WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
afrojapa

radio up

iris calcados
maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Brasil’

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto

Benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

Por Agência Brasil

Saque do auxílio emergencial

Saque do auxílio emergencial

Trabalhadores informais nascidos em agosto começam a receber nesta quinta-feira, 22, a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 4 poderão sacar o benefício.

O pagamento será feito ainda a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

O saque da primeira parcela foi antecipado em 15 dias. O calendário de retiradas, que iria de 4 de maio a 4 de junho, passou para 30 de abril a 17 de maio.

Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no fim de março e atualizado na semana passada.

O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada (veja link do guia de perguntas e respostas no último parágrafo).

Arte: Agência Brasil

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS

O pagamento da primeira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou na sexta-feira, 16, e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Arte: Agência Brasil

Prazo para contestar auxílio emergencial negado vai até o dia 12

O trabalhador que teve a nova rodada do auxílio emergencial negada tem até 12 de abril para contestar a decisão, informou o Ministério da Cidadania. Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021.

A contestação, no entanto, não pode ser feita por qualquer beneficiário. Só pode pedir a reativação do benefício quem recebia o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado. O prazo para novos pedidos de benefícios acabou em 3 de julho do ano passado e não foi reaberto para a nova rodada.

O pedido de contestação pode ser feito após o trabalhador fazer a consulta no site da Dataprev, estatal que cadastra os dados dos beneficiários, e constatar que teve o benefício cancelado. Caso o resultado dê “inelegível”, a própria página oferecerá a opção de “contestar”, bastando o trabalhador clicar no botão correspondente.

O sistema aceitará somente pedidos considerados passíveis de contestação, que permitem a atualização das bases de dados da Dataprev, como data de nascimento errada, CPF não identificado e informações incorretas sobre vínculos empregatícios e recebimento de outros benefícios sociais e trabalhistas. O prazo de contestação começou no dia 2 e seguirá por dez dias corridos, até o próximo dia 12.

Blog da Resenha Geral

Fiocruz triplica produção e prevê entrega de 18,4 milhões de doses até 2 de maio

Um novo acréscimo na produção é previsto com o início de um novo turno de trabalho

Tribuna da Bahia, Salvador

Foto: Bio-Manguinhos / Fiocruz

Por Marco Antônio Carvalho

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) passou a produzir 900 mil doses diárias da vacina contra a Covid-19, de acordo com comunicado divulgado nesta terça-feira, 6, pela instituição. O número é o triplo do que estava sendo fabricado no início de março. Até o dia 2 de maio, a Fiocruz prevê a entrega de 18,4 milhões de doses para distribuição pelo Ministério da Saúde aos Estados.

O acréscimo, vigente desde o fim de março, se deu pelo início da operação de uma segunda linha de produção no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), da Fiocruz. Com 8,1 milhões de doses já entregues até 2 de abril, a fundação destacou que alcançará a marca total de 26,5 milhões de vacinas repassadas até o início de maio.

Um novo acréscimo na produção é previsto com o início de um novo turno de trabalho, que fará com que a produção diária chegue a 1,2 milhão de doses diárias. As entregas ao Programa Nacional de Imunização, coordenado pelo Ministério da Saúde, são feitas após o processo de controle de qualidade, procedimento que dura cerca de 20 dias e que é necessário para garantir a qualidade da vacina.

A Fiocruz diz que os rígidos protocolos podem alterar ocasionalmente as previsões semanais de entrega de doses. Na semana de 5 a 10 de abril, estava prevista a entrega de 3,2 milhões de doses, quantidade que foi reduzida para 2 milhões. As doses não entregues estão sob análise e deverão ser encaminhadas nas próximas semanas, esclareceu a fundação.

“O cronograma de entregas pactuado com o Ministério da Saúde está seguindo um esquema semanal e está sujeito à logística de distribuição definido pela pasta, além dos protocolos de controle de qualidade. Bio-Manguinhos/Fiocruz não está enfrentando qualquer problema técnico ou operacional na fábrica. Todos os equipamentos funcionam corretamente e as equipes de fabricação da vacina Covid-19 já dominam os processos de produção”, informou em comunicado público.

Fonte: Estadão Conteúdo

Pela segunda vez, Brasil aplica mais de 1 milhão de vacinas em 24 horas

Foram 1.090.729 doses aplicadas em 24 horas

milhão

Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil

O Brasil atingiu mais uma vez nesta terça-feira, 6, a marca de um milhão de vacinados contra a Covid-19 em um dia. Foram 1.090.729 doses aplicadas em 24 horas.

Contudo, o registro ocorreu no mesmo dia que o país contabilizou o recorde de 4.211 mortes por Covid-19. Em todo o país, 26.709.790 doses de vacina já foram aplicadas. São 20.828.398 da primeira dose e 5.881.392 da segunda dose.

Isso significa que 12,94% dos brasileiros maiores de 18 anos tomaram a primeira dose e 3,66% a segunda.

Anvisa aplica multas de R$ 15,2 mi em empresas por sobrepreço em medicamentos

Até março desde ano, 139 processos foram instaurados e aplicadas 64 multas aos agentes do setor farmacêutico

Foto: Américo Antônio / Sesa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou nesta segunda-feira (5) que multou em R$ 15,2 milhões empresas do setor farmacêutico pela comercialização de sedativos e bloqueadores musculares destinados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 acima do preço autorizado no Brasil.

Até março desde ano, 139 processos foram instaurados e  aplicadas 64 multas aos agentes do setor farmacêutico que comercializaram medicamentos com preços superiores ao autorizados pela Anvisa.

O monitoramento é feito desde 2020, quando foi criada uma força-tarefa para coibir abusos nos preços de medicamentos durante a pandemia. Fonte: G1

Nova rodada do auxílio emergencial começa a ser paga hoje

O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

Tribuna da Bahia

Saque do auxílio emergencial

Saque do auxílio emergencial

Cerca de 45,6 milhões de brasileiros começam a receber hoje (6) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O auxílio será pago a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Hoje começam a receber os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em janeiro. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social. Fonte: Agencia Brasil.

Censo 2021: IBGE suspende provas de concurso para mais de 200 mil vagas

A decisão foi tomada por causa da aprovação, pelo Congresso, do Orçamento para este ano, que reduziu apara R$ 71 milhões | Foto: Simone Mello | Agência IBGE Notícias - Foto: Simone Mello | Agência IBGE Notícias

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) suspendeu, nesta terça-feira, 6, a realização das provas dos concursos para o Censo 2021. No total, são 181.898 vagas de recenseador e 22.409 vagas para agente censitário municipal e supervisor. A decisão foi tomada por causa da aprovação, pelo Congresso, do Orçamento para este ano, que reduziu em R$ 71 milhões o valor destinado para a realização da pesquisa. O texto ainda não foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

De acordo com o instituto, o valor inviabiliza a realização do Censo. Com isso, o IBGE decidiu suspender a realização das provas objetivas do concurso, para os cargos de agente censitário e recenseador, previstas de 18/04/2021 e 25/04/2021, respectivamente. Novas datas poderão ser definidas posteriormente, a depender da liberação de recursos.

Os concursos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) oferecem 204.307 vagas temporárias para a realização do Censo Demográfico 2021, com salários de até R$ 2.100 e oportunidades para praticamente todos os municípios do país.

A Tarde

Fiocruz Bahia realiza primeiras autópsias de vítimas da Covid-19 no estado

Fiocruz Bahia realiza primeiras autópsias de vítimas da Covid-19 no estado

Um grupo de pesquisadores do Instituto Gonçalo Moniz (Fiocruz Bahia) começou a realizar as primeiras autópsias de pessoas mortas pela Covid-19 na Bahia. Os cientistas buscam estudar como a doença é capaz de afetar diferentes órgãos, analisando como o organismo lida com a infecção e os principais indicativos de agravamento dos casos.

O projeto possui apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), e é liderado pelo pesquisador Washington dos-Santos.

:: LEIA MAIS »

Petrobras anuncia reajuste de 39% no gás natural a partir de maio

Petrobras anuncia reajuste de 39% no gás natural a partir de maio

Foto: André Motta de Souza/ Agência Petrobras

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (5) que vai aumentar em 39% os preços de venda do gás natural para as distribuidoras. O reajuste começa a valer em 1º de maio. Medida em dólares, a alta representa 32%.

Em comunicado, a petroleira justificou que a “variação decorre da aplicação das fórmulas dos contratos de fornecimento, que vinculam o preço à cotação do petróleo e à taxa de câmbio.”

Ainda segundo a empresa, as atualizações dos preços dos contratos são trimestrais. Para os meses de maio, junho e julho, a referência são os preços dos meses de janeiro, fevereiro e março. “Durante esse período, o petróleo teve alta de 38%, seguindo a tendência de alta das commodities globais. Além disso, os preços domésticos das commodities tiveram alta devido à desvalorização do real”, diz outro trecho da nota.

Outro fator que influiu no aumento é alta de 31% no IGP-M, entre março do ano passado e neste ano, parcela do preço atualizada anualmente no mês de maio. “Ao longo de 2020, os preços do gás natural às distribuidoras chegaram a ter redução acumulada de 35% em reais e de 48% em dólares, devido ao efeito da queda dos preços do petróleo no início do ano.”

A Petrobras também informou que o preço final do gás natural ao consumidor não é determinado apenas pelo preço de venda da companhia, mas também pelas margens das distribuidoras (e, no caso do GNV, dos postos de revenda) e pelos tributos federais e estaduais. Além disso, o processo de aprovação das tarifas é realizado pelas agências reguladoras estaduais, conforme legislação e regulação específicas.

Mudanças no Código de Trânsito começam a valer neste mês

Alterações entram em vigor no dia 12

carro

Tribuna da Bahia

Entram em vigor no dia 12 de abril as alterações promovidas no Código Brasileiro de Trânsito. As mudanças foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro em outubro do ano passado, quando ficou definido que a vigência passaria a ocorrer 180 dias após a sanção.

:: LEIA MAIS »

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia