WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
afrojapa

radio up

iris calcados
maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Bahia’

Adolescente grávida morre após descarga elétrica em máquina de lavar roupas

Acidente aconteceu na cidade baiana Caetité; feto não sobreviveu

A estudante Ramona dos Santos, de 17 anos, grávida de seis meses, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto usava uma máquina de lavar roupas.

 O caso ocorreu na noite desta quarta-feira (5), no quintal da casa da vítima, em Caetité, no sudoeste baiano. As informações são do Blog Sudoeste Bahia.
 Os familiares de Ramnona contaram ao site que ela sofreu a descarga elétrica quando foi desligar o equipamento.
 A vítima chegou a ser socorrida para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu. O bebê também não sobreviveu.
Redação Ibahia

(Divulgação/Feira de Santana) Sesab recomenda não visitar 31 cidades da Bahia com variantes da covid; veja

Viagens para estes locais só devem ser feitas em caráter essencial, orienta pasta

Sesab recomenda não visitar 31 cidades da Bahia com variantes da covid; veja

A Bahia tem 31 cidades que não são recomendadas viagens por causa da disseminação de variantes mais contagiosas da covid-19. O pedido é do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), órgão que faz parte da Secretária da Saúde do Estado (Sesab). Até essa segunda-feira (3), a pasta tinha identificado 31 mortes e 106 casos das variantes de Manaus e Reino Unido nesses municípios.

:: LEIA MAIS »

Mais 1,6 milhão de títulos de eleitor são cancelados na Bahia

A ausência de regularização da situação eleitoral acarretará o cancelamento automático da inscrição.

titulo

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) divulgou que o número de eleitores que tiveram o título cancelado é de 1.637.999 títulos cancelados. Segundo o TRE, o título é cancelado quando o cidadão para quem o voto é obrigatório, com idade entre 18 e 70 anos, deixa de votar por três eleições consecutivas e não justifica as ausências. Cada turno de votação é considerado uma eleição.

O Tribunal explicou ainda que o documento também é cancelado quando o eleitor não comparece à revisão do eleitorado, promovida pela Justiça Eleitoral, no respectivo município.

A ausência de regularização da situação eleitoral acarretará o cancelamento automático da inscrição. Com o título cancelado, o eleitor não poderá votar, ser empossado em concurso público, obter passaporte ou CPF, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo, participar de concorrência pública e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda, por exemplo.

Os títulos cancelados podem ser regularizados pelo Título Net. O eleitor deve gerar uma Guia de Recolhimento (GRU) no site do TRE-BA ou do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pagar o valor devido no Banco do Brasil ou através do PagTesouro, pela internet, sem precisar ir ao banco.

Tribuna da Bahia

SSP reconhece racismo em mortes após furto de carne no Atakarejo; investigação avança

SSP reconhece racismo em mortes após furto de carne no Atakarejo; investigação avança

A Polícia Civil da Bahia, através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), já tem indicativo de autoria no duplo homicídio dos homens que furtaram carne em uma unidade do Atakarejo, em Salvador. Bruno Barros da Silva e Yan Barros da Silva foram encontrados mortos, com sinais de tortura, na última segunda-feira (26), no bairro da Polêmica, e familiares dos dois apontam que eles foram entregues a traficantes pelos seguranças do mercado (saiba mais aqui).

Diante dessas e de outras informações, o DHPP coletou, nesta terça (4), novas imagens do circuito de câmeras de vigilância do mercado e agora a Coordenação de Perícia em Audiovisuais do Departamento de Polícia Técnica (DPT) analisa o material. Laudos cadavéricos e periciais do local do fato vão complementar as investigações.

Mas, desde já, o titular da SSP-BA, Ricardo Mandarino, reconhece um componente crucial neste crime: o racismo. Para ele, casos assim refletem a concepção errônea sobre justiça que tomou conta de parte da sociedade.

“Trata-se de um delito resultado desse conceito vil, tosco, desumano, deturpado de que ‘bandido bom é bandido morto’. Há, nessa ação abjeta, um componente forte de racismo estrutural e ódio aos pobres. Na cabeça dessa gente torpe, todo pobre e preto é bandido. É uma gente perversa, desprovida de qualquer sentimento de empatia e que demonstra claramente que o trabalho da polícia não satisfaz, porque a polícia não mata, não pode e não deve matar. A polícia prende em flagrante, ou com ordem judicial, e entrega o infrator à justiça”, declarou o secretário.

Mandarino disse ainda que é assim que se procede em sociedades civilizadas onde há constituição como a do Brasil. “Se alguém se valeu de milicianos, de integrantes do crime organizado para obter o resultado infame que obteve, é co-autor do delito. Uma vez identificado, será indiciado. Esteja a sociedade certa disso”, ressaltou o secretário.

No caso em questão, a delegada-geral Heloísa Campos de Brito acompanha as investigações e pontua a devida aplicação da legislação penal. “Cada desdobramento do DHPP sobre este caso é acompanhado por mim. Todos os envolvidos com este crime serão responsabilizados, sejam eles quem forem, no rigor da lei”, afirmou.

A diretora do DHPP, delegada Andrea Ribeiro, disse que mais de 10 pessoas já foram ouvidas. Além disso, ela acrescentou que outras providências adotadas não podem ser reveladas para não atrapalhar as investigações.

Bahia Notícias

 

Coelba disponibiliza condições especiais de pagamento da conta de luz

conta-coelba

A Coelba passou a oferecer, a partir desta segunda-feira, 3, a possibilidade de parcelar a fatura de energia em até 24 vezes no cartão de crédito. A modalidade permite, ainda, a quitação dos débitos em uma única vez, à vista, sem juros. O pagamento poderá ser realizado diretamente pelo site da empresa.

:: LEIA MAIS »

Governo da Bahia prorroga toque de recolher até 10 de maio

por Ailma Teixeira

recolher

O toque de recolher vigente na Bahia foi prorrogado mais uma vez pelo governo do estado. Agora, a medida será válida das 21h às 5h até a próxima segunda-feira (10).

Em 227 municípios, a exemplo de Alagoinhas e Vitória da Conquista, a restrição começa mais cedo, às 20h. Já nas Regiões de Saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha igual ou inferior a 75% por cinco dias consecutivos, a restrição de locomoção vai começar mais tarde, às 22h. :: LEIA MAIS »

Bahia tem aumento de 147% no registro de crimes cibernéticos durante a pandemia

por Lula Bonfim

Bahia tem aumento de 147% no registro de crimes cibernéticos durante a pandemia

A Bahia teve um aumento de aproximadamente 147% na quantidade de crimes cibernéticos registrados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) nos últimos 12 meses. O crescimento de ocorrências foi ainda mais significativo em Salvador, onde os números subiram cerca de 366% desde março de 2020.

  :: LEIA MAIS »

Municípios das regiões de Barreiras e Ibotirama têm prazo de toque de recolher estendido e outras medidas

Nos municípios das regiões de Barreiras e Ibotirama (confira lista abaixo), o toque de recolher, das 20h às 5h, passa a vigorar com prazo estendido até o dia 12 de maio. A medida, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (28) e que tem como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus, é resultado de entendimento entre o Governo do Estado e as respectivas Prefeituras, em decorrência do aumento do número de casos ativos de Covid-19 nas duas regiões.

O toque de recolher prevê a restrição de locomoção noturna, sendo vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, entre 20h e 5h. Os estabelecimentos comerciais que funcionam como restaurantes, bares e congêneres, localizados nos municípios listados abaixo, deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Também para estas cidades, fica vedada até o dia 12 de maio a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery. Ainda de acordo com o decreto, cada municípios ficará responsável por estabelecer a lotação máxima de mercados, bancos e lotéricas e por realizar a devida fiscalização. A publicação diz ainda que as feiras livres sejam realizadas, preferencialmente, em dias úteis.

Confira a lista dos municípios: Angical, Baianópolis, Barra, Barreiras, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Buritirama, Catolândia, Cotegipe, Cristópolis, Formosa do Rio Preto, Ibotirama, Ipupiara, Luís Eduardo Magalhães, Mansidão, Morpará, Muquém do São Francisco, Oliveira dos Brejinhos, Paratinga, Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia,São Desidério, Tabocas do Brejo Velho e Wanderley.

Blog da Resenha Geral

Mais de 330 mil doses de vacina chegam à Bahia na manhã desta quinta (29)

aeroporto

A Bahia recebe, nesta quinta-feira (29), mais 336.300 doses de vacina contra o Coronavírus, de acordo com informações divulgadas pelo Twitter, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas.

A previsão de chegada no aeroporto de Salvador é às 9h45. Serão 6.800 doses de CoronaVac e quase 329.500 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca.

A Tarde

Mais de 90 cidades baianas ainda não repassaram os recursos da Lei Aldir Blanc

por Bruno Leite

Mais de 90 cidades baianas ainda não repassaram os recursos da Lei Aldir Blanc

Quase uma centena de prefeituras baianas ainda não direcionou os recursos garantidos pelo governo federal através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, criada para socorrer artistas e trabalhadores do setor. Segundo levantamento do portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, a soma de repasses que deixaram de ser aplicados gira em torno dos R$ 16 milhões.

No topo da lista está o município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que não depositou nenhum centavo para os artistas através da Aldir Blanc. Mesmo com um montante de R$ 928,8 mil no cofre do Executivo, o órgão de Cultura do município não executou o pagamento aos profissionais da cena artística local. 

Procurada pelo Bahia Notícias, a prefeitura de Simões Filho alegou que tentou viabilizar a liberação dos recursos no ano passado, mas que “não houve tempo suficiente para fazer todo o processo administrativo”. “Os recursos estão em caixa, aguardando a publicação da nova norma que vai possibilitar a liberação dos recursos para os artistas do município”, justificou.

A solução encontrada, afirmou a gestão, foi oferecer cestas básicas aos artistas e realizar um edital para a promoção de lives culturais com recursos próprios do município.

A norma a que a prefeitura de Simões Filho se refere é o projeto de lei (PL) aprovado na Câmara dos Deputados no último dia 21 e que prorroga os prazos de utilização das verbas da Aldir Blanc. Conforme rege o texto que passou pela Casa, estados, municípios e Distrito Federal vão poder usar o saldo remanescente do dinheiro transfetido pela União até 31 de dezembro deste ano. O que não for usado em 2021 deverá ser devolvido para os cofres federais até janeiro do ano que vem. A matéria agora segue para sanção presidencial.

Arte: Priscila Melo / Bahia Notícias

No levantamento que reúne as localidades que receberam as maiores verbas para socorro ao meio artístico e não foram direcionadas, logo depois de Simões Filho aparecem Candeias – também na RMS -, que deixou de aplicar mais de R$ 622,8 mil; e Casa Nova, que não direcionou mais de meio milhão de reais do que foi recebido da União.

A reportagem procurou a assessoria do município de Candeias, que não se manifestou até o fechamento desta matéria. O BN não conseguiu contato com a prefeitura de Casa Nova.

Anguera, Bom Jesus da Lapa, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Elísio Medrado, Ipirá, Itaparica, Rafael Jambeiro e Santa Bárbara são outras municipalidades da ampla relação que reúne 93 cidades da Bahia. Em todo o Brasil são 914 municípios (veja aqui).

Ao todo, R$ 3 bilhões foram repassados pelo governo federal através da legislação para estados e municípios. Além das mais de 900 cidades, outras 40 ainda não aplicaram boa parte do que receberam. De acordo com os dados apurados pelo portal junto ao Sistema Nacional de Cultura, da Secretaria da Cultura do Ministério do Turismo, menos de 10% foram repassados por estas quatro dezenas de cidades para os seus artistas.

Bahia Notícias

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia