vacina 2

Um estudo divulgado pela Fiocruz projetou que a vacinação contra a Covid-19 pode ter evitado entre 40 mil e 55 mil mortes pela doença no Brasil. O número é expressivo mesmo diante da lentidão na imunização nacional, já que apenas 16% dos brasileiros tomaram as duas doses até o momento. O Brasil é a segunda nação com mais óbito no mundo causados pelo coronavírus, com 544 mil vítimas.

As internações pela infecção também sofreram baixas com projeções de uma redução de 96 mil a 117 mil casos graves de Covid. “É importante deixar claro que não se trata de uma análise científica rigorosa, mas sim de uma avaliação simplificada para obter estimativas da ordem de grandeza do impacto que já podemos ter alcançado com a campanha de vacinação”, afirmo Marcelo Gomes, responsável pelo estudo e especialista em saúde pública da Fiocruz.

“Os números reforçam e ilustram de forma mais palpável a eficácia das vacinas. Mostram como a vacinação faz toda a diferença na redução de casos graves e mortes e o quanto é importante voltar para tomar segunda dose.”

Apesar do otimismo na projeção, o avanço da variante Delta – mais transmissível e presente em nove estados brasileiros – preocupa os pesquisadores. A orientação é de continuar investindo emmedidas de prevenção, como uso de máscara e distanciamento social.

 

A Tarde