”, relação de medicamentos que supostamente funcionam como “tratamento precoce” da Covid-19. Com o agravamento da doença em todo Brasil, os especialistas voltam a condenar o uso de remédios como hidroxicloroquina e ivecmectina para combater a doença.

:: LEIA MAIS »

Butantan aguarda autorização para teste do soro anti-Covid em humanos

Instituto enviou à Anvisa documentação que faltava na solicitação para dar início ao estudo | Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

O Instituto Butantan entregou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na noite desta terça-feira, 23, as informações e dados necessários que faltavam na solicitação feita, no início do mês, para iniciar os testes do soro anti-Covid em humanos.

O soro, produzido a partir do plasma de cavalos, começou a ser desenvolvido no ano passado e visa amenizar os sintomas da Covid-19.

O Instituto já tem 3 mil frascos de soro para dar início aos testes. E espera conseguir a liberação para isso até sexta-feira, 26.

O estudo, coordenado pelos médicos Esper Kallás e José Medina, da Universidade de São Paulo (USP), visa descobrir qual a dose necessária para se obter os efeitos esperados sobre a doença.

A Tarde

Hemoba tem estoque de sangue crítico e faz apelo para doações

O grupo sanguíneo ‘O’ tem o estado mais crítico.

Por Anilson Salomão

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) convoca a população para doar sangue, em função dos registros de redução acentuada no número de doadores e aumento de transfusões. O apelo visa estabilizar os estoques da Fundação e continuar atendendo com segurança e qualidade todas as demandas de hemocomponentes dos hospitais e unidades de saúde do estado da Bahia.

Em nota enviada por meio de sua assessoria de imprensa a reportagem da TB, a Fundação comenta que Salvador está um pouco melhor em relação a outras cidades baianas, por conseguir um abastecimento maior.

Ainda em comunicado, a informação é de que o grupo sanguíneo ‘O’ tem o estado mais crítico.

Para tentar amenizar a dificuldade que os doadores estão tendo com a prorrogação das medidas restritivas quanto à circulação, a Hemoba está disponibilizando a partir de hoje, 23 até 27 de março uma unidade móvel em Lauro de Freitas, que ficará no estacionamento da Loja Maçônica. A coleta itinerante é parte do plano de sensibilização sobre a doação de sangue durante as restrições sanitárias pelo avanço da Covid-19.

Nas unidades móveis, os atendimentos acontecem de forma espontânea, por ordem de chegada, cumprindo os protocolos sanitários para segurança dos voluntários e da equipe técnica. É permitida apenas a entrada de dois doadores por vez nos ônibus. Também é possível agendar o atendimento através do telefone (71) 3116-5643 ou pelo site www5.saude.ba.gov.br.

O diretor da Hemoba, Fernando Araújo, lembra que por conta da prorrogação das medidas restritivas quanto à circulação na cidade de Salvador e Região Metropolitana (RMS), é importante que os voluntários realizem sua doação mais cedo. “Para reduzirmos os índices de contaminação no estado, é essencial que todos colaborem. Por isso, convidamos todos à se envolverem na ação solidária de doação de sangue respeitando as medidas restritivas, inclusive doando mais cedo”.

Parada fixa

Com a prorrogação das restrições de circulação em todo o estado, uma unidade de coleta ficará no supermercado Big Bom Preço, da avenida ACM, região do Iguatemi, até o dia 3 de abril, com atendimentos de segunda a sábado, das 8h às 16h. A ação visa contemplar voluntários da unidade do Salvador Shopping, que se mantém fechada, cumprindo decreto estadual de fechamento dos centros comerciais, pelo avanço da pandemia.

Coleta nos shoppings

Os atendimentos nas unidades do Salvador Norte Shopping e do Salvador Shopping seguem suspensos. Na unidade da Vasco da Gama, o atendimento acontece das 7h30 às 16h durante a semana, e aos sábados das 7h30 às 12h30.

Tribuna da Bahia

Vilas-Boas critica Anvisa por demora em liberar Sputinik V: “Está indo para o buraco”

fabio secretario

Secretário alega que Anvisa tem direção mal conduzida com viés político

Foto: Shirley Stolze / AG. A TARDE

O secretário da saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, criticou a demora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em liberar a aplicação da vacina Sputinik V no Brasil.

Segundo Vilas-Boas, 2 milhões de doses do imunizante já foram comprados e chegarão ao país em abril, mas não pode ser aplicado por conta da falta de autorização do órgão.

“Ela chegará no mês de abril, 2 milhões de doses para o Consórcio que comprou. Mas a aplicação depende da autorização da Anvisa. Eu preciso que a Anvisa autorize e ela não autoriza, pedindo cada hora mais documentações”, comenta o secretário.

Que completa: “Lamentavelmente a Anvisa está muito mal conduzida e está indo para o buraco. Tendo um diretor com viés político, militar, quadrado e submisso ao presidente”.

No entendo, o gestor da Saúde acredita que assim que os imunizantes chegarem ao país haverá uma pressão e o Supremo Tribunal Federal (STF) que acabará interferindo para garantir que a população tenha acesso às vacinas.

A validade da Sputinik V é de dois anos.

OMS: câncer de mama supera o de pulmão e já é o mais comum no mundo

Agência Brasil*

Em 2020 foram diagnosticados mais de 2,2 milhões casos de câncer de mama | Foto: Divulgação - Foto: Divulgação | Sociedade Brasileira de Mastologia

O número de novos casos de câncer de mama em 2020 representou 11,7% do total de todos os diagnósticos da doença no ano e superou o câncer de pulmão, que até então afetava o maior número de pessoas. No entanto, o câncer de pulmão continua a ser maior causa de mortes.

:: LEIA MAIS »

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia