WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
afrojapa

radio up

iris calcados
abril 2021
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

:: 7/abr/2021 . 15:37

Prazo para contestar auxílio emergencial negado vai até o dia 12

O trabalhador que teve a nova rodada do auxílio emergencial negada tem até 12 de abril para contestar a decisão, informou o Ministério da Cidadania. Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021.

A contestação, no entanto, não pode ser feita por qualquer beneficiário. Só pode pedir a reativação do benefício quem recebia o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado. O prazo para novos pedidos de benefícios acabou em 3 de julho do ano passado e não foi reaberto para a nova rodada.

O pedido de contestação pode ser feito após o trabalhador fazer a consulta no site da Dataprev, estatal que cadastra os dados dos beneficiários, e constatar que teve o benefício cancelado. Caso o resultado dê “inelegível”, a própria página oferecerá a opção de “contestar”, bastando o trabalhador clicar no botão correspondente.

O sistema aceitará somente pedidos considerados passíveis de contestação, que permitem a atualização das bases de dados da Dataprev, como data de nascimento errada, CPF não identificado e informações incorretas sobre vínculos empregatícios e recebimento de outros benefícios sociais e trabalhistas. O prazo de contestação começou no dia 2 e seguirá por dez dias corridos, até o próximo dia 12.

Blog da Resenha Geral

Conquista: Prefeitura intensifica higienização nos acessos às agências bancárias

Secom/PMVC

Desde o início da pandemia, praças, feiras livres, ruas e a frente de bancos têm sido constantemente higienizadas por equipes de limpeza da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesep). Três vezes por semana, uma força tarefa de higienização realiza o trabalho, com o objetivo de diminuir a propagação do coronavírus em locais de grande circulação de pessoas.

Neste período de pagamento do auxílio emergencial, as agências bancárias têm recebido atenção especial. A solução de hipoclorito de sódio fornecida pela empresa Teiú é aplicada na fachada das agências, calçadas e locais de manuseio, como portas e barras de ferro. “Estamos atuando na limpeza e, junto à Secretaria de Saúde e outros setores da Prefeitura, fiscalizando constantemente os estabelecimentos”, declarou o secretário da pasta, Luís Paulo Santos.

A solução de hipoclorito de sódio, autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é eficaz para extermínio de vírus e bactérias. A aplicação acontece por meio de pulverizadores costais carregados por profissionais da Prefeitura, devidamente paramentados, e também pelos caminhões tanque.

23ª Campanha de Vacinação contra a Gripe começa na próxima segunda (12)

Mais uma campanha anual de vacinação vai começar e, dessa vez, contra a Influenza, o vírus da gripe. A partir da próxima segunda-feira (12), até o dia 9 de julho, a meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários, a começar pelas crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

A campanha de Influenza coincide com a imunização contra a Covid-19 e o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas vacinas ao mesmo tempo. Por isso, a vacinação contra a gripe prioriza as pessoas contempladas no grupo prioritário e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 ou que já foram anteriormente, mas respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas.

A vacina influenza trivalente, produzida pelo Instituto Butantan, será utilizada para imunização do público-alvo. Este ano, para evitar aglomerações, a campanha não terá dia D. A vacinação será iniciada na próxima segunda (12) em todas as unidades de saúde da zona urbana e rural.

Confira quem faz parte dos grupos prioritários e as datas das três etapas de vacinação:

1ª FASE – a partir do dia 12 de abril: crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores de saúde

2ª FASE – a partir do dia 11 de maio: idosos com 60 anos ou mais e professores

3ª FASE – Do dia 9 de junho até 9 de julho: pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e do exército, funcionários do sistema prisional, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Confira o Informe Técnico do Ministério da Saúde sobre a Campanha

Blog da Resenha Geral

Pessoas com sintomas de Covid-19 devem adiar vacinação por um mês

caso haja a confirmação do contágio da Covid-19, o recomendado é adiar a aplicação do imunizante por 30 dias para garantir que se encerre a janela de transmissão do vírus.

Febre, dor de cabeça, diarreia, desconfortos abdominais e sintomas gripais. Pessoas que apresentem sinais da Covid-19 ou que já tenham tido resultado positivo de um exame RT-PCR para o Sars-CoV-2 devem evitar tomar as vacinas disponíveis por, ao menos, um mês.

:: LEIA MAIS »

Coágulos sanguíneos são efeitos ‘muito raros’ de vacina de Oxford/Astrazeneca, diz EMA

Coágulos sanguíneos são efeitos 'muito raros' de vacina de Oxford/Astrazeneca, diz EMA

Os coágulos sanguíneos em pessoas que recebem a vacina de Oxford/AstraZeneca devem ser considerados efeito colateral “muito raro”. Essa foi a posição tomada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) nesta quarta-feira (7).

Por meio de comunicado, a EMA afirmou que há “uma possível ligação com casos muito raros de coágulos sanguíneos incomuns, juntamente com níveis baixos de plaquetas sanguíneas”. O balanço entre riscos e benefícios, na opinião da agência, contudo, permanece positivo.

No mês passado, vários países europeus suspenderam o uso desse imunizante por conta dos casos de trombose identificados em cerca de 30 pessoas (veja aqui). Mas depois de uma investigação, a agência concluiu que os benefícios da vacina superavam os eventuais riscos que ela representava.

Nesta terça-feira (7), após analisar o desempenho da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford com o laboratório AstraZeneca, a EMA chegou à conclusão de que o imunizante tem relação com os coágulos sanguíneos registrados em algumas pessoas vacinadas (lembre aqui)

Bahia Notícias

Covid-19: CoronaVac é eficaz contra variante brasileira, aponta estudo

Esse é o primeiro estudo que avalia a efetividade da vacina em locais onde a variante brasileira é predominante

Agência O Globo

corona

A vacina contra a Covid-19 CoronaVac se mostrou 50% efetiva em prevenir adoecimento pela doença 14 dias após a primeira dose, segundo uma análise interina que envolveu 67.718 trabalhadores de saúde em Manaus, onde a variante brasileira do coronavírus P1 é predominante.

Esse é o primeiro estudo que avalia a efetividade da vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac em locais onde a variante brasileira é predominante.

O comunicado divulgado pelo infectologista Julio Croda, coordenador da pesquisa, informa que os dados relativos à efetividade duas semanas após a segunda dose continuarão a ser coletados ao longo das próximas semanas.

A pesquisa foi realizada pelo grupo Vebra Covid-19, integrado por pesquisadores de instituições brasileiras e internacionais e servidores das secretarias de saúde estaduais do Amazonas e de São Paulo e das secretarias de saúde municipais de Manaus e São Paulo.

 Além de análises de profissionais amazonenses, os pesquisadores pretendem ainda avaliar a eficácia da CoronaVac e da vacina Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fiocruz, em idosos de Manaus, Campo Grande e São Paulo.

Fiocruz triplica produção e prevê entrega de 18,4 milhões de doses até 2 de maio

Um novo acréscimo na produção é previsto com o início de um novo turno de trabalho

Tribuna da Bahia, Salvador

Foto: Bio-Manguinhos / Fiocruz

Por Marco Antônio Carvalho

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) passou a produzir 900 mil doses diárias da vacina contra a Covid-19, de acordo com comunicado divulgado nesta terça-feira, 6, pela instituição. O número é o triplo do que estava sendo fabricado no início de março. Até o dia 2 de maio, a Fiocruz prevê a entrega de 18,4 milhões de doses para distribuição pelo Ministério da Saúde aos Estados.

O acréscimo, vigente desde o fim de março, se deu pelo início da operação de uma segunda linha de produção no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), da Fiocruz. Com 8,1 milhões de doses já entregues até 2 de abril, a fundação destacou que alcançará a marca total de 26,5 milhões de vacinas repassadas até o início de maio.

Um novo acréscimo na produção é previsto com o início de um novo turno de trabalho, que fará com que a produção diária chegue a 1,2 milhão de doses diárias. As entregas ao Programa Nacional de Imunização, coordenado pelo Ministério da Saúde, são feitas após o processo de controle de qualidade, procedimento que dura cerca de 20 dias e que é necessário para garantir a qualidade da vacina.

A Fiocruz diz que os rígidos protocolos podem alterar ocasionalmente as previsões semanais de entrega de doses. Na semana de 5 a 10 de abril, estava prevista a entrega de 3,2 milhões de doses, quantidade que foi reduzida para 2 milhões. As doses não entregues estão sob análise e deverão ser encaminhadas nas próximas semanas, esclareceu a fundação.

“O cronograma de entregas pactuado com o Ministério da Saúde está seguindo um esquema semanal e está sujeito à logística de distribuição definido pela pasta, além dos protocolos de controle de qualidade. Bio-Manguinhos/Fiocruz não está enfrentando qualquer problema técnico ou operacional na fábrica. Todos os equipamentos funcionam corretamente e as equipes de fabricação da vacina Covid-19 já dominam os processos de produção”, informou em comunicado público.

Fonte: Estadão Conteúdo

Bahia receberá mais 5,5 milhões de doses de vacina nesta semana

Dois lotes estão programados para serem enviados pelo Ministério da Saúde até o próximo sábado, 10

vacina bahia

Foto: Shirley Stolze | Ag. A TARDE

A Bahia irá receber mais 5,5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 nesta semana. A informação foi dada pelo secretário de Saúde do estado, Fábio Villas-Boas, durante entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, nesta quinta-feira (7).

De acordo com o gestor, dois lotes estão programados para serem enviados pelo Ministério da Saúde. O primeiro lote, com 2 milhões de doses da vacina AstraZeneca, será despachado na quinta-feira, 8, enquanto o segundo, com 3,5 milhões, deve chegar a Salvador no próximo sábado, 10.

“Amanhã a gente recebe e já distribui para todos os 417 municípios da Bahia. Sexta eles terão condição de retomar a vacinação nos locais que acabaram as doses”, afirmou.

Por falta de imunizantes, a vacinação havia sido interrompida em algumas cidades do estado e em Salvador, que recebeu liberação de 44 mil doses que estavam estocadas para aplicação em 2ª dose para prosseguir com a vacinação.

“A gente antecipou para permitir a vacinação hoje e amanhã, doses que pertencem ao município de Salvador, que estavam reservadas para serem aplicadas daqui há algumas semanas. Nós antecipamos e com o envio das novas doses, não vai haver qualquer tipo de comprometimento para outros municípios, nem mesmo para Salvador”, pontuou.

Pela segunda vez, Brasil aplica mais de 1 milhão de vacinas em 24 horas

Foram 1.090.729 doses aplicadas em 24 horas

milhão

Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil

O Brasil atingiu mais uma vez nesta terça-feira, 6, a marca de um milhão de vacinados contra a Covid-19 em um dia. Foram 1.090.729 doses aplicadas em 24 horas.

Contudo, o registro ocorreu no mesmo dia que o país contabilizou o recorde de 4.211 mortes por Covid-19. Em todo o país, 26.709.790 doses de vacina já foram aplicadas. São 20.828.398 da primeira dose e 5.881.392 da segunda dose.

Isso significa que 12,94% dos brasileiros maiores de 18 anos tomaram a primeira dose e 3,66% a segunda.

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia