WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
conquista expo tatoo

friperie

afrojapa

iris calcados
julho 2021
D S T Q Q S S
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: 6/jul/2021 . 14:14

Educação esclarece que atividades na Rede Municipal começam dia 12, mas aulas só em agosto

Após Decreto nº 21.192, publicado ontem (5), que autoriza retorno das aulas semipresenciais nas instituições de ensino das redes pública e privada, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) detalhou o plano de retomada para a Rede Municipal de Ensino.

Nesse primeiro momento, o retorno, que será de forma híbrida, acontecerá para os alunos do 2º, 5º e 9º anos das escolas municipais que estão adequadas aos protocolos de segurança. Entre os dias 12 e 24 de julho, a secretaria realizará um trabalho especial para acolhida dos professores e demais servidores da rede. Será um momento de escuta, troca de experiências e treinamento.

Dos dias 26 a 30, alunos, pais e responsáveis poderão se dirigir às escolas. Na ocasião, eles terão oportunidade de verificar os protocolos de segurança disponíveis. O retorno, que será de forma escalonada, está previsto para a primeira semana de agosto.

“A Smed tem trabalhado de forma contínua com o objetivo de encontrar meios e estratégias para melhor atender nossa comunidade escolar e oferecer total segurança sanitária para nossos servidores e alunos”, ressaltou o secretário municipal de Educação, Edgard Larry.

Vacina contra Influenza disponível para população geral nas unidades de Saúde

vacina covid

A vacina contra a Influenza já está disponível para toda a população conquistense nas 42 unidades de saúde da zona urbana e rural, de 7h às 17h. A campanha foi iniciada no dia 12 de abril com a meta de imunizar 114.645 pessoas dos grupos prioritários. Até o momento, 59.651 delas já foram vacinadas contra a Influenza, representando uma cobertura de 50.2% dos grupos prioritários, com uma média acima da cobertura vacinal do estado da Bahia.

:: LEIA MAIS »

Aulas semipresenciais nas redes pública e privada de Vitoria da Conquista começam dia 12

Após discussões com a sociedade civil, estudos e planejamento das secretarias envolvidas, o Governo Municipal publica, nesta segunda-feira (5), o Decreto nº 21.192 que dispõe sobre a possibilidade de realização de atividades letivas com 50% da capacidade de cada sala de aula, nas unidades de ensino públicas e privadas de Vitória da Conquista, a partir de 12 de julho.

:: LEIA MAIS »

População de rua e moradores de abrigos provisórios serão vacinados nesta terça

A Prefeitura de Vitória da Conquista realiza, nesta terça-feira (6), a vacinação contra a Covid-19 das pessoas em situação de rua e moradores de abrigos provisórios com 18 anos ou mais. O público será imunizado com vacina da Janssen, que tem aplicação em dose única.

A organização da estratégia para atender a esse público foi feita, em conjunto, pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social (Semdes) e de Saúde (SMS).

Segundo a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, 100% da população de rua e aqueles que vivem em abrigos com 18 anos ou mais serão vacinados em Vitória da Conquista. “A vacina Janssen foi escolhida para garantir a imunização do grupo que corre o risco de não retornar para a segunda aplicação. Como é uma dose apenas, essa população, que está sempre exposta, mas se desloca muito, fica imunizada, para sua proteção e dos demais”, explicou a secretária.

Já o secretário da Semdes, Michael Farias, ressaltou a relevância dessa ação articulada: “É uma importante estratégia para continuarmos garantindo proteção social a essa parcela importante da população conquistense. Essa articulação entre a Semdes e a Saúde materializa uma das diretrizes do governo da prefeita Sheila Lemos, que é a potencialização da intersetorialidade como forma de garantir à comunidade cada vez mais proteção social”.

Nesta segunda-feira (5), representantes das duas pastas se reuniram e apresentaram o planejamento para os gestores que trabalham com a população em situação de rua, os conselhos de direito e representante do público atendido. O objetivo é que o trabalho alcance a todos.

Pelas estimativas da Semdes e da SMS, cerca de 90 pessoas serão vacinadas em seis pontos

A vacinação da população de rua começa às 8h no Abrigo Provisório 4 (Creche Frei Graciano), implantado pelo Governo Municipal no período de pandemia.

Às 9h, a vacinação será realizada no Centro Pop Adulto (Rua Augusto Seixas, S/N, Loteamento Conquistinha) e uma equipe volante estará nos espaços públicos onde há pessoas em situação de rua que não acessam os serviços de proteção.

Já às 10h, aqueles que viviam em situação de rua e atualmente estão abrigados no Lar da Misericórdia, na Casa do Andarilho ou frequentam a Comunidade Anuncia-me também receberão a vacina nestes locais.

Blog da Resenha Geral

Cantor sertanejo Kleber morre aos 37 anos vítima da Covid-19

Kleber tinha 37 anos e deixa esposa e uma filha | Foto: Reprodução | Redes Sociais - Foto: Reprodução | Redes Sociais

O cantor sertanejo Kleber, da dupla Kleber e Kaue, morreu nesta segunda-feira, 5, vítima da Covid-19. Kleber estava intubado desde maio, no Hospital Estadual de Américo Brasiliense (HEAB), em São Paulo. O cantor tinha 37 anos e deixa esposa e uma filha. Ainda não foram divulgadas informações sobre velório ou sepultamento.

A última postagem de Kleber, também conhecido como Klebinho, foi em abril deste ano, um mês antes de ser internado. Nela, o sertanejo canta a canção Eu Quero Te Amar. Entre os sucessos da dupla estão as músicas ‘Tô Vendo que Você Tá Bem’, ‘Troféu Solidão’, ‘Ela não é Você’ e ‘Garrafa Vazia’.

Nas redes sociais, fãs e amigos lamentaram a morte do sertanejo em diversas postagens. “Até agora não estou acreditando. Cheio de vida, muitos sonhos, batalhador. Irmão vai com Deus. Que Deus conforte a toda família”, escreveu um amigo de Kleber.

A Tarde

Trabalhadores nascidos em abril podem sacar auxílio emergencial

Recursos também podem ser transferidos para uma conta-corrente

Wellton Máximo, da Agência Brasil*

caixa

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em abril podem sacar, a partir de netsa terça-feira (6), a terceira parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 22 de junho.

:: LEIA MAIS »

Auxílio emergencial será prorrogado por mais três meses

Benefício acabaria em julho e, com prorrogação, será pago também em agosto, setembro e outubro

Tribuna da Bahia, Salvador

auxilio-1

Enquanto a equipe econômica ainda prepara o desenho do programa social que irá substituir o Bolsa Família, o governo anunciou nesta segunda-feira, 5, a prorrogação por mais três meses do Auxílio Emergencial. Conforme havia sido adiantado pelo Broadcast/Estadão, a ajuda voltada aos mais vulneráveis durante a pandemia de covid-19 foi prorrogada até outubro, nos mesmos valores de R$ 150 a R$ 375 e com igual alcance em termos de público. O benefício contempla cerca de 39,1 milhões de brasileiros e a última parcela estava prevista para julho.

:: LEIA MAIS »

Justiça nega isenção de taxa do Enem para quem não justificou falta

Edital não prevê medo da pandemia como justificativa de ausência

Tribuna da Bahia, Salvador

enem 2021

A Justiça Federal em São Paulo decidiu manter a regra do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 que veta a isenção de taxa de inscrição a participantes que não justificaram ausência na edição anterior da prova. Em decisão proferida no último dia 2 de julho, a juíza federal Ana Lúcia Petri Betto, da 17ª Vara Federal, negou pedido de liminar formulado pela Defensoria Pública da União (DPU), que pretendia derrubar a exigência de justificativa de falta para a concessão do benefício de quem havia sido contemplado com a isenção no ano passado. O argumento da DPU é de que o medo da pandemia fez com que parte do alunos pobres faltasse ao certame.

:: LEIA MAIS »

Bahia volta a registrar novos casos de malária

Estado não registrava casos da doença desde 2018

Tribuna da Bahia, Salvador

Por Davi Valadares

Febre alta, calafrios, tremores, dor de cabeça e dores no corpo. Esses são alguns dos sintomas da malária, doença causada pela picada de mosquitos infectados por um parasita e que recentemente foi descoberta em três cidades da Bahia. Conforme a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), foram registrados nove casos da doença no extremo-sul baiano, sendo sete no município de Itabela, um em Itamaraju e um em Porto Seguro. A Bahia não registrava casos da doença desde 2018, quando 77 casos foram confirmados no município de Wenceslau Guimarães.

Os casos nas três cidades baianas tiveram diagnóstico positivo por teste rápido e as amostras foram encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) para uma nova análise. Segundo a Sesab informou, já foram enviados técnicos da Vigilância Epidemiológica estadual para os municípios a fim de fazer pesquisa do vetor e ofertar treinamento sobre o manejo clínico dos pacientes, além de reconhecimento geográfico e delimitação da área de risco. “Dentro das medidas adotadas foram encaminhados do nível central mosquiteiro impregnado com inseticida de longa duração (MILD) totalizando 120 mosquiteiros de casal e 200 mosquiteiros de solteiro. Está sendo realizada investigação para identificação do caso, índice e da possível associação com deslocamento e viagem”, diz em nota a Secretaria ao afirmar que tem realizado busca ativa de casos suspeitos e tratamento supervisionado na região.

“Não é habitual ter casos de malária na região. Portanto, temos que ter muito cuidado ao visitar essas áreas. A malária é uma doença que tem cura, mas pode evoluir para suas formas graves em poucos dias se não for diagnosticada e tratada rapidamente. Por isso que é importante o tratamento precoce. Então assim, se a pessoa visitou a região e após isso começou a sentir febre, calafrios, tremores, dor de cabeça e dores no corpo ela deve procurar imediatamente um serviço de saúde”, aconselhou a infectologista da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Dra. Jacy Andrade. Ainda de acordo com a médica, as medidas de proteção individual e coletiva são as formas mais efetivas de prevenção, considerando-se que ainda não existe uma vacina disponível contra a malária. “Como não temos vacinas disponíveis, apenas em estudo, a prevenção é importantíssima, sobretudo no amanhecer e no entardecer que é o horário em geral que o mosquito prefere se alimentar”, finalizou sugerindo o uso de repelente e de roupas que protejam pernas e braços.

Transmissão 

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), além da picada do mosquito, a malária também pode ser transmitida por compartilhamento de seringas, transfusão de sangue e até de mãe para feto, na gravidez. A transmissão natural da doença, no entanto, se dá pela picada de mosquitos do gênero Anopheles infectados com o Plasmodium. Estes mosquitos também são conhecidos por anofelinos, dentre outros nomes. Após a picada, os parasitos chegam rapidamente ao fígado onde se multiplicam de forma intensa e veloz. Em seguida, já na corrente sangüínea, invadem os glóbulos vermelhos e, em constante multiplicação, começam a destruí-los. A partir desse momento, aparecem os primeiros sintomas da doença. O diagnóstico e o tratamento tardios podem resultar no agravamento da doença com quadros de anemia grave, insuficiência renal e hepática e coma, dentre outras complicações clínicas.

Inglaterra suspenderá todas as medidas de restrição no dia 19 de julho

Boris Johnson reconheceu que pandemia está longe de acabar, mas celebrou campanha de vacinação | Foto: AFP - Foto: AFP

Depois de quase um ano e meio de restrições, a Inglaterra terá todas as medidas contra a Covid-19 suspensas no próximo dia 19 de julho, informou nesta segunda-feira, 5, o primeiro-ministro Boris Johnson. “A pandemia está longe de acabar, e certamente não acabará até o dia 19. No entanto, deveremos ser honestos com nós mesmos. Se não reabrirmos nossa sociedade nas próximas semanas, quando seremos ajudados pela chegada do verão e pelas férias escolares, então quando poderemos voltar ao normal?”, declarou Johnson.

O uso de máscaras não será mais obrigatório. Boates e teatros poderão reabrir, grandes aglomerações serão autorizadas e a recomendação para o trabalho remoto, abolida. De acordo com o governo, a responsabilidade sobre como agir agora será dos ingleses, que deverão “aprender a viver” com o vírus.

Até então, o Reino Unido já aplicou pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 em 66,7% dos britânicos, enquanto quase metade da população recebeu as duas doses — essa é uma das maiores taxas de vacinação do mundo. Nas próximas duas semanas, todos os adultos devem estar aptos para a imunização e ao menos dois terços devem ter finalizado o esquema vacinal.

Alguns especialistas consideram a decisão precipitada, já que há uma alta de 146% nos novos casos no país, impulsionada pela variante Delta, mais contagiosa.

Em sua coletiva, o primeiro-ministro reconheceu que os novos casos podem dobrar nas próximas duas semanas, chegando a 50 mil por dia. Ainda assim, Johnson afirmou acreditar que a campanha de vacinação britânica está suficientemente avançada. Atualmente, o país registra uma média de 24,5 mil diagnósticos e 17 óbitos diários.

raquel barros

raquel barros

valverde

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia