WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



afrojapa

radio up

iris calcados
maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


Bahia registra 3.241 novos casos de covid-19 e 95 mortes

Na Bahia, 46.960 profissionais da saúde foram confirmados para covid-19

corona

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 3.241 casos de covid-19. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) deste domingo (25)  registra 95 mortes provocadas pela doença.

Dos 884.044 casos confirmados desde o início da pandemia, 850.507 já são considerados recuperados, 15.534 encontram-se ativos e 18.003 tiveram óbito confirmado.

 Na Bahia, 46.960 profissionais da saúde foram confirmados para covid-19.

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 6

Por Agência Brasil

auxilio-1

Os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 6 recebem nesta segunda-feira, 26, a primeira parcela do auxílio emergencial 2021. Os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem, por quem recebe pela conta poupança social digital, ou sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

O recebimento dos recursos segue o calendário normal do Bolsa Família, pago nos últimos dez dias úteis de cada mês. A primeira parcela começou a ser depositada no último dia 16 e será paga até 30 de abril.

m caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

Quem recebe na poupança social digital, pode movimentar os recursos pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele, é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas. A conta é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil.

Toque de recolher é prorrogado até 3 de maio em 227 municípios baianos.

recolher

Em 227 municípios baianos, o toque de recolher – valendo das 20h às 5h – passa a vigorar até o dia 3 de maio. Nos demais municípios, continua restrita a locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 5h, também até o dia 3 de maio. A medida, que tem como objetivo conter a disseminação do novo Coronavírus, foi publicada nesse domingo (25), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

:: LEIA MAIS »

Bahia registra 2.160 novos casos de Covid-19 e mais 113 óbitos pela doença

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.160 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.570 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (22) também registra 113 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 873.832 casos confirmados desde o início da pandemia, 840.641 já são considerados recuperados, 15.504 encontram-se ativos e 17.687 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.179.034 casos descartados e 193.094 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 46.770 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 17.687, representando uma letalidade de 2,02%. Dentre os óbitos, 55,48% ocorreram no sexo masculino e 44,52% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,63% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,90%, preta com 15,37%, amarela com 0,46%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,51% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 65,29%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,64%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Blog da Resenha Geral

Prefeita visita Hospital Municipal Esaú Matos e conhece obras de ampliação

Na tarde desta quinta-feira (22), a prefeita Sheila Lemos fez a primeira visita, desde que assumiu, à Fundação de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC) – Hospital Esaú Matos. In loco, Sheila conferiu as instalações do hospital, conversou com funcionários e pacientes e verificou as obras de ampliação para a construção de cinco leitos “PPP”, ambiente em que a gestante passa pelos três estágios do parto no mesmo local: o pré-parto, o parto e o pós-parto, sem necessidade de ir para o centro cirúrgico.

A ida da prefeita ao Esaú Matos teve o objetivo de conhecer as principais demandas do hospital e avaliar o que pode ser ampliado com a participação do Município. “O Hospital Esaú Matos é de suma importância para o nosso município e para a região. Fiquei muito feliz ao ver o cuidado e o carinho que a equipe tem pelos pacientes, mães e bebês. Aproveitei a visita para conferir o andamento das obras de construção do centro de parto com suítes pré-parto, parto e pós-parto, para acolher de forma mais confortável e humanizada mães, bebês e acompanhantes. Conquista merece!”, ressaltou Sheila.

O depoimento de uma mãe de trigêmeos recém-nascidos no Esaú Matos, Ana Paula, confirma a observação da prefeita de Vitória da Conquista sobre a importância do Esaú Matos. “Só tenho a agradecer porque fui acolhida desde o primeiro momento, principalmente por ter uma gravidez considerada de risco. O serviço do hospital me surpreendeu positivamente e fico feliz com a vinda da prefeita aqui, conhecendo meus filhos” disse Ana Paula, ao mencionar o tratamento e o acompanhamento que teve da equipe do hospital desde o início do seu período gestacional.

O diretor da Fundação de Saúde, Diogo Azevedo, comentou sobre a importância da visita da prefeita. “A vinda da prefeita nos traz motivação, pois ela passa a conhecer melhor o serviço e as pessoas que trabalham no hospital. Fica sempre mais fácil, pelo fato de ser mulher, em ter um olhar mais sensível à causa das mães”, declarou Diogo.

Blog da Resenha Geral

Pfizer: 1 milhão de doses da vacina vão ser distribuídas em maio

Agência Brasil

pfizer

O Ministério da Saúde anunciou, nesta quinta-feira, 22, que enviará a estados e municípios 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 no mês de maio. Inicialmente, vão ser distribuídas 500 mil doses no início do mês para a 1ª dose. Uma semana depois, vai ser encaminhada nova remessa com mais 500 mil doses.

Na semana passada, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, divulgou que a Pfizer vai adiantar a entrega de 2 milhões de doses do imunizante para o Brasil no 1º semestre. O governo brasileiro tem um contrato com a farmacêutica para a entrega de 100 milhões de doses até o fim de 2021. Segundo Queiroga, estão garantidas 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer para os meses de abril, maio e junho.

A orientação do Ministério da Saúde é a de que as secretarias estaduais de saúde priorizem cidades com câmaras refrigeradas. Isso porque a vacina da Pfizer/BioNTech demanda temperaturas especiais de armazenamento.

Em condições normais, ela deve ser guardada em um ambiente de -90º à -60º. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permitiu uma flexibilização desse patamar, autorizando de – 25º à -15º. Contudo, essa condição só pode ocorrer por até 14 dias.

Uma vez retiradas dos refrigeradores e colocadas na rede de frio nacional, cuja conservação é de temperaturas de 2ºC a 8ºC as equipes de saúde têm até cinco dias para fazer a aplicação sem risco de prejudicar a eficácia do imunizante.

A Tarde

“Kit intubação”: medicamentos importados da China podem colocar pacientes em risco

lote de medicamentos que integram o chamado kit de intubação – conjunto de remédios voltados a auxiliar na intubação de pacientes com nível crítico de evolução da Covid-19

lote de medicamentos que integram o chamado kit de intubação – conjunto de remédios voltados a auxiliar na intubação de pacientes com nível crítico de evolução da Covid-19

Medicamentos do chamado “kit intubação” foram enviados da China ao governo brasileiro com bulas, rótulos e embalagens em mandarim. Agora, entidades de saúde correm contra o tempo e pedem a tradução para o português. Como os medicamentos estão sendo distribuídos aos hospitais, os profissionais que os manuseiam podem se confundir e colocar pacientes em risco.

Com a elevada taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com pacientes de Covid-19, medicamentos como sedativos, neurobloqueadores musculares e analgésicos opioides começaram a faltar no estoque de algumas unidades de saúde. Diante da situação, um grupo de empresários doou 2,3 milhões de medicamentos do “kit intubação” vindos da China ao Ministério da Saúde.

O primeiro lote chegou na semana passada, uma parte do total de 3,4 milhões que deve chegar ao país até o fim do mês de abril. Os medicamentos devem ser usados em 500 leitos pelo período de um mês e meio, segundo informações da Vale, que organizou a doação.

Bahia tem 15 casos de superfungo; Covid-19 aumenta chances de infecção

Bahia tem 15 casos de superfungo; Covid-19 aumenta chances de infecção

por Jade Coelho

Com 15 casos contabilizados do superfungo “Candida auris” na Bahia desde o ano passado, a Secretaria da Saúde (Sesab) “permanece em alerta”. Entre as características do microrganismo está a resistência a medicamentos e a possibilidade de causar graves infecções hospitalares.

O primeiro caso veio à tona em dezembro de 2020, e foi identificado em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um hospital particular de Salvador. Na ocasião uma notificação foi feita à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que em seguida fez um alerta (leia mais aqui). No mês seguinte, em janeiro de 2021, a agência informou que caracterizava a situação como um surto (entenda melhor aqui). O órgão fez alertas que a Candida auris é um fungo emergente que representa uma “grave ameaça à saúde global”.

Desses 15 casos identificados na Bahia, a Sesab informa que se tratam de 12 de 2020, sendo três infecções e 9 de colonização. Em 2021 foram três casos: um de infecção e dois de colonização. Para entender melhor a diferença entre as duas classificações, a reportagem conversou com o infectologista Igor Brandão e com o biomédico e professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Jailton Azevedo.   

Os especialistas explicam que os seres humanos e os animais podem ter contato e ser colonizados por diversos microrganismos sem que necessariamente sofram algum tipo de mal ou dano causado por eles. Nesse sentido, a pele e as mãos, por exemplo, podem tocar e ter a presença de vírus, bactérias e fungos, sem que eles causem doenças.

Por outra lado, a infecção diz respeito a um mal causado por aquele microrganismo. “Porque a gente pode ter aquele vírus, bactéria ou fungo e ele não estar fazendo nenhum dano. Mas quando ele invade o corpo da pessoa e causa algum dano, essa condição é caracterizada como infecção”, explicou Igor Brandão.

A nomenclatura não se estende às superfícies, acrescenta o infectologista. Objetos, móveis e utensílios podem conter vírus, bactérias e fungos, mas não se fala em colonização e infecção nesses casos. “Uma superfície não vai estar doente. O meu celular, a mesa, ou um corrimão podem conter fungos, vírus ou bactérias, e se alguém pegar com a mão ou qualquer outra superfície do corpo pode colonizar, sujar nossa parte do corpo, e se ele invadir tecido e fizer algum sintoma aquilo pode ser considerado infecção”, completou o médico. 

FUNGOS E COVID-19

Brandão sugere que a infecção pelo Candida auris pode ser inclusive uma complicação da infecção por Covid-19. Segundo o médico, pacientes submetidos a grandes quantidades de medicamentos com corticoide, que tem potente ação anti-inflamatória, acabam tendo a imunidade diminuída e, portanto, têm maiores chances de infecções por bactérias e fungos. Ele ainda ressalta que muito tem se falado da Candida auris, mas que existem mais de 100 tipos de fungos da espécie Candida, tão graves e até mais comuns do que a auris.

O biomédico Jailton Azevedo sugere uma correlação nos casos de Covid-19 e infecções fúngicas com base na própria fisiopatologia da infecção pelo Sars-CoV-2. “Na qual a resposta inflamatória e a tempestade de citocinas podem proporcionar às Candidas da mucosa intestinal uma maior possibilidade de invasão e infecções sistêmicas oportunistas”, explicou.

Outro fato que aumenta as chances de um paciente grave com Covid-19 acabar com uma infecção fúngica é o longo período de internação somado aos aparatos médicos necessários no tratamento, a exemplo de drenos, tubos e cateteres.  

“Eles têm muito fatores para ter Candida, auris e não auris, porque esses pacientes estão na UTI, intubados, com cateter central, algumas vezes utilizando diálises, nutrição venosa, e isso é um prato cheio para identificar um germe atípico no Brasil e no mundo. O médico sabe que o paciente pode ter risco de desenvolver uma candidemia. Mas para o paciente fora do hospital, ter uma infecção por um fungo desse é praticamente impossível”, frisou Igor Brandão.

‘KIT COVID’

Outro alerta feito pelo infectologista Igor Brandão é para as consequências do uso inapropriado de terapias. Já que esses pacientes com Covid-19 acabam tendo aumentadas as chances de infecções por fungo, a auto medicação e a adesão a remédios sem comprovação científica, ou de outros comprovadamente ineficazes, de forma preventiva para a infecção contra o coronavírus podem potencializar ainda mais essas chances.

Bahia Notícias

Caetité: Abaixo-assinado pede saída de titular da saúde acusada de furar fila da vacina

Caetité: Abaixo-assinado pede saída de titular da saúde acusada de furar fila da vacina

Foto: Reprodução / Achei Sudoeste

Um abaixo-assinado online pede a exoneração da secretária municipal de saúde de Caetité, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano, Verônica Barbosa. Segundo o site Achei Sudoeste, Barbosa ê acusada de furar a fila de vacinação contra a Covid-19. O criador do ato declarou que assim que conseguir as assinaturas vai encaminhar o documento ao Legislativo Municipal e ao prefeito Valtécio Neves Aguiar (PDT).

A polêmica também tem sido discutida na Câmara Municipal, e os vereadores cobram explicações ao gestor. A ex-secretária de saúde de Caetité Cythia Lopes Abreu Marques também move uma ação na Justiça contra o Município. Ela acusa que, além de Verônica e seu marido, outras pessoas teriam furado a fila da vacina contra a Covid-19 na cidade.

Bahia Notícias

Covid-19: vacinação de pessoas com comorbidades começa em maio

Informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde

vacina covid

Jonas Valente, da Agência Brasil :: LEIA MAIS »

checkup day

mg personal

muay thai


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia